2 de julho de 2009

'Conto de Areia' não seduz no canto de Bethânia

Prêmio da Música Brasileira - 22ª Edição
Rio de Janeiro (RJ) - Momentos depois de receber o troféu de Projeto Especial por seu disco Omara Portuondo e Maria Bethânia, a cantora baiana pisou novamente no palco do Canecão para interpretar Conto de Areia (Romildo e Toninho), primeiro retumbante sucesso de Clara Nunes (1942 - 1983) em escala nacional. Líder das paradas em 1974, o samba tem cadência baiana condizente com a musicalidade de Bethânia (em foto de Mauro Ferreira). Contudo, a insegurança da cantora com a letra - lida em sua maior parte por ela, sem a menor cerimônia - fez com que a cantora perdesse o tempo do samba e se desencontrasse da banda. O número não fez jus à grande expectativa. Foi mecânico...

51 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Prêmio da Música Brasileira - 22ª Edição

Rio de Janeiro (RJ) - Momentos depois de receber o troféu de Projeto Especial por seu disco Omara Portuondo e Maria Bethânia, a cantora baiana pisou novamente no palco do Canecão para interpretar Conto de Areia (Romildo e Toninho), primeiro retumbante sucesso de Clara Nunes (1942 - 1983) em escala nacional. Líder das paradas em 1974, o samba tem cadência baiana condizente com a musicalidade de Bethânia (em foto de Mauro Ferreira). Contudo, a insegurança da cantora com a letra - lida em sua maior parte por ela, sem a menor cerimônia - impediu que o número fizesse jus à alta expectativa. Foi quase burocrático.

2 de julho de 2009 09:40  
Anonymous Anônimo said...

Fora o registro de Clara (no lp Alvorecer, de 1974), a regravação mais bonita dessa música foi da nossa Marrom, no cd Claridade, de 1999. Alcione registrou muito bem com um arranjo fantástico e simplesmente emocionante. Abs,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

2 de julho de 2009 09:41  
Anonymous Anônimo said...

Mauro!!! Vc criticando Bethânia????????????????? Vai nevar!!!!

2 de julho de 2009 09:57  
Anonymous Anônimo said...

Mauro!!! Vc criticando Bethânia????????????????? Vai nevar!!!! (2)

2 de julho de 2009 10:28  
Blogger Paulo Gonçalo said...

Mauro e leitores do Blog alguém saberia nos dizer que o Premio foi gravado, se alguma emissora irá transmiti-lo??

2 de julho de 2009 11:07  
Anonymous Alexandre Siqueira said...

Tem muito fã de Bethânia por aqui e temos certeza de sua qualidade artística e profissional, como também de sua importância na música brasileira. Mas nenhum ser humano é perfeito e é claro que haverá momentos mais ou menos inspirados. Não estive presente na noite, mas acredito no que foi escrito, até porque demonstra que o blog tenta ser imparcial e justo, pelo menos no tocante à opinião do autor. Pelo pequeno trecho que vi ontem na televisão, deu pra notar que não havia tanta exuberância como talvez todos estavam esperando.
Parabéns pelo blog!

2 de julho de 2009 12:32  
Anonymous Vagner - Lapa said...

Mas bethânia há muito tempo é muito burocrática. A falta que você me faz é de uma chatice exemplar.

2 de julho de 2009 12:43  
Blogger Fernando Dasilva said...

"Mauro!!! Vc criticando Bethânia????????????????? Vai nevar!!!!" (3)

2 de julho de 2009 12:51  
Anonymous Anônimo said...

Mauro!!! Vc criticando Bethânia????????????????? Vai nevar!!!! (4)

Mauro, BETHANIA não quis atendê-lo?

2 de julho de 2009 13:23  
Blogger Daniella Paula said...

Bethânia é a maior intérprete brasileira. E uma das artistas mais completas do mundo; o Mauro só é sensível o suficiente para saber disso!

2 de julho de 2009 15:23  
Anonymous Anônimo said...

Adoro Bethania, mas esta história dela levar letras para ler em cena já me encheu os pacovás. Em plena Paris ela saca a 'cardeneta' para ler Cálice, que ela canta desde que o carcará ameaçou pousar em Santo Amaro.
Assim não, minha deusa!!

2 de julho de 2009 16:42  
Anonymous leo said...

Bethânia pode (QUASE) tudo.
Ler a letra de um grande sucesso, em tributo a outra grande artista NÃO POOOODE!

Se não podia (ou queria) decorar a letra, passasse a vez.

2 de julho de 2009 18:20  
Anonymous Anônimo said...

Espero que amanhã MB não prejudique a gravação do DVD de Rita Ribeiro, lendo a letra de Iansã.
Embora seja uma das grandes artistas brasileiras, MB não está acima do bem e do mal. Ler na gravação do DVD de Ivete, estando na casa dela, sentadinhas as duas, até vá lá, mas se apresentar publicamente de cola na mão...tenha a santa paciência!!!!!!!Ainda mais uma artista que está sempre se autointitulando: intérprete. Já imaginou uma Marilia Pera interpretando no teatro com papel na mão????

2 de julho de 2009 18:29  
Anonymous Anônimo said...

Acabei de assistir à apresentação da Bethânia no youtube e gostei muito. O arranjo está bem suave, não tem nada a ver com o arranjo da Clara, e nem deveria ser igual. Não tem absolutamente importância nenhuma uma grande artista ler a letra de uma determinada música em cena, é naturalíssimo.
Quem fala é porque está com dor de cotovelo.
Adélia - Rio
PS. Amanhã se Deus quiser estarei no VIVO RIO prestigiando a RAINHA.

2 de julho de 2009 19:20  
Anonymous Anônimo said...

Mauro!!! Vc criticando Bethânia????????????????? Vai nevar!!!! (5)

2 de julho de 2009 19:48  
Anonymous alaíde segato said...

Adélia, so sorry. AMO a Bethania mas, convenhamos, o show ali não era dela. Tratava-se de um tributo a um outro artista. O mínimo a se fazer seria se preparar adequadamente para o evento. Isto inclui APRENDER a música que se vai cantar, evitar amadorismos capengas, fazer valer o convite para estar ali.
Em seus próprios shows, ela que leia, que segure o texto, que coloque a letra no chão, no teto, onde quiser, mas nas circunstâncias da premiação/tributo soou como descaso ao evento.
Sei que Bethania costuma ser respeitosa em seu trabalho mas, até para mim que a respeito e admiro, pegou mal.
Vamosairdefininho?????? (depois a gente volta...)

2 de julho de 2009 20:19  
Anonymous Anônimo said...

Fiquei emocionado ao rever Maria Bethânia.Como ela está bonita.Pena que cantou lendo o tempo todo.Tirou um pouco da magia.

2 de julho de 2009 20:40  
Anonymous Anônimo said...

Se Ney Matogrosso "colou" quando homenageou Cazuza,por que Maria Bethânia não pode "colar" numa homenagem à Clara?
Pra mim,o que vale foi ver a MAIOR INTERPRETE VIVA DA MPB reverenciar a MAIOR DE TODAS AS SAMBISTAS.
Valeu muito.
Francisco Carlos,fã da MAIOR E MAIS IMPORTANTE CANTORA DA HISTÓRIA DO SAMBA,Clara Nunes.

2 de julho de 2009 21:29  
Anonymous Anônimo said...

Bethânia é muito espontânea. Essa coisa de trabalho encomendado com ela geralmente não dá caldo.

2 de julho de 2009 21:31  
Anonymous Anônimo said...

Na primeira vez que vi bethânia lendo em cena, foi no show Maria. A música era O Quereres, e eu achei que fazia parte da mis-en-scène, tipo assim: estava usando a letra maravilhosa como um planfeto. Depois a cena se repetiu tantas vezes que fiquei sem entender. Se ela ensaia tanto (e sei que ensaia) e consegue decorar textos por vezes tão longos, ou algumas letras quilométricas, pq se enrola em situações aparentemente simples para alguém com sua experiência...
É certo que ela tb esquece da letra de canções com certa frequência, mas ainda prefiro seus 'desculpem, errei', do que ve-la aleatória com papel na mão em cena.
Claro que em situações como o Orfeu do Tempo Tempo estava inserido no contexto, refiro-me a suas "colas" desnecessárias numa mulher inteligente, artista concentrada e experiente.
E, pior, virou praxe.

2 de julho de 2009 21:33  
Anonymous Anônimo said...

A Simone gravou essa música nos idos 90. Do que vi no youtube acho que até Simone deu de couro na Bethania. Tem mau gosto nessa gravação da Simone porque ela coloca a Clara cantando e a Clara já tinha morrido. Nana lê sempre as letras.. a idade não perdoa.. até a ABELHA RAINHA envelhece.
SALVE BETHANIA!!

Dionísio
Capital-SP

2 de julho de 2009 23:15  
Anonymous Anônimo said...

Mauro!!! Vc criticando Bethânia????????????????? Vai nevar!!!! (6)

2 de julho de 2009 23:21  
Anonymous Anônimo said...

Vi no YOUTUBE e meu brother assistiu ao vivo. Achamos que Maria perdeu uma boa oportunidade de ficar em casa decorando as canções dos próximos CDs.
Alcione deu um show.

Onde foi parar o profissionalismo da Rainha???

3 de julho de 2009 08:17  
Anonymous Anônimo said...

Difícil é alguém cantar Conto de Areia depois do registro definitivo da Clara.

3 de julho de 2009 08:33  
Blogger Fernando de Sá Leitão said...

Esse anônimos.... hahaha.

Bethânia não precisa provar mais nada. Como já disseram acima, há dias de maior ou menos inspiração. Ela não tem contrato de atender sempre as expectativas de quem quer que seja. Mas, analisando... se existe essa expectativa de EXCELÊNCIA, é porque uma das marcas da sua longa carreira é tangenciar a EXCELÊNCIA. Tenhamos, assim, mais respeito com Bethânia e todos os nossos intérpretes.

Outrossim, esse blog é sério. Se Mauro costuma elogiar Bethânia na maioria das vezes, porque não poderia emitir uma outra opinião?

Amadureçamos os comentários!

E vamos dar leveza à Vida!

3 de julho de 2009 08:45  
Anonymous jsf said...

Mas o que estaria fazendo Maria Bethania em uma homenagem a Clara Nunes, com quem nunca teve nada a ver (exceto os balangandãs, evidente).
Bethânia, profissionalíssima, anda onipresente demais (depois falam da Ivete Sangalo).
Faz participação em inúmeros CDs (só recentemente: Ivete, Roberta Miranda, Olivia Byington - vai cantar no show de Rita Ribeiro), enfim, com mais critério, esta diva encontraria tempo de aprofundar e amadurecer estas performances.

Espero que no show pertinente a seus próximos CDs a baiana venha revigorada. Este excesso de 'trabalho' talvez a esteja prejudicando ou justificando 'pequenos deslizes' que poderiam ser evitados.

Mas Bethânia tem crédito. E as vezes um erro é importante para se rever as atitudes.

3 de julho de 2009 10:11  
Anonymous Anônimo said...

Ninguém estah negando o respeito que MB merece, entretanto ela não está imune a críticas e observações. Errou feio.
O Globo tem uma crítica semelhante a que está sendo feita aqui: BETHÂNIA IRRECONHECÍVEL.

3 de julho de 2009 10:14  
Anonymous Anônimo said...

Concordo com a opinião da Adélia. Não há qualquer problema em um cantor ler a letra da música, seja com o papel na mão, como Bethânia gosta, com a dália em frente ou com o monitor no chão. Atualmente esse recurso – o monitor – tem sido muito utilizado. No show do Roberto e Caetano no Municipal do Rio foi assim. Também é muito utilizado em musicais na TV, fica discreto, a platéia acha que o cantor está olhando para baixa, quando o mesmo está lendo o monitor. A Rainha não está nem aí para essas sutilezas. Entra com o papel na mão, sim, e daí? É lindo. Pode ser no show dela ou de qualquer homenageado, não tem qualquer problema. Bethânia, que faz shows generosos, de quase duas horas, sem interrupção entre uma música e outra, com diversos poemas entre as canções, não tem que provar nada a ninguém: já provou a sua capacidade de memorização. O papel acaba sendo um charme, muitas vezes inesquecível, como no número dos Podres Poderes em Maria. Esse papel é motivo de disputa entre os fãs, que ficam ansiosos em poder pegar o mesmo e levar para casa de recordação.
Esse pessoal que fica falando bobagem, daqui a pouco vão querer retirar as partituras dos músicos...
Logo mais estarei no Vivo Rio. Viva a Rainha!
Maria Deolinda

3 de julho de 2009 13:49  
Anonymous Anônimo said...

MAURO CRITICANDO BETHÂNIA, MARCELO ELOGIANDO ALCIONE... VAI ENTENDER !!!

3 de julho de 2009 13:52  
Anonymous Anônimo said...

Além da leitura da letra, faltou à Bethania compreender também a melodia. Ela não se acertou com a banda.
Deveria ter escolhido outra canção, ou não participar do programa.

3 de julho de 2009 14:29  
Anonymous Anônimo said...

Gente, eu não estou entendo nada. Qual o problema de um cantor cantar lendo a letra. Todos, TODOS, os grandes cantores do mundo já utilizaram esse recurso. Inclusive os cantores líricos. Juro que eu não estou entendendo...
Frederico

3 de julho de 2009 14:35  
Anonymous zeca said...

INDISCUTÍVEL A MÁ PERFORMANCE DA BAIANA.
AGUARDO DIAS MELHORES.

3 de julho de 2009 15:10  
Anonymous Anônimo said...

Existe uma coisa chamada "crítica impacial". Maria Bethânia é elogiada a maioria das vezes pq tem sido digna de elogios na maioria das vezes.

3 de julho de 2009 16:10  
Anonymous Anônimo said...

Frederico ela se perdeu ao ler a letra.Esse é o problema.Eu estava lá e vi.A banda teve que correr para acompanhar.OK?

3 de julho de 2009 18:03  
Anonymous Anônimo said...

rosemberg

só mesmo maria bethania pra provocar todo esse tititi.
vou ver esse video agora no you tube, mais como admirador assumido vou logo dizendo: se maria bethania quiser cantar parabens pra vc lendo a letra no papel eu vou gostar. e vou gostar mais ainda se ela, já cansada ,pedir pra eu segurar o papel.
nada nesse mundo vai manchar a carreira dessa deusa da canção.

memoria_pele@hotmail.com

3 de julho de 2009 19:01  
Anonymous Anônimo said...

Adorei o último comentário!

3 de julho de 2009 19:27  
Anonymous Anônimo said...

Tb me diverti com o comentário do rosemberg, mas preferiria que minha deusa não tivesse pago este mico.
Rildo Hora lavou a honra do Jaime Alem, se é que me entendem...

Mauro, em ânsias por seu comentário sobre a gravação do DVD de Rita (com a participação de Bethânia, ai-jesus!)

3 de julho de 2009 21:18  
Anonymous Anônimo said...

Rosemberg ninguém está acima do bem e do mal!Nem Cristo!

3 de julho de 2009 22:39  
Anonymous Anônimo said...

Bethania fala na Folha de hoje que 'não foi bonita sua homenagem', e culpa quem???????? O SOM, evidente....

Nada de 'mea culpa' no chateaux da rainha...

3 de julho de 2009 22:42  
Anonymous Anônimo said...

Só Bethânia mesmo pra render tantos comentários num post! hahaha

Convido pra vocês verem os demais! 3... 5... 1... e com este meu,37!

Vida longa a Rainha, que até nos ditos deslizes encanta! E só dá o que falar pq tem história!

:)

3 de julho de 2009 23:13  
Anonymous Anônimo said...

"Ler a letra" não é lá muito cênico, perde-se a espontaneidade, parece estar o artista cumprindo uma função burocrática, mas perdoa-se, ainda mais sendo Bethânia. Mas NÃO FOI SÓ ISSO como disse o Mauro e demais jornalistas que acompanharam a festa. Bethânia estava perdidinha da Silva e mais uma vez nossos grandes e pouco lembrados músicos é que não deixaram "Conto de Areia" virar "Encalhe na Areia". Sou fã mas não sou fã-cego do tipo presidente de fã-clube.

4 de julho de 2009 01:23  
Anonymous guto souto maior said...

Bethania conhece mais que ninguém suas limitações e não é a toa (inteligente como é) que se autoproclama intérprete. Não é uma Gal, uma Marisa, uma Rita Ribeiro, etc, que se sentam em uma roda, abrem a boca e a coisa flui. Bethania precisa da encenação, concentração e - como faz à exaustão - ensaio. Fora deste contexto 'teatral' o santo não baixa mesmo.
Nenhum demérito, cada um com seu estilo, sua força e suas limitações.
Extremamente autocrítica, tenho certeza que ela não avaliou satisfatoriamente sua performance- vide depoimento nos jornais. Não assumir a responsabilidade pelo 'encalhe na areia' faz parte da aura de semideus que costuma perseguir os grandes artistas.

4 de julho de 2009 10:21  
Anonymous Anônimo said...

ADOREI O "ENCALHE NA AREIA". TÁ CHEIO DE ARTISTA AQUI. BENZADEUS.

4 de julho de 2009 12:24  
Anonymous Anônimo said...

Como este é o "mais concorrido" dos posts do momento vou anunciar:
Já tem na Livraria Cultura o disco "Depois do Fim" digitalizado em CD (aleluia!).
Não estão ligando o nome à pessoa: É O ÚNICO E ESPLENDOROSO DISCO DA BANDA "BACAMARTE" - DO ROCK PROGRESSIVO BRASIL - ONDE DESPONTOU PARA A FAMA NOSSA BELA VOZ JANE DUBOC. Definitivamente para alguma coisa 'tá servindo a "pirataria": não tão vendendo as porcarias, relançam as belezas que os fãs e colecionadores compram, ah compram!

4 de julho de 2009 12:28  
Anonymous Anônimo said...

Acabei de comprar - em pré-venda e ainda sem data de postagem. VALEU ANÔNIMO!

4 de julho de 2009 12:48  
Anonymous Euterpe said...

Pode ser que a ausência de cachê tenha afetado o habitual zelo artístico de Bethânia.

Aliás, Bethânia vem prometendo há tempos um show a preços populares. Será que vai esperar patrocinador ou será que seu decantado carinho pelo público será, ao menos uma vez, incentivo e remuneração suficientes?

4 de julho de 2009 20:25  
Anonymous Anônimo said...

ADOREI O "ENCALHE NA AREIA" (2).

4 de julho de 2009 21:12  
Anonymous Anônimo said...

Guto....Maior, 10 com louvor. Nada a acrescentar.

5 de julho de 2009 12:56  
Anonymous Anônimo said...

Um artista é um trabalhador como outro qualquer. Eu não trabalharia de graça - nem para a Igreja - e se fosse "obrigado" seria no mau-humor mesmo.
Mas caro Euterpe, Bethânia está acima disto tudo aí, inclusive de piadinhas e ironias toscas.
Abraços.

5 de julho de 2009 13:37  
Anonymous Anônimo said...

Que eu saiba Bethânia nunca foi "baba-ovo" de platéia - muito pelo contrário. Só faz aumentar sua competência.
PS: quem trabalha de graça é Deus - e olha que ainda tem dízimo.

5 de julho de 2009 13:44  
Anonymous Anônimo said...

Engraçado. O Rei Roberto, tão popular, tão "da massa" não faz 1 show cuja entrada custe menos de R$ 100,00. Por que a Rainha deveria ?
Tem muita coisa boa em lonas acústicas por aí. Muita coisa boa mesmo. Mas não esperem Bethânia em uma delas. Não é sua praia nem sua montanha. Quem pode, pode; quem não pode se sacode.

5 de julho de 2009 22:27  

Postar um comentário

<< Home