27 de março de 2008

Cazes transforma sambas de Cartola em choros

Pegando carona na presença de Cartola (1908 - 1980) na mídia por conta do centenário de nascimento do compositor, a Deckdisc vai lançar em junho o CD Cartola em Choro, produzido por Henrique Cazes. O título já anuncia a idéia do disco de revestir os sambas do compositor com uma típica ambiência de choro - como o próprio Cazes já fez com o cancioneiro dos Beatles. Mas a seleção vai além dos standards do mestre e inclui músicas pouco conhecidas de Cartola. Entre elas, Deixa (parceria com Nelson Sargento), Perdoa (com Paulo da Portela), Colombina, A Vila Emudeceu, Meu Primeiro Amor (com Aloisio Dias), Ingratidão (outra parceria com Aloisio Dias) e Desperta Querida. O time excepcional de músicos é formado por Carlos Malta (sax e flauta), Paulo Sérgio Santos (clarinete), Joel Nascimento (bandolim), Rildo Hora (gaita) e Marcelo Gonçalves (violão de sete cordas) - além dos violonistas do Quarteto Maogani e do próprio Cazes ao cavaquinho. Contratado da Deck, o cantor Moyseis Marques pôs sua voz em A Canção que Chegou, a única faixa cantada do álbum.

3 Comments:

Anonymous Anônimo said...

cartola nunca é demais. e vai que fica bom!

27 de março de 2008 14:16  
Anonymous Anônimo said...

em que capitulo tá a novela do cd da Cida Moreira com canções de Cartola ? tá mais longa que a novela do novo cd de Sandra de Sá !

27 de março de 2008 14:24  
Anonymous Anônimo said...

Grande Cartola!

"Esquece nosso amor, vê se esquece.
Porque tudo no mundo acontece.
Acontece que já não sei mais amar.
Vai chorar, vai sofrer e vc não merece, mas isso acontece.
Acontece que meu coração ficou frio
E nosso ninho de amor ficou vazio.
Se eu ainda pudesse dizer que te amo, ahhhhhhh se eu pudesse.
Mas não quero e não posso fazê-lo, isso NÃO acontece.

Adoro essa música. :>)

Jose Henrique

27 de março de 2008 14:55  

Postar um comentário

<< Home