23 de março de 2009

Roberto festeja 50 anos de carreira com shows

Roberto Carlos anunciou em entrevista coletiva concedida em São Paulo (SP) nesta segunda-feira, 23 de março de 2009, o ciclo de eventos que celebra seus 50 anos de carreira ao longo deste ano. A série do projeto ItaúBrasil tem início em 19 de abril, aniversário do cantor, com um show no Estádio Sumaré, em Cachoeiro de Itapemirim (ES), terra natal do Rei. A turnê comemorativa vai passar por 20 cidades brasileiras com escalas internacionais nos Estados Unidos (em Nova York, Miami, Las Vegas, São Francisco, Chicago, Washington, Boston, Orlando e em Los Angeles), México, Porto Rico, República Dominicana, Chile, Argentina e países afins.
Dentro da turnê nacional, um dos shows mais importantes foi agendado para 11 de julho, no estádio carioca do Maracanã. Estima-se que o espetáculo vai ser assistido por cerca de 60 mil pessoas. Contudo, os grandes momentos serão os shows especiais programados para São Paulo (SP). Em 26 de maio, Elas Cantam Roberto vai levar 14 cantoras ao palco do Theatro Municipal de São Paulo para reviver o cancioneiro do Rei. Especula-se que Gal Costa, Ivete Sangalo, Maria Bethânia e Marisa Monte estariam no elenco. Em 11 de agosto, será a vez de ídolos do pop nacional se juntarem no Ginásio Ibirapuera para cantar músicas do cantor no espetáculo intitulado Roberto Carlos Rock Symphony. Já em março de 2010 o Estádio do Pacaembu sediará o show Emoções Sertanejas, com duplas e cantores do gênero. Roberto Carlos vai participar de todos esses espetáculos. Que podem virar CD e DVD!!

Ainda dentro do ciclo de eventos do ItaúBrasil, a Expo RC 50 Anos vai exibir objetos e imagens do cantor para contar 50 anos de sua história profissional de forma interativa com o público. A curadoria da megaexposição - que vai ser inaugurada em janeiro de 2010, na OCA, do Parque Ibirapuera (SP) - é de Marcelo Dantas.

16 Comments:

Anonymous Janaína said...

nosso Rei merece tudo

24 de março de 2009 11:51  
Blogger André Luís said...

Hora de ganhar dinheiro com esta data comemorativa! Vamos chamar pra festa um bocado de artistas que estão na mídia (o que não significa Qualidade), fazer algo parecido com tributos (e vários! "Elas Cantam", "Rock Symphony", "Emoções Sertanejas"); além do velho Roberto e seu cancioneiro pomposo e popular. Pronto! Tá feito o "endeusamento" de um artista que ganhou muita fama (e dinheiro), além de status e respeito profissional, sem no entanto ter um repertório de tanta qualidade assim (repetitivo por vezes). Mas já que Rei é Rei... conservem seu trono e sua coroa.

24 de março de 2009 13:24  
Anonymous Anônimo said...

O André ta querendo ir pro calabouço.
Como disse a Janaína, ele merece!
O seu glorioso passado lhe absolve.

Jose Henrique

24 de março de 2009 14:23  
Anonymous Anônimo said...

Será que pelo menos agora ele inovará, pescando nesses 50 anos algumas de suas melhores canções em detrimento das Emoções e Calambeques?

24 de março de 2009 14:41  
Anonymous Anônimo said...

No " Elas cantam Roberto " especula-se também que Ana Carolina, Maria Rita e Claudia Leitte já estariam também no elenco.

24 de março de 2009 17:07  
Anonymous OLIVEIRA said...

Zé, é fato. Tenho tudo do "Rei" pós Jovem-Guarda (que acho chato mas respeito) até o que tem a música "Amiga" em dueto com a "Rainha". De "Caminhoneiro" para a frente nada se salva, mas o passado realmente absolve. Tento entender até hoje é o porquê de NUNCA MAIS ter gravado umazinha sequer que prestasse.
Abraços.

24 de março de 2009 19:29  
Blogger Marcio Xavier said...

Pô, Maurão!!! Não comentou o show do dia 19 de abril, data de seu aniversário, que vai abrir essa série de shows em Cachoeiro de Itapemirim,ES, cidade natal do Rei.

24 de março de 2009 21:43  
Anonymous Felipe dos Santos Souza said...

Rapaz... pelo anunciado, estes 50 anos de carreira do Robertão terão eventos interessantes. No mínimo.

Já disse que sou meio afastado da obra e da influência do "monarca" (e o Zé Henrique já até me mandou para o calabouço, eh, eh, eh), mas não há como alguém que conheça a fundo a mepebê ignorar sua importância.

24 de março de 2009 21:54  
Anonymous Anônimo said...

Emanuel Andrade disse..

Pera^we REi, faz algo parecido ao meno com auqle encointrao do Fábio Juniro. Por favor, sem Ivete, sem Marisa, Sem Cláudia Leite. Ora, se não chamar a Simone, Fafá, Rita Lee, Joyce, Marina, e as já findas com sua obra a culpoa é dos produtires maletas que rolam por aí. Caso contrário faz essa festa logo em cima de um trio.

25 de março de 2009 11:56  
Anonymous Anônimo said...

O disco com Caetano cantando Tom é um sopro de que é possível ter algo diferente. Mas, não adianta esperar muito. O cara é ele mesmo, copia ele mesmo, com acertos e erros (mais estes). Tem valor inegável, mas o trono há muito está vago.
Descobrimos que não precisamos de reis, mas de bons súditos. Rainha ´é a Deusa Música.
Sinceramente, não dá para esperar muita coisa.... Mas, não dá também para detonar antes. Mesmo que exista a sádica vontade.
Vamos aguardar. Quem sabe.........

Carioca da Piedade, do tempo em que o rei era um boneco, junto com tremendão, ternurinha e o mug

25 de março de 2009 16:24  
Anonymous Anônimo said...

O citado disco de diferente não tem nada de sopro, só de respiração ofegante. Caetano regravando (de novo) e Roberto seguindo a cartilha. Sem contar que a falta de coragem ou o respeito excessivo tornaram apenas burocráticas as releituras. Já vi dupla de barzinho de MPB fazer melhor. JURO!

25 de março de 2009 18:48  
Anonymous Anônimo said...

darei uma sugestao pro show ROBERTO E Elas:
MARIA BETHANIA
GAL COSTA
NANA CAYMMI
RITA LEE
SIMONE
ALCIONE
JANE DUBOC
ANGELA MARIA
ANGELA RO RO
MARISA MONTE
LEILA PINHEIRO
ELBA RAMALHO
WANDECA
FAFA DE BELEM

essas sim, com certeza farão um show antologico com o Rei

25 de março de 2009 22:26  
Blogger André Luís said...

Posso até ter ido para o calabouço, José Henrique, mas Rei que não sabe administrar o trono e deixa a coroa cair não é digno de tal posto. Prefiro vários "Príncipes e Princesas" atuando e inovando do que um Rei que vive de seu passado. Mas só pra registrar: eu respeito a obra de Roberto Carlos e sei de sua importância para a Música Brasileira. Só acho que essa de "Rei pra cá, Rei pra lá" há anos enche o saco... (rsrs)

26 de março de 2009 11:48  
Anonymous Fabiano Cavalcanti said...

Novos Tempos, Belos Dias!!!

Viva o Rei

Fabiano Cavalcanti
www.fabianocavalcanti.com.br

26 de março de 2009 13:14  
Anonymous Andre said...

Rei é rei e pronto!

É hora de comemorar, ele é o único artista brasileiro considerado megastar do país e quer queiram ou não, é o maior artista popular que temos! Gostem ou não, ao menos respeitem porque não é qualquer um que chega com esse status de ter um público altamente fiel e dedicado!

E, tem mais, ele fala do amor e todos nós precisamos disso sempre! Ele não induz a coisas negativas, mas sempre a elementos cristãos!

Pensem nisso, ao invés de criticar por uma suposta ausência de criatividade! Ele faz o bem e como sentimos falta de mais pessoas assim, num mundo tão deselegante!

26 de março de 2009 20:10  
Anonymous OLIVEIRA said...

Música é uma coisa, mensagens religiosas, posturas assim ou assadas, comentários, sorrisos, lágrimas ou "foras" são outras.
Não misturem alhos com bugalhos para defender a inegável crise eterna de criatividade musical de nosso "Rei" e de seu relógio musical que parou em 84 e não teve bateria nem pilhas trocadas.
Quem é fã de carteirinha, que a tudo perdoa, esqueça o que acaba de ler.

29 de março de 2009 09:54  

Postar um comentário

<< Home