30 de setembro de 2009

Dois discos para celebrar os 70 anos de Francis

Para festejar seus 70 anos de vida, completados em 31 de agosto de 2009, Francis Hime (em foto de Leonardo Aversa) idealizou dois discos, unidos num álbum duplo intitulado O Tempo das Palavras... Imagem. Nas lojas nos próximos dias, com edição e distribuição da gravadora Biscoito Fino, ambos os CDs trazem repertórios autorais, mas conceitos bem distintos. O Tempo das Palavras apresenta um cancioneiro quase todo inédito - a exceção é a regravação de O Sim pelo Não, tema letrado por Edu Lobo - composto por Francis como parceiros novos (Moska) e antigos (Olivia Hime, Joyce, Paulo César Pinheiro). Já Imagem é um disco instrumental de piano solo - o primeiro de Francis no gênero - que reúne uma seleção de 25 músicas criadas para trilhas de cinema. Figuram em Imagem temas ouvidos originalmente em filmes antigos como A Noiva da Cidade, A Estrela Sobe, Lição de Amor, Marcados para Viver e Dona Flor e seus Dois Maridos.

3 Comments:

Anonymous Cássio said...

esse sabe tudo, quando se junta com o Chico então, só dá obra-prima

30 de setembro de 2009 09:17  
Anonymous Anônimo said...

Meu Deus!!
A melhor notícia que eu poderia receber para este final de ano!
Estou aqui sentindo uma euforia infantil,um achaque de alegria literalmente pueril e assevero que á muito não me sentia assim (por sinal tive um dia daqueles hoje.)
Nem há a necessidade de acrescer,mas o faço:sou fã número do Francis,daquelas de ouvi-lo todos os dias,de ter todo o material possível (e impossível rs).Uma devota de seus arranjos e suas orquestrações lindas:fluídas e exatas.Suas harmonias ímpares: acachapantes,suas composições que flertam tão brilhantemente com romantismo e impressionismo,também sua brasilidade,autenticidade latente,seu estilo inconfundível.Enleada no caráter evocativo de suas canções que me fazem tornar à uma,aliás duas infâncias uma vivida outra remota,sonhada,idealizada.
Ainda esta semana estava vendo um vídeo dele no Youtube tocando 'A Noiva da Cidade' muito á vontade em sua casa,uma coisa tão maravilhosa e pensei (na verdade re-constatando) Deus como o piano do Francis é lindo porque ele não nos presenteia mais vezes com números solos com ele?Fez ainda mais,um álbum inteiro instrumental!E com direito a trilha de 'Dona Flor' que sou apaixonada - num ensejo mais propicio não poderia ser,justo uma fase em que estou lendo e relendo Jorge Amado com tão mais afinco;é muita 'coincidência' boa junta.Aliás com ESTAS trilhas,parece mentira mais outra coincidência para se juntar: Há poucos dias eu estava repassando a lista das trilhas para cinema do Francis e achando a hipótese mais delirante do mundo tê-las.QUIÇÁ REUNIDAS! (...)

Em tempos 'O Sim Pelo não' é uma obra prima, das minhas top,top 'cream de la cream' do Francis,um inesperado e insuspeito letrista Edu (outro que sou completamente fã) brilha lindamente,o diria sem temor de exageros 'incorporou' á um Cacaso,Deus que letra("Que sonhos virão deste enredo,que dramas que medo que doces lembranças...") que melodia e que arranjo!Parceria única (em todos os sentidos) dos dois.
Por sinal vivo contando os segundos para relançarem ‘Se Porém Fosse Portanto’ em cd.Mas isto é outro capítulo.

Factum:
Meu amado maestro VIÇOSO,VITAL,doce;'pícaro' como um chorinho me concede entre as inúmeras mais uma alegria - dupla! nestes seus 70 anos tão bem vividos.Quem me dera chegar lá com um terço de sua vitalidade,e quem o diz é uma jovem de 20 anos.

Enfim: Feliz,feliz,feliz.

1 de outubro de 2009 03:20  
Anonymous Anônimo said...

Rss Perdoem-me pela epopéia,é que realmente havia tanto que ser dito.

1 de outubro de 2009 03:28  

Postar um comentário

<< Home