20 de julho de 2008

NX Zero segue receita com razão e sem emoção

Resenha de CD
Título: Agora
Artista: NX Zero
Gravadora: Arsenal
/ Universal Music
Cotação: * *

Diz Dinho Ouro Preto no texto que escreveu para apresentar o terceiro álbum do NX Zero que todas as 15 músicas de Agora parecem hits. Não está errado. O grupo paulista segue à risca a receita do produtor Rick Bonadio. Até porque há muito em risco. Para o bem ou para o mal, o NX Zero é atualmente a banda mais popular entre a juventude que consome pop rock made in Brazil. Em 2007, o estouro da música Razões e Emoções ampliou e sedimentou a projeção que a banda começou a obter em 2006 com a edição de seu segundo álbum, que emplacou de cara o hit Além de mim. Agora não arrisca. Basta ouvir músicas como Cedo ou Tarde - já um sucesso radiofônico - e Daqui pra Frente para constatar a padronização do pop rock do NX Zero. Entre hardcore quase deslocado (Segunda Chance) e balada melosa (Cartas pra Você), Agora abre espaço para a voz do rapper Túlio Dek, co-autor e convidado das faixas Bem ou Mal e Além das Palavras. Dek - em evidência por conta da inclusão de sua música Tudo Passa na trilha sonora da novela A Favorita - também joga no time de Bonadio, que assina a produção do terceiro álbum do NX Zero ao lado de Rodrigo Castanho. Encerrada a audição do álbum, que fecha com cover burocrático de Apenas Mais uma de Amor, uma das mais belas canções de Lulu Santos, paira no ar a sensação de que houve muita razão na confecção de Agora. A emoção, se existe, parece calculada para preservar a popularidade da banda...

7 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Mauro, como você mesmo repete em vários textos, o tempo não espera por ninguém e não vai esperar por vocÊ. Acorda, o som do nxzero é o som de hoje,o que se quer ouvir, cuidado pra não perder o bonde..

20 de julho de 2008 14:21  
Anonymous Anônimo said...

Vai chegar o dia em que as pessoas terão vergonha de não ter o gosto musical medíocre.

PS: Por mim esse bonde fura os quatro pneus, como diria Noel Rosa.

Jose Henrique

20 de julho de 2008 18:12  
Anonymous Anônimo said...

NX Zero passará, graças à Deus. É difícil encarar esse pop disfarçado de hardcore. As apresentações ao vivo então? nossa, eles são todos péssimos músicos. O vocalista? Encontram-se melhores em cada esquina desse país.

21 de julho de 2008 04:33  
Blogger Daniel The scientist Untitled said...

achei a analise do mauro superficial, ele nao ressaltou que houve uma melhoria nos arranjos das musicas que agora passaram a ulilizar instrumentos como violino, violoncello, piano, dando uma sofisticada no som

21 de julho de 2008 22:50  
Anonymous Anônimo said...

Ai eu acho muito superficial,pois a banda nx tentou mudar o som mas eu acho que mesmo eles mudando os sons das música eles continuam estourando em todos os lugares que passam!!!
nx zero é demais

22 de julho de 2008 15:50  
Anonymous Anônimo said...

É dificil pra quem gosta da banda ver todas essas críticas e ter que ficar calada, porque apesar de tudo, a maioria das coisas que o carinha aí disse é verdade.

23 de julho de 2008 19:20  
Anonymous Anônimo said...

Aline
Ola gostaria de saber quem escreveu a musica - cartas pra você?
bjs e obrigada

7 de agosto de 2008 19:33  

Postar um comentário

<< Home