17 de março de 2009

Sem poupar coração, Nana grava Alice Caymmi

Neta de Dorival Caymmi (1914 - 2008) e filha de Danilo, Alice Caymmi esboça carreira de cantora e compositora que já conta com o aval de sua tia famosa. Em sintonia com o título de seu primeiro álbum de inéditas desde 2001, Sem Poupar Coração, Nana Caymmi incluiu música de Alice, Diamante Rubi, no repertório. Nas lojas em abril, pela Som Livre, o disco tem sua faixa-título assinada por Dori Caymmi com Paulo César Pinheiro. Aliás, Pinheiro é nome recorrente na ficha técnica: Nana canta outras duas letras do poeta, a de Senhorinha (parceria com Guinga) e a de Violão (esta com música de Sueli Costa). Dori - que participa do álbum como arranjador e violonista - também está presente no repertório com Fora de Hora, parceria bissexta com Chico Buarque. Já Danilo Caymmi, que participa do CD como músico, assina Visão, parceria com Malu Lafer. Outras faixas são Pra Quem Ama Demais (de Fátima Guedes), Caju em Flor (de João Donato e Ronaldo Bastos), Esmeraldas (Rosa Passos e Fernando Oliveira) e Contradições (de Cristóvão Bastos com Aldir Blanc). Produzido por José Milton, Sem Poupar Coração já tem faixa propagada na trilha sonora da novela Caminho das Índias: Não se Esqueça de mim (Roberto e Erasmo Carlos), reedição do dueto feito com Erasmo em 1998, no disco Resposta ao Tempo.

16 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Neta de Dorival Caymmi (1914 - 2008) e filha de Danilo, Alice Caymmi esboça carreira de cantora e compositora que já conta com o aval de sua tia famosa. Em sintonia com o título de seu primeiro álbum de inéditas desde 2001, Sem Poupar Coração, Nana Caymmi incluiu música de Alice, Diamante Rubi, no repertório. Nas lojas em abril, pela Som Livre, o disco tem sua faixa-título assinada por Dori Caymmi com Paulo César Pinheiro. Aliás, Pinheiro é nome recorrente na ficha técnica: Nana canta outras duas letras do poeta, a de Senhorinha (parceria com Guinga) e a de Violão (esta com música de Sueli Costa). Dori - que participa do álbum como arranjador e violonista - também está presente no repertório com Fora de Hora, parceria bissexta com Chico Buarque. Já Danilo Caymmi, que participa do CD como músico, assina Visão, parceria com Malu Lafer. Outras faixas são Pra Quem Ama Demais (Fátima Guedes), Caju em Flor (João Donato e Ronaldo Bastos), Esmeraldas (Rosa Passos e Fernando Oliveira) e Contradições (Cristóvão Bastos e Aldir Blanc). Produzido por José Milton, Sem Poupar Coração já tem faixa propagada na trilha sonora da novela Caminho das Índias: Não se Esqueça de mim (Roberto e Erasmo Carlos), reedição do dueto feito com Erasmo em 1998, no disco Resposta ao Tempo.

17 de março de 2009 00:19  
Anonymous Anônimo said...

Que Bencao. Jah era tempo da Nana soltar a voz. Obrigado pela informacao quentin ha e jah nao vejo a hora de comprar o CD para completar a minha colecao da Nana.
Abraco,
W :-)

17 de março de 2009 04:39  
Anonymous Anônimo said...

Um disco em família, sem o patriarca e a matriarca.
Ficou devendo uma música de Juliana, a filha mais velha de Danilo, uma ótima compositora, mas que ainda é desconhecida de todos, apesar de já ter subido ao palco algumas vezes com o pai. A moça tem DNA. Também é filha da letrista Ana Terra.
Carioca da Piedade, família é tudo igual, só mudam os endereços. Mas tem família que é mais igual que as outras

17 de março de 2009 07:04  
Anonymous Anônimo said...

Que maravilha!! Uma das 3 melhores cantoras do Brasil gravando novamente!! Venha Nana, nós precisamos de você!!!

17 de março de 2009 08:20  
Anonymous Anônimo said...

Excelente notícia!!! Nana estava fazendo falta!

17 de março de 2009 09:08  
Anonymous Anônimo said...

Gente que repertório é esse??? Pelo jeito Nana não poupou o coração dela nem vai poupar o nosso! A linda modinha "Senhorinha"; "Fora de hora", já muito bem registrada pela Joyce, ainda por cima "Esmeraldas"? e uma inédita da Fátima Guedes!!! ... ai, ai... precisarei de sais! E muitos anos ouvindo Nana para acudir meus ais...

17 de março de 2009 09:39  
Anonymous Anônimo said...

Emanuel Andrade disse

É iso aí, concordo com todos, Nana é sem comentários. Criticar essa cantoira estilosa e de postura séria (coisa rara na MPB), é cair no abismo. Essa sim é uma das poucas grandes profissionais. Viva Nana, sempre... que não faz repertório descartável.

17 de março de 2009 09:42  
Anonymous Anônimo said...

Repertório impecável como sempre! Muito bem vindo este lançamento da Nana, para enriquecer o cenário musical brasileiro que anda um pouco deselegante.

17 de março de 2009 10:17  
Anonymous Anônimo said...

Já disse isso aqui uma vez e repito:

"Para quem gosta de uma boa música, Nana é um presente. Com a vantagem de não ter prazo de validade...Porque Nana não é efêmera, é eterna...E isso é sucesso."

Welerson André.

17 de março de 2009 12:10  
Anonymous Dirce said...

Olha só o nível desse disco.

17 de março de 2009 12:30  
Anonymous Anônimo said...

Que maravilha!Nana é essencial para nossa música e nossos corações.Que venham tambem logo aqueles shows magnetizantes com aquela presença sublime,única e "sem poupar coração".Nana é espetacular!

17 de março de 2009 14:30  
Anonymous Anônimo said...

Nana nunca poupou corações. É a melhor e como lembrou alguém aqui nos comentários, seu canto é eterno.

17 de março de 2009 17:42  
Anonymous OLIVEIRA said...

Nem preciso dizer nada. Ainda bem que mudou de idéia após a morte do papai Caymmi. Perdemos Caymmi para a morte, seria injusto perdermos Nana para a vida. ESSENCIAL!

17 de março de 2009 18:57  
Anonymous Anônimo said...

É Nana voltando e acabando com os nossos corações... não faz isso, não com a gente !!! Nana maravilhosa, abençoada!!

17 de março de 2009 19:35  
Anonymous Anônimo said...

VOZ ÚNICA. INTERPRETAÇÃO ÚNICA. SEI QUE FALO O ÓBVIO MAS NÃO RESISTO. Ela é ÚNICA!!!!!!!!!!!

17 de março de 2009 20:17  
Anonymous Anônimo said...

O quêeeeee!!!!Nana cantando Senhorinha, do Guinga,essa noticia é realmente p/comemorar.Não vejo a hora!!!!!

20 de março de 2009 19:08  

Postar um comentário

<< Home