31 de julho de 2009

Maria Rita ganha primeira coletânea em agosto

Sem álbum programado para o ano de 2009, Maria Rita ganha a primeira coletânea, editada dentro da série Perfil, da Som Livre. Com 16 faixas extraídas dos três álbuns gravados pela cantora entre 2003 e 2007, a compilação estará à venda por R$ 26,90 no início de agosto. Eis a seleção do CD dedicado a Maria Rita na boa série Perfil:
1. A Festa
2. Tá Perdoado
3. Cara Valente
4. Caminho das Águas
5. Encontros e Despedidas
6. Num Corpo Só
7. Minha Alma (A Paz que Eu Não Quero)
8. Menina da Lua
9. Casa Pré-fabricada
10. Maltratar Não É Direito
11. Santa Chuva
12. Corpitcho
13. Feliz
14. O Homem Falou - com Velha Guarda da Mangueira
15. Recado
16. Samba Meu

16 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Sem álbum programado para o ano de 2009, Maria Rita ganha a primeira coletânea, editada dentro da série Perfil, da Som Livre. Com 16 faixas extraídas dos três álbuns gravados pela cantora entre 2003 e 2007, a compilação estará à venda por R$ 26,90 no início de agosto. Eis a seleção do CD dedicado a Maria Rita na boa série Perfil:

1. A Festa
2. Tá Perdoado
3. Cara Valente
4. Caminho das Águas
5. Encontros e Despedidas
6. Num Corpo Só
7. Minha Alma (A Paz que Eu Não Quero)
8. Menina da Lua
9. Casa Pré-fabricada
10. Maltratar Não É Direito
11. Santa Chuva
12. Corpitcho
13. Feliz
14. O Homem Falou - com Velha Guarda da Mangueira
15. Recado
16. Samba Meu

31 de julho de 2009 11:55  
Anonymous Anônimo said...

O mercado fonográfico está mesmo um caos. Não faz sentido uma coletânea de MR agora, só com 3 CDs lançados. Como também não é coerente a coletânea baseada na carreira solo do Frejat. Cada dia mais se fomenta a busca de soluções na internet.
Certamente este mesmo mercado caótico ganha alguma coisa com isso.

31 de julho de 2009 11:59  
Anonymous Leo said...

para quê?!

31 de julho de 2009 12:36  
Blogger Haas, Jeferson said...

Como já foi dito em outros comentários, realmente considero desnecessária essa coletânea...

31 de julho de 2009 12:49  
Anonymous Anônimo said...

Realmente: coletânea de apenas três discos?

Marisa Monte com uma carreira discográfica muito mais longa nunca permitiu que lançassem uma compilação sua.

Decorrência de contrato, talvez.

31 de julho de 2009 12:53  
Blogger Vitor said...

Podia pelo menos ter alguma inedita , tipo "Nao deixe o Samba Morrer"

31 de julho de 2009 13:47  
Blogger Ju Oliveira said...

o público desse tipo de lançamento é quem não tem os CDs dela e quer ter um apanhado geral.

nesse sentido é uma boa seleção, representativa do que Maria Rita já fez até agora, mas podia ser ótima se incluísse Muito Pouco (do 2º), Pagu (do 1º) e Trajetória
(do 3º).

31 de julho de 2009 13:57  
Blogger Wesley said...

Desnessário, também achei.
Logo logo, saira Maria Ritas - Novelas.

Mas vindo de Maria Rita, sempre sera bem vindo.

31 de julho de 2009 14:10  
Anonymous Anônimo said...

É muito perfil!
Só se conhece um artista quando se olha de frente.

31 de julho de 2009 14:39  
Anonymous mauricio said...

e tem gente que compra..........

31 de julho de 2009 15:05  
Anonymous Anônimo said...

Adoro Maria Rita , mas esse lançamento não tem pé nem cabeça...

31 de julho de 2009 15:15  
Anonymous Neiva said...

Sem "Maria do Socorro"? Não compro.

31 de julho de 2009 16:45  
Anonymous Anônimo said...

Como todo mundo, achei desnecessário e cedo demais pra ese perfil, mas isso é coisa de gravadora, pra quem não conhece pode até ser interessante, mas pra quem acompanha como eu, num muda nada...

PS: Mas a capa é linda! =D

31 de julho de 2009 17:58  
Anonymous Euterpe said...

Gente implicante. Deixa a moça sambar em paz.
Tb senti falta de Maria do Socorro e daquela da menininha do portão.

31 de julho de 2009 22:07  
Anonymous Vagner - Lapa said...

Desnecessário!!!!

1 de agosto de 2009 09:19  
Blogger coracao vagabundo said...

Não sei porque o espanto... quando a som livre lançou o perfil de Ana Carolina, ela tb só tinha lançado 3 cd´s e seu perfil tornou-se o mais vendido da série, a intenção é fazer exatamente com Maria Rita, quanto a Marisa Monte, ela é dona de seus fonogramas e por isso a gravadora não tem autonomia pra lançar coletânea dela.

1 de agosto de 2009 11:36  

Postar um comentário

<< Home