15 de abril de 2008

O barulhinho da irmã de Marisa é quase bom...

Resenha de CD
Título: Irreversíveis
Artista: Irreversíveis
Gravadora: Som Livre
Cotação: * * 1/2

Irreversíveis é uma dupla de tecnopop formada pelo cantor e guitarrista Leo Benitez com Carol Monte. A irmã de Marisa Monte não canta, mas pilota teclados e samplers, criando suaves climas eletrônicos para as composições da dupla. Há faixas em que as doses de eletrônica são um pouco mais altas - especialmente em Lo-Fi e na releitura moderninha de Wave, de Tom Jobim (1927 - 1994). Wave é faixa estranha no ninho essencialmente autoral do duo. Mas a questão é que o barulhinho da irmã de Marisa não chega a ser realmente bom. O que impede a real bonança é a qualidade irregular do repertório da dupla, que transita entre o pop e o rock. Das nove faixas autorais, Boa Sorte, Os Dois Irreversíveis e Musa Clássica merecem menção honrosa. No todo, o álbum Irreversíveis não chega, de fato, a se impor na atual cena musical. Mas não é ruim...

8 Comments:

Anonymous Anônimo said...

não perdeu a chance do trocadilho, né, mauro?

15 de abril de 2008 11:40  
Anonymous Anônimo said...

em falar em Marisa, o blog dela www.marisadeverdade.com.br publicou as primeiras imagens do dvd novo dela.

15 de abril de 2008 13:26  
Blogger Unknown said...

Eu achei bem melhor do que esperado. Por isso que gosto dos críticos, nos deixam sempre com pouco expectativa :)

15 de abril de 2008 14:33  
Blogger Unknown said...

Ei Mauro, tudo bem? A Olivia Byington está com nova temporada na Sala Baden Powell, que começa no próximo finde (18/04). Se puder, dê uma nota aí pra gente!

Beijão.
Mariana

15 de abril de 2008 14:50  
Anonymous Anônimo said...

Carol MONTE não é IRMÃ 'legitima' de MARISA.
na verdade, ela nem nunca MOROU com MARISA!

é filha de CARLOS MONTE com outra esposa [ nao SYLVIA DE AZEVEDO MONTE, mãe de MARISA, e primeira ESPOSA DE CARLOS ].

Carol Monte deve ser uns 15 anos mais nova que MARISA.

Marisa nem a vê, pra ser sincero.


Magno Cerqueira - Santa Teresa - RJ

16 de abril de 2008 14:12  
Anonymous Anônimo said...

Como assim não é filha legítima????

Se é filha do mesmo pai é irmã sim uai.

Ou não é??

18 de abril de 2008 12:58  
Anonymous Anônimo said...

kkkk. e que importância tem isso pra carreira musical de ambas?
afinal, é isso que o blog do mauro discute, não é?
o fuxico fica hospedado em outro canto...

27 de abril de 2008 15:46  
Blogger Bernardo Alonso said...

Na verdade a sua crítica foi bem caridosa. O disco é ruim mesmo, as letras constrangem e a produção é um horror. Mal gosto até o caroço.

17 de maio de 2008 16:13  

Postar um comentário

<< Home