29 de agosto de 2009

Elba, Lenine e Margareth em tributo a Gonzaga

A indústria fonográfica fez silêncio em torno dos 20 anos da morte de Luiz Gonzaga (1912 - 1989), completados em 2 de agosto de 2009. Não fosse pela coletânea em que Zé Ramalho canta músicas do Rei do Baião, aliás produzida por iniciativa de Ramalho, a efeméride teria passado em branco. Contudo, tal silêncio vai ser quebrado em tempo porque dois compositores - Gereba Barreto e Jota Velloso - produzem de forma independente curioso disco em tributo ao compositor de Asa Branca e Baião. Provisoriamente intitulado Luas do Gonzaga, o CD já conta com adesões de Elba Ramalho, Lenine, Jorge Vercillo, Margareth Menezes, Mariene de Castro e Targino Gondim, entre outros nomes. O álbum vai jogar luz sobre temas obscuros compostos por Gonzagão nos anos 40 antes do estouro nacional de seu baião.

8 Comments:

Anonymous maria said...

Realmente é lamentavel o descaso ainda persistente com a obra de Luis Gonzaga.
Em minha opinião este senhor escreveu alguns dos versos mais fantásticos de toda a MPB.
'Quando os verde dos teus olhos se espalhar na plantação...'

'ter molejo nos pés e nas mãos, ter no corpo o balanço do mar, ser que nem carrapeta no chão, fazer cobra de fogo no ar...'

Légua Tirana, Olha pro Ceu, Qui nem Jiló, Assum Preto...enfim, uma plêiade de canções maravilhosas.

Luis Gonzaga, que absurdo, ainda precisa ser devidamente reverenciado.

maria

29 de agosto de 2009 11:10  
Blogger André Luís said...

É o MÍNIMO que se DEVE fazer em homenagem a um dos grandes nomes da Música Brasileira. Esse ano faz 20 anos da morte de Luiz Gonzaga. E em 2009 outro Rei, Jackson do Pandeiro, faria 90 anos. Dois mestres cujo valor está sendo esquecido. Injustiça total!

Estou curioso pra ouvir esse tributo ao "Lua"!

29 de agosto de 2009 11:12  
Anonymous Anônimo said...

Zé Ramalho também prestou seu tributo, idealizando e oferecendo às gravadoras o CD "Zé Ramalho canta Luiz Gonzaga" (Discobertas/Sony) - compilação especial para a qual ele não só gravou um fonograma inédito, como também posou para fotos exclusivamente para o projeto gráfico.

29 de agosto de 2009 11:20  
Anonymous leo said...

Há uma canção fantástica composta por Carlinhos Brown e cantada pela Bethania: Lua Vermelha, bela homenagem ao grande LUA.

29 de agosto de 2009 11:59  
Blogger Mauro Ferreira said...

Sim, anônimo das 11:20, teve o tributo do Ramalho. Bem lembrado. Por isso, modifiquei o texto.

29 de agosto de 2009 13:18  
Anonymous Diogo ! said...

Aliás nem você né Mauro lembrou da data com um post ( assim como fez com Raul Seixas ... )

29 de agosto de 2009 16:50  
Anonymous Luc said...

As músicas de Luiz Gonzaga não envelhecem. O "teste do tempo" as transformou em clássicos.

Gonzaga prescinde de homenagens e tributos em datas redondas. Sua música (+Humberto Teixeira et al.) é para ser ouvida sempre. É a prova de que o popular pode ser requintado.

29 de agosto de 2009 19:34  
Anonymous Flavio said...

A mineira Elisa Paraíso, que participou da edição João Bosco do Som Brasil lançou este ano um belo tributo ao Gonzagão. O cd se chama NOrdeste de Lua, tem participação do Toninho Ferragutti, do Ari Colarres, e se não me engano, é o primeiro tributo de uma artista do Sudeste ao velho Lua. Não sou parente dela nem nada, só estou descrevendo minha opiniao sobre o álbum da Elisa.

1 de setembro de 2009 10:23  

Postar um comentário

<< Home