7 de setembro de 2009

Bethânia faz um CD romântico e outro sobre fé

Música de Paulo César Pinheiro, Encanteria dá título a um dos dois álbuns de inéditas que Maria Bethânia vai lançar no fim deste mês de setembro de 2009. A ser editado pelo selo da cantora, Quitanda, Encanteria é CD que aborda e celebra a fé. Inclusive a religiosa. Já o outro CD - Tua, editado pela gravadora Biscoito Fino - tem como mote o romantismo. É o Amor Outra Vez - parceria de Dori Caymmi com Paulo César Pinheiro - é uma das músicas deste álbum de caráter romântico. Para montar o repertório dos dois discos, Bethânia (à esquerda em foto de Leonardo Aversa) recebeu músicas como O Que Eu Não Conheço (parceria de Jorge Vercillo com o sobrinho da intérprete, J. Velloso), Você pra mim (Guilherme Arantes) e Saudade (Chico César e Moska). Tua e Encanteria vão dar origem a show (ainda sem título), cuja estreia foi agendada para 16 de outubro, no Canecão, a tradicional casa do Rio de Janeiro (RJ).
P.S. 1: A música de Guilherme Arantes não entrou no CD. P.S. 2: A faixa-título do CD 'Tua' é de Adriana Calcanhotto

64 Comments:

Blogger marco said...

Que notícia maravilhosa.. aguardo em pulgas esses novos trabalhos

7 de setembro de 2009 10:10  
Anonymous Anônimo said...

É sempre uma felicidade receber notícias de Bethânia. Estou aguardando pelos dois álbuns com muita alegria.

7 de setembro de 2009 10:11  
Anonymous Anônimo said...

Taí uma notícia que me faz megafeliz. Conheço a música Encanteria. É um belíssimo samba do P. C. Pinheiro e é a cara da Bethania. "...quem ilumina aqui é Ela!" Tudo a ver. Adoro o jeito que Bethania aborda a sua religiosidade.ElA SE coloca no palco e na música como se seguisse a determinação de Deus. Sempre são momentos de arrepiar. Lindos os nomes dos cds. Ouvi dizer que há nova da Ro Ro no cd TUA. Como cantora romântica já sabemos do que ela é capaz.Estou ancioso(e todos que curtem Bethania ,que eu conheço - são muitos,graças a Deus!
Bemvindos esses e todos os trabalhos dessa artista genial e grandiosa.Salve Rainha!!!!

7 de setembro de 2009 10:20  
Anonymous Anônimo said...

Nossa Mauro, que notícia linda!
Dois discos,mas com objetivos certos.Temas distintos.Um pelo selo dela,outro pela Biscoito Fino.
Eu AMO a Maria Bethânia!
Achava demais dois discos,mas com suas colocações mostrando cada trabalho,achei inteligente.
Viva Bethânia!

7 de setembro de 2009 11:37  
Blogger Alberto said...

Maravilha!!!!

7 de setembro de 2009 11:47  
Anonymous Anônimo said...

A MPB vai sacudir!!!!!!!!!!!

leandro

7 de setembro de 2009 12:00  
Anonymous Sérgio said...

Gostei do nome do show "Destinos Frequentes" é muito bonito e enigmático... é bem a cara da Bethânia esses títulos, né? Vou esperar ansioso esses dois CD´s, principalemnte o "Tua", que o tema é o amor. Bethânia é essencial!

7 de setembro de 2009 14:01  
Anonymous Sérgio said...

Esqueci de perguntar uma coisa... o CD será religioso ou sobre macumba?

7 de setembro de 2009 14:09  
Anonymous Anônimo said...

Alguém poderia, por favor, me informar se algum dos 2 Cds já estão em pré-venda em sites da internet?
Desde já agradeço, e abraços em todos e todas...

7 de setembro de 2009 14:33  
Anonymous Anônimo said...

Oba! Fico aguardando por mais detalhes mauro.

7 de setembro de 2009 15:21  
Anonymous Lúcia said...

Maria Bethânia tem produzido muito nesta década e sempre coisas de primeiro nível. Certamente serão dois belos discos, haja vista que Bethânia não é fruta de qualquer feira, ela prima pela qualidade de seus produtos... consegue aliar quantidade e qualidade! Ela é a Rainha da MPB, sem dúvida a maior!

7 de setembro de 2009 16:29  
Anonymous Anônimo said...

Sérgio, "macumba" é um nome genérico e pejorativo para denominar RELIGIÕES espíritas de raízes africanas, logo, nossas também. Na terra de Bethânia, Bahia, a "macumba" se mistura com tudo que é religião e tem conotação importante no que diz respeito à cultura também.

Anônimo das 14:33h, ainda não, mas fique de olho no "site" da Biscoito, Livraria Cultura e Saraiva.

Abraços a ambos e a todos.

7 de setembro de 2009 17:33  
Anonymous Anônimo said...

Compositores realmente novos?
Nada! Ela não arrisca tanto !
Apanas mais do mesmo!

Pedro

7 de setembro de 2009 17:45  
Anonymous Anônimo said...

O disco é sobre a fé religiosa ou não, e isso significa que não é exclusivamente religioso.
Estou mais curioso pelo Tua.

7 de setembro de 2009 17:57  
Anonymous Anônimo said...

Aguardo ansiosa! Quando será a pré-venda? A Bethânia vai me levar à falência com tana coisa.

7 de setembro de 2009 20:02  
Anonymous Mar said...

Bravo Bethânia, esperamos ansiosos!

7 de setembro de 2009 20:38  
Anonymous teo said...

Depois de um engarrafamento nada agradável chegar emc asa e dar com essas notícias é de comemorar.
TKS Mauro, agora é aguardar (ansiosamente)

7 de setembro de 2009 22:32  
Anonymous Anônimo said...

Com este nome, TUA, imaginei algo mais passional do que os versos universitários e acadêmicos de Adriana...

Calcanhoto está sempre me dando a impressão que acaba de chegar da semana de 22 cheia de novidades...

8 de setembro de 2009 11:53  
Anonymous Anônimo said...

Chico César é o que melhor compõe pra Bethania. "O que eu não conheço" somente pelo nome me desanima, espero me enganar.Bem, Adriana, é a Bethânia que decide e ela decidiu, pra mim também a Adriana soa moderninha!

8 de setembro de 2009 13:38  
Anonymous Anônimo said...

Gosto muito de Adriana Calcanhotto - ela e Marisa Monte ficaram - e Bethânia também. Meus pêsames aos descontentes.

8 de setembro de 2009 14:04  
Anonymous Marcelo said...

Bethânia é mais do mesmo. Quem aguenta de novo uma releitura de Brasileirinho. Será para a década toda?

Tá na hora de inovar e mudar os modos de entoar seu canto já prá lá de cansativo.

8 de setembro de 2009 15:56  
Anonymous Anônimo said...

Tem gente achando que a Bethânia é a Madonna.
Um monte de pedidos vazios e vagos de inovação. (o que estas pessoas acham que seria inovação? encher os arranjos de sons eletrônicos?).
Além disto, a questão da diminuição das cordas nos arranjos tem certamente um componente econômico. As vendas - de todos os artistas - minguaram. Não há como manter o mesmo orçamento de produção dos discos. Portanto, cordas em Londres e Los Angeles não mais. E depois tem gente que acha que a pirataria não é um tiro no pé.

8 de setembro de 2009 17:39  
Anonymous Anônimo said...

Ouvi dizer que a Rainha anda garimpando pérolas de compositores novos lá da Bahia. Quem saberia informar melhor?
JANDIRA

8 de setembro de 2009 21:06  
Anonymous Anônimo said...

SE EU ESTIVER ERRADO QUE ME CORRIJAM: o problema de todos aqui com os grandes de nossa música, a bendita geração 70 a meados de 80, é que diante da pobre música e raríssimas exceções que se fez e faz de 84, 85 para cá COBRAM DEMAIS de quem sabem quem tem competência AINDA. E ficam esperando um novo "Álibi" de Bethânia, um novo "Meus Caros Amigos" de Chico; um novo "Gal Tropical" de Gal; um novo "Clube da Esquina" de Milton; um novo "Francis Hime" (80) de Francis; um novo "Amar" de Simone e por aí vai.
Cobrem das novidades novidades e deixem os consagrados em paz.

8 de setembro de 2009 21:30  
Anonymous Anônimo said...

Gente, pelo que entendi este CD será de canções contemporâneas, ou não??!! me animei com isso.
Vou conferir, com certeza.

8 de setembro de 2009 22:53  
Anonymous Anônimo said...

Bethânia hoje em dia é muito cansativa! Guilherme Arantes? Duvido que ela gravaria ele. Só gravou Brincar de viver por causa do especial.

8 de setembro de 2009 23:15  
Anonymous Anônimo said...

guilherme arantes, herbert vianna, marina lima, essa galera que foi moderninha nos 80 nunca soou legal na voz da bethânia, fez bem em não gravar guilherme mais uma vez.mesmo marisa monte by bethânia não convence.
quero ouvir a rorô, se eh verdade que bethânia gravou uma inédita desta grande compositora.
e gostei do nome. pelo menos soa mais adulto, lascivo e lúbrico do que brasileirinho, pirata, etc
que venha a bethânia da boa lavra. estamos com saudade.

9 de setembro de 2009 00:55  
Anonymous Anônimo said...

show 16 de outubro??? Já??? puxa, essa Rainha tem um folego!!!!!

9 de setembro de 2009 01:46  
Anonymous Anônimo said...

"...A Agua lava lava lava tudo... soh nao lava a lingua dessa gente..."

Deixa D. Maria Bethania chover, deixa D. Maria Bethania molhar e mandar agua prah ioio, mandar agua prah iahiah e quem quiser mais. Deixa abrir ponto e ponto fechar. Deixa ela ficar rindo a toa sem saber por que? O importante eh que emocao ela vive e passa encanteria, feh, religiao e romantismo.

D. Maria Bethania nao peca licenca porque aqui,neste blog, a casa eh sua. To mentindo Mauro?

9 de setembro de 2009 03:51  
Anonymous manu guedes said...

Quem dera Betahnia aprendesse com Madonna a eterna arte da reinvenção. Desde que se voltou para o cancioneiro interiorano (e para as ladainhas) só saiu de lá para entoar a galera mais 'urbana' do recôncavo: j. veloso, roberto mendes, jerônimo, enfim, o trabalho de maria, antes universal foi se tornando irritantemente regional e viciado. A gente já sabe exatamento como ela vai entonar as canções.
Onde foi parar aquela verve que intercalava o arrojo de Gita com o tom sublime de O que Tinha de Ser, a malandragem de Pela Última Vez, a sensualidade de Sem Açucar e a beleza lúdica dos domínios públicos?!
Embora cantando como nunca (quantitativamente) o som de Maria Bethânia está por demais viciado e enclausurado por um repertório previsível e arranjos corriqueiros (e recorrentes) de seu 'maestro'.
Esta súbita vocação de educadora tem comprometido a vibração e ecletismo que pavimentaram a colmeia da Abelha Rainha (hoje súdita de si mesma)

9 de setembro de 2009 08:12  
Anonymous Anônimo said...

Bethania participando da novela indiana das 9 da Globo?Alguém também viu isso?

Leandro,

9 de setembro de 2009 13:00  
Blogger Ricardo Monteiro da S. Freitas said...

Sou um mero espectador dos partos dessa Deusa e como sempre ficarei aqui aguardando mais um deles, na certeza de que ficarei mais uma vez encantado e apaixonado a cada dia mais e mais.
Salve Rainha de todas as Canções!

9 de setembro de 2009 15:29  
Anonymous Anônimo said...

sexta-feira bethania no último capítulo de caminho das indias.

9 de setembro de 2009 15:59  
Anonymous Marcelo said...

Caro anônimo,

Quando me refiro à falta de inovação de Maria Bethânia não o faço comparando-a com Madonna (embora concorde que ah se ela aprendesse com Madonna!). Falo isso porque seu jeito de cantar é o mesmo há décadas e quem aguenta isso? Só os Bethaniamania!
Falta aprender novos modos de cantar para ousar interpretar Calcanhoto.

9 de setembro de 2009 18:12  
Anonymous leo said...

'hj súdita de si mesma', concordo com isso, mas me animei com o retorno de um repertório romântico.

só espero que não aconteça como maricotinha (estudio) que tinha uma galera antenada nas composições mas resultou num cd amorfo, sem carisma. e passou batido.

de qualquer forma o acervo musical de maria bethânia é tão vasto e contundente que se ela não acertar nunca mais, ainda teremos o que ouvirem suas memoráveis interpretações do passado.

9 de setembro de 2009 18:51  
Anonymous Anônimo said...

Se vocês não entenderam a ironia com a Madonna (de quem, por sinal, gosto muito), eu explico. Madonna faz parte do gênero POP. É uma área em que o artista tem que estar antenado e produzir música para o consumidor jovem.
Não tem nada a ver com a proposta de Bethânia.
E é uma piada esperar algo POP ou eletrônico de uma cantora como Bethânia.
E que tal procurar as críticas sobre os últimos trabalhos para ter alguma base sobre o canto e a forma de cantar de Bethânia.
Para fazer crítica, é necessário alguma base.
Se não vira algo vazio, de quem critica sem conhecer (ou sem entender).

9 de setembro de 2009 21:49  
Anonymous Anônimo said...

Bethania não é burra, está deixando o maior número de registros possíveis da sua voz, enquanto ela está em cima, está mais que certa, as outras deveriam seguí-la, porque como a geração 60/70 de cantoras brasileiras não veremos mais.

9 de setembro de 2009 22:23  
Anonymous Anônimo said...

Ao anônimo de 09/09/09 às 21:49
Perfeita a sua colocação!
Não há como comparar o trabalho de Madonna com a Bethânia, pois,são extremamente diferentes. A americana precisa passar a imprensão de inovativa e criativa, por questão de sobrevivencia artística, o que nem sempre acontece.Tudo que é feito pela Madonna possue a contrução programada de extraordinário, como a nova reinvenção da roda.Sinceramente, não vejo nada de inovador na sua música,mas sim na forma de conceber seus shows.Ela trabalha muito bem na construção de novos conceitos.Quanto a Bethânia é ate redundante falar sobre a competência e personalidade do seu universo artítico.Dentro dessa concepção, a brasileira contruiu o seu imaginário musical ora,romantico,ora regionalista e as vezes religioso.Também não muito inovador,entretanto,com a nuance de manter sua verdade em constante oxigenação e vivacidade.Bethânia não produz música inovativa.Ela é o caminho contrário, ou seja, a inovação propriamente dita.Há quase 50 anos.


Leandro,

10 de setembro de 2009 09:37  
Anonymous Anônimo said...

Leandro, Bethania faz tb outro caminho contrário: enquanto muitas cantoras americanas começam cantando músicas sacras, gospels, e partem para o popular, Bethânia está fazendo o contrário, concorda?

Aliás tem um dito que eu adoro: 'quando o diabo não nos quer mais, a gente se volta pra Deus'.

Amém!!!

10 de setembro de 2009 10:09  
Anonymous Anônimo said...

Irretocável a consideração do Leandro.Perfeito. Todos os grandes artistas reafirmam seus conceitos por toda sua obra.Madonna troca a cereja do bolo,mas seu circo tecnológico e temas são basicamente os mesmos.Bethania já inovou tudo que tinha que representar na MPB.Ela é um divisor de águas no showbiz daqui.
Quando faz um cd com suas devoções,tb quer ser mantenedora de uma cultura tão amplamente combatida por outras religiões.Ela
é tão grande que é a única a suscitar este tipo de argumentação.
Para os que gostam e para os que não,ela é a referência.

10 de setembro de 2009 10:47  
Anonymous Anônimo said...

Sinceramente não vejo nada de extraordinário em Bethania, pra mim ela é apenas uma diva, que se estabeleu e se firmou num gênero brega, místico e ultrapassado. Ai que saudades de Elis!

10 de setembro de 2009 12:33  
Anonymous Anônimo said...

12.33, assino em baixo, mas tenho saudade, além da elis, da gal costa dos bons tempos (em termos de produtividade pq de VOZ continua a maior)
Evidente que Bethania tem seu valor para a MPB mas é bastante redundante como artista.

10 de setembro de 2009 12:46  
Anonymous Anônimo said...

Desulpem os patriotas e os baianos, mais ainda não surgiu uma cantora, ou quer dizer, algo sobrenatural como Madonna. Não tem como compara-la a quem quer que seja. Madonna é tida como uma corporação, uma multinacional com várias franquias no mundo. Pioneira na arte de Criar e inovar. Uma referência pra qualquer uma que segue o oficio, inclusive pra Bethania. Então desculpa, mais a citação é inapropriada. E não é coisa de fã, é fato!

10 de setembro de 2009 12:56  
Anonymous Anônimo said...

Realmente Bethânia é súdita de si mesma. Adoro Betha, mas sua auto adoração irrita demais.
Pedimos um simancol urgente.

10 de setembro de 2009 14:05  
Anonymous rocco said...

Alguem já escreveu aqui mesmo - tempos atrás - que MB vende muito bem o seu peixe. Verdade total. E nada contra, em um mundo que negocia.
E é engraçadíssimo ver seus discípulos ferozes repetirem as expressões que a diva costuma usar:
Ninguém tem profissão, todos tem seu OFÍCIO
A palavra música é abominável, optar por A CANÇÂO.
O LHE em lugar do te, claro, somos todos santamarenses.
Isto não me emociona, ME COMOVE.
Assim, todos colocam um pezinho no candomblé, passam a achar os 'pontos' o suprassumo do respeito étnico cultural, gesticulam enfaticamente quando falam, enfim, a rainha consegue despersonalizar a galera e infundir peremptoriamente suas crenças, experiências e joie de vivre, se me entendem... aliás conheço um que agradece em francês até para a caixa do supermercado: merci. Quando em grupo: obrigado, senhores. E se a situação assim o pedir, uma venha com joelhos levemente dobrados e pezinhos pra trás. LINDO!

De minha parte aguardo ansiosamente os discos novos da cantora, afinal ela anda mesmo repetitiva demais mas AINDA quando acerta não tem pra ninguém.

E olha que eu nem bato a mão no peito quando digo: coração.

Obrigado por estarem aqui H-O-J-E!!

10 de setembro de 2009 17:17  
Anonymous Anônimo said...

Betânia não precisa inovar, ela é a inovação. Adorei isso!

10 de setembro de 2009 17:20  
Anonymous rocco said...

E olha que boa notícia para os devotos: no dia 14/09 as músicas (as CANÇÕES) dos 2 cds poderão ser ouvidas gratuitamente no www.sonora.com.br

Não é emocionante, ops, COMOVENTE?

abs

10 de setembro de 2009 17:22  
Anonymous Sérgio said...

Ninguém nem ouviu o CD e já tão criticando e o pior é questionar a competência e o talento de Maria Bethânia.. Isso é absurdo demais! Bethânia vem se superando a cada trabalho, cantando cada vez melhor, seus shows são espetaculares e referência pra todas as cantoras. Bethânia é reconehcida como A ARTISTA por toda a crítica e pela classe artísitca em peso, de forma unanime. Sinceramente, isso tá parecendo até despeito. Se a cantora de vocês morreu fisicamente ou se ainda está viva, mas morreu artisticamente há tempos, não descontem suas frustações em quem está aí cantando melhor que nunca e sendo a única de sua geração a fazer oisas realmente boas e com vitalidade.

10 de setembro de 2009 18:24  
Anonymous Anônimo said...

Adorei o nome: Tua. Estou em cólicas. Tenho certeza que Bethania dará outra volta em sua carreira. Já deu varias e ela ainda está hiper ativa.
Viva a Rainha!

10 de setembro de 2009 23:38  
Anonymous Jansen Sarmento said...

A notícia de um novo album de Bethânia já é, como de costume, encantadora... De dois albúns então... Que chegue logo o fim do mês!!!!!

11 de setembro de 2009 00:00  
Anonymous Anônimo said...

Rocco seu comentário é simplesmente fantástico. Ela é repetitiva, canta do mesmo jeito Roberto Carlos ou Adriana Calcanhoto ou Arnaldo Antunes. E mesmo assim somos súditos.
Salve Abelha Rainha repetitiva, mas com uma presença singular como a de Simone.

11 de setembro de 2009 02:45  
Anonymous zeca said...

ROCCO, a-do-r-e-i!!!!!!!! kkkkkkkk

É assim mesmo. Pois até eu me pego de vez em quando "comovido" com algumas "canções" que escuto em meu "ofício"........

Gente, esta noite tem dona Maria em Caminho das Indias. Todo mundo de banho tomado, ok????????

2 CDs a caminho? shows agendados??? lá vamos nós dizimar novamente...de boa!
abs

11 de setembro de 2009 08:16  
Anonymous Anônimo said...

Rocco, corroborando sua observação, acredita que existe um fotoblog dedicado à grande artista, onde a proprietária escreveu - a respeito do próximo show para o lançamento dos CDs: 'breve a teremos deslumbrantemente no exercício público do seu ofício...'
Santa Maria é tão persuasiva que faz com que boa parte de seu público se sinta à vontade para escrever - e divulgar - pérolas como esta, e o que é mais incrível, se sentindo.
Eu já havia percebido que parte deste público se acha 'diferenciado' pq sabe de cor meia duzia de frases do Fernando Pessoa e folheou a orelha de umas Clarices. Hilário!
À parte tudo isso - e um pouco exatamente por isso - Maria Bethania permanece eixo de discernimento e personalidade no caleidoscópio artístico do país. Daí então serem bem vindos estes 'trabalhos' que se avizinham. E esperamos belos.

11 de setembro de 2009 11:51  
Anonymous Anônimo said...

Todos,ou grande parte, aqui possuem em sua memória as 6 frases descoradas de Fernando pessoa e deixou suas digitais nas orelhas dos livros de Clarice Lispctor.Como muitos dos que não estão aqui requebraram as cadeiras ao som da axé music , utilizaram drogas ilícitas como forma de expressar a libertdade ou acreditaram que a cantora "cantava" e na verdade era play back.A persuasão é uma ferramenta imprescindível a qualquer artista.Agora, a finalidade e a qualidade da mensagem transmitida é que oscila, conforme a verdade do emissor, ou seja, o Sr.Artista.


Leandro,

11 de setembro de 2009 13:25  
Anonymous Lívia Brasil said...

A personalidade de maria Bethânia é muito forte. Uma vez Caetano disse que Bethânia é tão intensa que ela não é mais substantitnvo, ela passou a ser um adjetivo. Um crítico que não lembro qual disse outra vez que "todo mundo tem direito de ser Bethânia uma vez na vida". Ela é muito forte, muito intensa! É como Caetano escreveu uma vez em uma letra que Gal canta lindamente: "Quero que pinte um amor Bethânia". Já pensaram o que significa isso? É um amor forte, arrebatador, avassalador, enfim, é o jeito Bethânia de ser.

Vou comprar os discos sem dúvida e vou assisti-la hoje em Caminho das Indias... mauro não esqueça de fazer um post sobre a participação de Bethânia, avaliando sua apresentação! Abraços!!

11 de setembro de 2009 13:32  
Anonymous Anônimo said...

È Sergio, “a minha cantora" morreu fisicamente há mais de 20 anos, no entanto a pequena notável continua a ser a maior cantora do Brasil, é a maior porque não consiguiu ancorar-se num gênero que lhe garantisse o sucesso comercial como sucedeu a Bethania no inicio de carreira, no modelo "amor inesquecivel, não tinha o pique de Rita lle nem tão pouco a alegria contagiante de Gal, mais tinha algo que faltava a todas, pois poucas tinha ou tem o seu espectro vocal. Bethania não tem metade da extensão de voz de Elis e ainda falta-lhe os agudos, e por isso, que até hoje quando se procura a voz daquela época, concerteza ela está num disco de Elis. De lá pra cá temos Marisa Monte, mais esta estudou canto lírico e é a única da geração pós Elis que está no mesmo patamar que a pimentinha. Não vou aqui enaltecer Elis e diminuir Bethania, pois esta também é um monstro sagrado da MPB, mais será que se ela tivesse tido uma morte precoce como Elis, a sua obra seria ainda hoje reverenciada? portanto, faço minhas as palavras de Caetano; " respeitem a maior cantora da terra".

11 de setembro de 2009 13:35  
Anonymous Anônimo said...

Essa mulher pra mim é como Roberto Carlos, não canta nada, vive entoando versos, baseados em um repertorio meloso, isso quando não segue a vertente de cantoras como Clara Nunes que explorava o sincretismo religioso baiano, o que me dá arrepios. Não é cantora engajada em nada, não tem um discurso politico como Elis ou étnico como Daniela Mercury, enfim vive em cima de um pedestal que a mídia criou. Passo adiante........

11 de setembro de 2009 13:48  
Anonymous Anônimo said...

O que são "Carcará","Rosa dos Ventos","Roda Viva" e até "Ultimatum"?Não há engajamento político?


Leandro

11 de setembro de 2009 14:54  
Anonymous Anônimo said...

Isso mesmo cara anônimo acima. O público de Bethânia acredita-se intelectual porque sabe de orelhada estereótipos de Clarice Lispector. Com certeza!

11 de setembro de 2009 15:01  
Anonymous Anônimo said...

Concordo com tudo o que foi dito sobre bethanetes papagaios que vivem repetindo os acertos (e desacertos) da cantora.
Mas Bethania é maior do que isso tudo pq sempre se respeitou e - olhem, Bethanetes - nunca imitou ninguem. Goste-se ou não, tem estilo, personalidade e subverte valores (inclusive fazendo crer que seja uma das maiores cantoras brasileiras quando na verdade está longe disso).

Mauro, tb gostaria de sua visão sobre a participação d a diva esta noite na novela, ok?

11 de setembro de 2009 16:03  
Anonymous Anônimo said...

Que bobagem essa coisa do pùblico de Bethania. Ele muito é variado demais.Disseram coisas muito verdadeiras aqui e até mesmo emocionantes, como o fã da Elis e os da Bethania, mas quando se generaliza fica sem sentido.E depois alguns leram toda obra da Clarice e outros somente as orelhas, bem sendo de Clarice somente as orelhas ja arrasam.Viva a Elis Viva a Bethania.
ah, não concordo que a Marisa entre no patamar da Elis, é uma outra coisa, e depois a Marisa tem cantado muito igual e todas as canções se parecem uma com as outras.

11 de setembro de 2009 17:28  
Anonymous Anônimo said...

Também não concordo como o que foi dito acima. Marisa Monte não está no patamar das grandes divas olimpianas imortais da MPB: Elis, Simone, Gal e Bethânia.
Os barulhinhos bons de M. M são muito insossos.

11 de setembro de 2009 18:06  
Anonymous Anônimo said...

marisa está anos-luz atrás da elis (ou de qquer outra grande cantora);
marisa não tem extensão vocal, tem uma voz anasalada e respira como uma cantora amadora(apesar de um repertório palatável e , porvezes, sacado).
o que ela tem é uma certa vibe e um bom shape
bethania não se compara com nenhuma das duas pq abriu um espaço só seu na mepebê. está mais para as grandes divas do passado.
é realmente maravilhosa.

11 de setembro de 2009 18:22  
Anonymous Anônimo said...

O anônimo das 13;35 mandou bem. O que me parece é que o reinado de Elis mesmo após sua morte é vitalício e o pior a pimentinha morreu, quando ainda tinha muito para acrescentar à sua vitoriosa carreira. Enquanto Bethania, apesar de ser adimiravel, não creio que se tivesse nos deixado precocemente, ( bato na madeira 1000 vezes), sua obra teria tanto impacto em gerações posteriores. Quanto a Marisa, ela é a melhor de sua geração, porém não se compara nem a Elis e nem a Bethania. Abraço a todos!

11 de setembro de 2009 20:27  

Postar um comentário

<< Home