31 de março de 2010

Após CD de rock, Brown anuncia disco sertanejo

Embora ainda nem tenha posto efetivamente no mercado o CD de rock que gravou com Mar Revolto, o grupo com o qual iniciou sua carreira em 1979, Carlinhos Brown anunciou esta semana a intenção de fazer um disco de música sertaneja. Brown - visto acima em foto de João Meirelles - já apresentou, inclusive, uma música do álbum, Pestaneja. O fértil artista enfatizou que sua ideia é compor melodias que evoquem os verdadeiros sons do sertão, sem o toque pop da música atualmente rotulada como sertaneja.

7 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Embora ainda nem tenha posto efetivamente no mercado o CD de rock que gravou com Mar Revolto, o grupo com o qual iniciou sua carreira em 1979, Carlinhos Brown anunciou esta semana a intenção de fazer um disco de música sertaneja. Brown - visto acima em foto de João Meirelles - já apresentou, inclusive, uma música do álbum, Pestaneja. O fértil artista enfatizou que sua ideia é compor melodias que evoquem os verdadeiros sons do sertão, sem o toque pop da música atualmente rotulada como sertaneja.

31 de março de 2010 16:53  
Anonymous  said...

Não consigo imaginar a melhor amiga de Brown participando desse album sertanejo.Vai chamar Tom Zé ?

31 de março de 2010 17:10  
Blogger Fabiana said...

Esse atira pera tudo q é lado! Deus q me defenda desse disco!

31 de março de 2010 20:13  
Blogger Leonardo Davino said...

Augusto de Campos, Adriana Calcanhotto e Cid Campos se unem em noite memorável.
Acesse: http://medindodias.blogspot.com/
E saiba mais.

1 de abril de 2010 16:16  
Anonymous Anônimo said...

Tá, qual é o etilo de origem de Braw mesmo???????????

1 de abril de 2010 19:21  
Anonymous Anônimo said...

Carlinhos Brown canta que gênero musical atualmente?

2 de abril de 2010 15:05  
Anonymous Anônimo said...

Amigos, Brown é figura ímpar de espírito camaleônico, no sentido de não se deixar levar por amarras de qualquer gênero musical. E consegue ser assim, sem perder sua identidade.
Foi guia de cegos aos 9 anos em Salvador, e foi a partir dessa experiência que a música entrou em sua vida. Curiosidade: A Secretária de Educação de Salvador, na época, era a mãe de ninguém menos que Raul Seixas e foi ela que "nomeou" o menino Carlinhos para a função de guia, assim ele tinha livre acesso aos eventos, museus e bailes da época.
Brown é figura rara, de discurso humanizador e amoroso, faz pela sua comunidade no Candeal o que nenhum político se prestou a fazer, restabeleceu a dignidade aos moradores, como resultado disso veio a Timbalada e outros projetos sócio-educativos.
Produziu a obra-prima "Omelete Man" e até hoje é um dos caras mais injustiçados da nossa cena musical. Prestem atenção na música e no (fundamental) papel social que o cara desenvolve e não na crítica de plantão!
Abs,
Ricardo Guima

3 de abril de 2010 11:18  

Postar um comentário

<< Home