31 de maio de 2010

Marina alinhava o repertório inédito de 'Clímax'

Aos poucos, Marina Lima já alinhava o repertório inédito de seus próximos disco e show, Clímax. Um dos trunfos da safra é Não me Venha Mais com Amor, primeira parceria com Adriana Calcanhotto. Outra novidade é Lex, feita com inspiração em Lisboa (Lex é a sigla do maior aeroporto da capital de Portugal). Também fazem parte desse novo repertório Doce de Nós e um samba, A Parte que me Cabe. Clímax, o show, tem estreia prevista para o segundo semestre de 2010, em São Paulo (SP). Quem assina a direção é o arquiteto Isay Weinfeld. Na sequência, talvez somente em 2011, a cantora vai lançar o disco de estúdio que registra o repertório inédito lançado no show. Exatamente como Marina fez com Primórdios, o show de 2005 que originou, em 2006, o bom álbum Lá nos Primórdios.

14 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Aos poucos, Marina Lima já alinhava o repertório inédito de seus próximos disco e show, Clímax. Um dos trunfos é Não me Venha Mais com Tanto Amor, primeira parceria com Adriana Calcanhotto. Outra novidade é Lex, feita com inspiração em Lisboa (Lex é a sigla do maior aeroporto da capital de Portugal). Também fazem parte desse novo repertório Doce de Nós e um samba, A Parte que me Cabe. Clímax, o show, tem estreia prevista para o segundo semestre de 2010, em São Paulo (SP). Quem assina a direção é o arquiteto Isay Weinfeld. Na sequência, talvez somente em 2011, a cantora vai lançar o disco de estúdio que registra o repertório inédito lançado no show. Exatamente como Marina fez com Primórdios, o show de 2005 que originou, em 2006, o bom álbum Lá nos Primórdios.

31 de maio de 2010 11:10  
Anonymous Marcelo said...

Vamos torcer para que Marina consiga reaver um pouco do brilho que sustentava durante as décadas de 80 e 90 e que finalmente volte a ocupar o lugar de destaque que sempre mereceu no cenário da MPB.
Mauro, você sabe dizer exatamente o que aconteceu com a corda vocal dela? Foi um processo irreversível? Ela nunca mais vai poder emitir como antes? A gente saber que volume nunca foi o seu forte, mas era um timbre quente e bem estudado, com uma técnica super competente ...
Forte abraçø, sou fã do seu blog !!!!!

31 de maio de 2010 11:11  
Blogger Santana Filho said...

Boa notícia!

Mesmo que à meia voz, Marina Lima tem sempre o que dizer.

E com um charme danado...

31 de maio de 2010 13:23  
Anonymous Lurian said...

A volta de Marina Lima é essencial ao bom gosto em meio a tantos(as) modernettes sem sal nem açucar.

31 de maio de 2010 16:23  
Blogger Bruno Cavalcanti said...

Marcelo, Marina teve problemas pessoais que culminaram numa depressão forte, o que resultou na perda da voz, que era um dos seus pontos fortes. Completamente psicológico. Hoje ela está bem e a voz dela se adequou ao seu novo momento. Em algumas canções desse novo trabalho, "Clímax", é possível notar a nítida melhoa. Inclusive no "Lá nos Primórdios" já era possível notar a evolução dela. A voz nunca ficou realmente ruim, apenas enfraqueceu, e Marina sempre se esforçou para continuar usando-a como um ponto chave em sua carreira. É uma ótima compositora, mas compõe pra si mesma, portanto não poderia virar apenas compositora. Precisa cantar o que compõe e acho isso digno. Gosto da voz dela e acredito que nunca deixou de ser realmente bela.

"Não me Venha mais com Amor" é impressionante, é quente, sexual, azul... deliciosa. "Lex" é mais incisiva e tem uma influência forte da música do Radiohead. Marina está se reinventando. "Clímax" vai bombar! Viva Marina, uma das artistas mais talentosas da música brasileira.

31 de maio de 2010 16:33  
Anonymous Antônio said...

Disco novo só em 2011? Marina Lima já está em baixa no que se refere a popularidade a um bom tempo e ficar cinco anos sem lançar trabalho novo é suicídio. Os mais jovens já nem sabe que é Marina Lima. Grande artista com carreira muito mal administrada. É uma pena.

31 de maio de 2010 16:42  
Anonymous Anônimo said...

Marina, linda, linda!

31 de maio de 2010 17:04  
Anonymous Anônimo said...

Antônio, vc está enganado. A geração que não conhece Marina também não conhece todos os que aconteciam na época. É questão de memória e não de popularidade.
E mais, hoje nenhum artista lança trabalho inédito de ano em ano, o que se vê é uma enganação atrás da outra para gerar produto, o artista grava a mesma coisa várias vezes em CD / DVD / Ao Vivo e etc.
Marina é essencial.

31 de maio de 2010 17:41  
Blogger Bruno Cavalcanti said...

Acontece que lançar um disco no mercado não é tão fácil assim, ainda mais quando vocÊ é uma artista independente que faz um trabalho pessoal sem se curvar à modinhas do mercado. Marina é cool, não lança disco todo ano. Esse projeto está sendo viabilizado aos poucos, é preciso grana pra isso e é esse o ponto que ninguém parece entender. Não se lança um álbum assim, a torto e a direito quando bem entende. Nem todo mundo é uma Ivete Sangalo para lançar discos todos os anos, sempre com shows novos e canções tocando insistentemente nas rádios. Marina tem um público, já tentou "reconquistar o Brasil" com o "Acústico MTV" e se frustrou... Agora, acredito que ela faça música para ela, e não para o mercado.

31 de maio de 2010 17:43  
Blogger Outras Palavras said...

Francamente, Marina mal consegue falar. Quem a viu no especial 'Elas cantam o rei' - e nos extras - sabe disso. Em seus shows o público não consegue acompanhá-la nos sucessos porque simplesmente ela mais declama do que canta.
Esse fato não desmerece sua carreira. Ela sempre foi uma ótima compositora, vide 'Três' que acabou gravada por outras cantoras logo em seguida ao lançamento de Marina.
Sejamos fãs, não cegos - ou surdos.

31 de maio de 2010 18:23  
Blogger www.chicocomabocanomundo.com.br said...

Marina?
Simplesmente eu amo tudo que faz. Nunca na história do show bizz um artista conseguiu uma carreira tão cheia de qualidade. A voz? A voz nem sempre é tudo, mas a atitude é e Marina tem o suficiente pra mostrar a todos a que veio.

31 de maio de 2010 21:30  
Anonymous Anônimo said...

Como MARINA provoca polêmica, né gente? Aguardo ansioso o CD/DVD de CLÍMAX. MARINA LIMA tem uma carreira linda e coerente! NIVALDO.

1 de junho de 2010 05:48  
Anonymous AVBS said...

E o DVD La nos Primórdios gravado no final de 2006 no Auditório do Ibirapura não sairá ??
Os fãs continuam aguardando.
AVBS

1 de junho de 2010 22:08  
Blogger beto said...

Olá pessoal. Acho legal este espaço, porém, as frustações de algumas pessoas em tentar ser "critico especializado" soa muito mal, deselegante. Um artista como qualquer outro profissional tem suas limitações, e como tudo na vida muda, temos que ser inteligentes e entender os ciclos da vida. Amo Marina Lima, uma grande artista. Beto camargo - ator e produtor

25 de março de 2011 20:11  

Postar um comentário

<< Home