7 de agosto de 2009

Barbra vai de Platters a Ivan em disco jazzístico

Com lançamento programado para 29 de setembro de 2009, o primeiro álbum de estúdio de Barbra Streisand em quatro anos, Love Is the Answer, vai chegar às lojas em edições simples e dupla (capa acima). O disco tem tom jazzístico e clima de cabaré. A edição dupla traz - no CD 1 - 13 músicas em gravações feitas com orquestra. Já o CD 2 reapresenta 12 dessas 13 músicas (You Must Believe in Spring ficou de fora) em registros mais econômicos, feitos com um quarteto. A cantora de pop jazz Diana Krall está envolvida na produção. Eis as músicas de Love Is the Answer, cujo repertório inclui versão em inglês do clássico francês Ne me Quitte Pas, tema estrangeiro de Ivan Lins (Love Dance) e balada do repertório do conjunto The Platters (Smoke Gets in your Eyes):

1. Here's to Life
2. In the Wee Small Hours of the Morning
3. Gentle Rain
4. If You Go Away (Ne Me Quitte Pas)
5. Spring Can Really Hang You up the Most
6. Make Someone Happy
7. Where Do You Start?
8. A Time for Love
9. Here's That Rainy Day
10. Love Dance
11. Smoke Gets in Your Eyes
12. Some Other Time
13. You Must Believe In Spring

13 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Com lançamento programado para 29 de setembro de 2009, o primeiro álbum de estúdio de Barbra Streisand em quatro anos, Love Is the Answer, vai chegar às lojas em edições simples e dupla (capa acima). O disco tem tom jazzístico e clima de cabaré. A edição dupla traz - no CD 1 - 13 músicas em gravações feitas com orquestra. Já o CD 2 reapresenta 12 dessas 13 músicas (You Must Believe in Spring ficou de fora) em registros mais econômicos, feitos com um quarteto. A cantora de pop jazz Diana Krall está envolvida na produção. Eis as músicas de Love Is the Answer, cujo repertório inclui versão em inglês do clássico francês Ne me Quitte Pas, tema estrangeiro de Ivan Lins (Love Dance) e balada do repertório do conjunto The Platters (Smoke Gets in your Eyes):

1. Here's to Life
2. In the Wee Small Hours of the Morning
3. Gentle Rain
4. If You Go Away (Ne Me Quitte Pas)
5. Spring Can Really Hang You up the Most
6. Make Someone Happy
7. Where Do You Start?
8. A Time for Love
9. Here's That Rainy Day
10. Love Dance
11. Smoke Gets in Your Eyes
12. Some Other Time
13. You Must Believe In Spring

7 de agosto de 2009 11:24  
Blogger Leonardo B. said...

Mas que óptima novidade, saber que esta lady ainda está cá para o que der e vier... a minha curiosidade, vai mesmo para a "smoke gets in your eyes"... será que pela primeira vez escutarei esta, numa boa versão?... (para além das muitas que ignoro...por certo?!

Um abraço para si, Seu Mauro
pela sua enorme paciência de taxista musical...

Leonardo B.
Bizarril
Portugal

www.impressoesdigitais2.blogspot.com

7 de agosto de 2009 12:59  
Anonymous Anônimo said...

Da-lhe Ivan!!!!!!!!

7 de agosto de 2009 13:51  
Anonymous Denilson said...

Olha...

Na voz da Barbra, essas músicas devem ter ficado sensacionais...

Lembro-me do impacto que tive ao ouvir o "The Broadway Album", uma das melhores obras já feitas, na minha opinião.

Ela já gravou pelo menos uma outra música do Ivan Lins. "Começar de Novo", renomeada para "The Island". Foi uma gravação muito boa, apesar da versão em inglês ser ridícula.

Muito bom para o Ivan mais essa gravação. Não me recordo de nenhuma gravação da Barbra sobre alguma obra do Tom Jobim, por exemplo.

"Gentle Rain" é a versão em inglês para "Chuva" do Luís Bonfá, não é? Outra bela música brasileira.

abração,
Denilson

7 de agosto de 2009 14:51  
Anonymous Luc said...

Denilson, tudo bem?

Há uma versão de Barbra para o Samba de Uma Nota Só, imprensado em um medley do especial para TV "Barbra & Other Instruments", de meados da década de 70. Não acho particularmente feliz. Melhor fingir que não existe. Se bobear, é capaz de ter até no Youtube.

Barbra andou dando declarações há algum tempo sobre sua admiração pela música brasileira. É algo que se espera de uma grande artista. A aproximação com Diana Krall deve ter contribuído também.

Achei muito interessante a ideia de "uma canção-dois arranjos", sobretudo em disco jazzístico.

Concordo contigo quanto ao disco da Broadway. Aliás, quanto aos dois discos da Broadway. Muito desse material está também no concerto de Arrowhead Pond (1994), que, para mim, é a definição de apresentação ao vivo. Marvin Hamlisch nos arranjos e na regência. Tinha saído há um tempão em video, mas os fãs reclamaram tanto (até eu me animei a mandar umas mensagens para o site da Streisand), que finalmente saiu em DVD este ano.
Abraço,
Luc

7 de agosto de 2009 18:34  
Blogger Tombom said...

Acho legal lembrar que "The Gentle Rain" é música composta pelo grande e saudoso violonista brasileiro LUIS BONFÁ, com bonita letra em inglês de Matt Dubey.
O título em português é "Canção do Encontro", com letra de Maria Helena Toledo, que na década de 1960 era esposa de Bonfá.

"The Gentle Rain" tem um gravação irretocável de Tony Bennett, lançada em 1966 ("The Movie Album"), com acompanhamento do próprio Bonfá ao violão e orchestra regida por Johnny Mandel. Um luxo para poucos!Bennett está em plena forma vocal, deliciosamente suave na entonação, como pede a canção e a letra. Acho muito difícil alguém conseguir gravar melhor --- apesar da canção já ter sido lançada por nomes como Astrud Gilberto, Luiz Eça (instrumental), George Benson (instrumental), Sarah Vaughan (1979 - álbum "Exclusivamente Brasil"),
Ithamara Koorax, Diana Krall, Stacey Kent, etc.

7 de agosto de 2009 21:14  
Anonymous Anônimo said...

Há pequenos trechos das canções do novo Cd no site oficial de Barbra, e como sempre ela esbanja sensualidade. Pra mim é a maior cantora internacional. A intervenção correta e de bom gosto de Diana Krall (de quem eu não sou fã enquanto cantora)só deve trazer grandes momentos para esse disco.
Tapete vermelho, Babs.

7 de agosto de 2009 22:37  
Anonymous Anônimo said...

No site Barbra-Archives tem uma lista de canções que a Barbra Streisand gravou ao longo dos seus (quase) 50 anos de carreira, e tem uma composição do Tom Jobim "Lost In Wonderland" que a versão inglesa de "Antiqua".

http://barbra-archives.com/record/unreleased_streisand_songs.html

Pode ser que essa canção seja lançada no futuro, num "Just For The Record... Part2".

8 de agosto de 2009 07:57  
Anonymous Anônimo said...

TomBom,
De fato a gravação de Bennett é fantástica. Vale a pena ouvir.
Estou curiosíssimo para ouvir a de Barbra. Recentemente ela gravou "I'm in the mood for love" em bossa (The movie album) e ficou impecável.

8 de agosto de 2009 09:08  
Anonymous Anônimo said...

Here´s to Life já foi registrado magnificamente por EARTHA KITT. Insuperável. Mas Barbra até pode mandar bem!

8 de agosto de 2009 14:06  
Anonymous Alexandre Siqueira said...

Pena que não há chances de Barbra vir a fazer uma nova turnê desse lançamento (e se houvesse, o Brasil nem estaria cogitado)... Ter visto essa mulher ao vivo deve ter sido inesquecível!

8 de agosto de 2009 14:17  
Anonymous Anônimo said...

Here's to life foi de fato gravada lindamente por Eartha Kitt, mas antes por Shirley Horn, mais bonito ainda. Shirley é a cantora da qual Barbra mais gosta, segundo seu depoimento no programa de Ophrah, e tem gravado muito de seu repertório em seus últimos discos,inclusive nesse, que tem 4 ou 5 de Shirley Horn.

8 de agosto de 2009 17:53  
Anonymous Anônimo said...

E o album entrou em #1 nos EUA!!!!

Está no site da Billboard! Streisand passou à frente de 12 novos lançamentos vendendo 180 mil cópias na primeira semana... passando à frente de Mariah Carey (desesperada tinha o album à venda por 6 doláres), Madonna, Paramore, etc.

O album marca um novo recorde! Pela primeira vez um artista consegue um album em #1 em 5 décadas consecutivas!

7 de outubro de 2009 18:17  

Postar um comentário

<< Home