13 de dezembro de 2006

Retrô 2006 - A ressurreição de Barry Manilow

Depois de Rod Stewart, outro cantor famoso nos anos 70 renasceu das cinzas com óbvia série de discos de covers idealizada por Clive Davis, produtor que fez fama e fortuna no comando da gravadora Arista. Trata-se do meloso Barry Manilow (foto) - artista, aliás, já projetado por Davis em 1975 com a gravação da balada Mandy. Lançado em fevereiro, o CD The Greatest Songs of the Fifties foi direto para o topo da parada da revista americana Billboard, tendo vendido 156 mil cópias em sua primeira semana nas lojas dos Estados Unidos. Manilow não realizava tal proeza nas paradas desde a década de 70, época em que reinou na indústria do disco com hits como Ready to Take a Chance Again, a canção de 1978.

Entusiasmados com a acolhida do CD, editado no exterior também no formato de dualdisc, Manilow e Davis já fizeram logo o segundo volume da série - desta vez com regravações de canções dos anos 60. E não será surpresa se a coleção se estender até a década de 90... Afinal, o songbook da canção americana idealizado por Davis para Rod Stewart rendeu quatro volumes e ainda inspirou CD com regravações de clássicos do rock, editado no fim do ano. A rápida escalada do disco de Manilow nas paradas mostrou que a fórmula de covers ainda tem (algum) fôlego no mercado norte-americano.

1 Comments:

Anonymous José said...

gosto dele

13 de janeiro de 2010 18:26  

Postar um comentário

<< Home