10 de abril de 2010

Disco que projetou Elton e Paulinho é reeditado

Embora já tivessem debutado no mercado fonográfico com o LP do musical Rosa de Ouro (1965) e com os dois volumes do álbum Roda de Samba (1965 e 1966), gravados como integrantes do conjunto A Voz do Morro, Elton Medeiros e Paulinho da Viola começaram a mostrar suas caras e seus sambas com maior projeção no álbum Na Madrugada, lançado originalmente - em 1968? - pela extinta gravadora RGE e ora reeditado, neste mês de abril de 2010, pela Biscoito Fino. Já relançado em CD em 1997, Na Madrugada é o disco em que Paulinho lançou sambas como Arvoredo e 14 Anos, além de ter regravado Recado e Jurar com Lágrimas. Já Elton canta parcerias com Cartola (1908 - 1980) - Sofreguidão e O Sol Nascerá - e Zé Kétti (1921 - 1999), com quem fez Mascarada e Samba Original. Detalhe: no texto escrito pelo pesquisador Arley Pereira para a reedição de 1997, consta que Na Madrugada foi gravado em 1966. Mas outras fontes sustentam que o LP original saiu em 1968.

4 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Embora já tivessem debutado no mercado fonográfico com o LP do musical Rosa de Ouro (1965) e com os dois volumes do álbum Roda de Samba (1965 e 1966), gravados como integrantes do conjunto A Voz do Morro, Elton Medeiros e Paulinho da Viola começaram a mostrar suas caras e seus sambas com maior projeção no álbum Na Madrugada, lançado originalmente - em 1968? - pela extinta gravadora RGE e ora reeditado, neste mês de abril de 2010, pela Biscoito Fino. Já relançado em CD em 1997, Na Madrugada é o disco em que Paulinho lançou sambas como Arvoredo e 14 Anos, além de ter regravado Recado e Jurar com Lágrimas. Já Elton canta parcerias com Cartola (1908 - 1980) - Sofreguidão e O Sol Nascerá - e Zé Kétti (1921 - 1999), com quem fez Mascarada e Samba Original. Detalhe: no texto escrito pelo pesquisador Arley Pereira para a reedição de 1997, consta que Na Madrugada foi gravado em 1966. Mas outras fontes sustentam que o LP original saiu em 1968.

10 de abril de 2010 09:37  
Anonymous Anônimo said...

cade a resenha?

12 de abril de 2010 11:09  
Anonymous Anônimo said...

Pois é Mauro,só os dos anos 80 ganham resenha ?

12 de abril de 2010 16:32  
Anonymous Roberto Murilo said...

É só perguntar pro Paulinho e pro Elton, que estão aí bem vivos e ativos, em que datas o disco foi gravado e lançado. Lembro que a coleção da Odeon lançada em 2002 e 2003, veio com vários erros desse tipo.Exemplo:Estamos Aí da Leny Andrade constou como lançado em 1968, quando na verdade é de 1965.

14 de abril de 2010 21:02  

Postar um comentário

<< Home