10 de abril de 2010

Dionne recebe Ivan no retorno aos palcos do Rio

Compositor celebrado no universo norte-americano do jazz, com prestígio superado somente por Antonio Carlos Jobim (1927 - 1994), Ivan Lins foi o convidado de Dionne Warwick no retorno da cantora aos palcos cariocas. Em nova turnê pelo Brasil, Forever, a intérprete recebeu Ivan no show que fez na casa Vivo Rio, na noite de 9 de abril de 2010. O set de Ivan e Dionne - vistos acima em foto de Mauro Ferreira - foi aberto com o dueto dos artistas em She Walks This Earth, que vem a ser versão em inglês (escrita por Brenda Russell) para Soberana Rosa, parceria de Ivan com Chico César e Ivan Lins. Na sequência, Dionne se arriscou a cantar com Ivan, num português esforçado, Começar de Novo, outro standard internacional do compositor brasileiro (na versão em inglês intitulada The Island). Após este número, o mais aplaudido do set, Dionne e Ivan uniram vozes e suingues na versão em inglês de Camaleão, parceria do compositor com Vítor Martins e Aldir Blanc que foi lançada pela própria cantora, em 1993, em registro feito com Ivan para disco do extinto grupo Batacotô. Encerrando sua participação cheia de bossa, o compositor - atendendo a pedido de Dionne - solou o samba Madalena, com direito a novas divisões. Enfim, um encontro luxuoso que vai ser reeditado na apresentação que a cantora norte-americana vai fazer na noite deste sábado - 10 de abril - na casa HSBC Brasil, em São Paulo (SP).

1 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Compositor celebrado no universo norte-americano do jazz, com prestígio superado somente por Antonio Carlos Jobim (1927 - 1994), Ivan Lins foi o convidado de Dionne Warwick no retorno da cantora aos palcos cariocas. Em nova turnê pelo Brasil, Forever, a intérprete recebeu Ivan no show que fez na casa Vivo Rio, na noite de 9 de abril de 2010. O set de Ivan e Dionne - vistos acima em foto de Mauro Ferreira - foi aberto com o dueto dos artistas em She Walks This Earth, que vem a ser versão em inglês (escrita por Brenda Russell) para Soberana Rosa, parceria de Ivan com Chico César e Ivan Lins. Na sequência, Dionne se arriscou a cantar com Ivan, num português esforçado, Começar de Novo, outro standard internacional do compositor brasileiro (na versão em inglês intitulada The Island). Após este número, o mais aplaudido do set, Dionne e Ivan uniram vozes e suingues na versão em inglês de Camaleão, parceria do compositor com Vítor Martins e Aldir Blanc que foi lançada pela própria cantora, em 1993, em registro feito com Ivan para disco do extinto grupo Batacotô. Encerrando sua participação cheia de bossa, o compositor - atendendo a pedido de Dionne - solou o samba Madalena, com direito a novas divisões. Enfim, um encontro luxuoso que vai ser reeditado na apresentação que a cantora norte-americana vai fazer na noite deste sábado - 10 de abril - na casa HSBC Brasil, em São Paulo (SP).

10 de abril de 2010 12:31  

Postar um comentário

<< Home