1 de outubro de 2007

Kingston estréia sustentado por 'Beautiful Girls'

Resenha de CD
Título: Sean Kingston
Artista: Sean Kingston
Gravadora: Sony BMG
Cotação: * * 1/2

Se alguém começar a audição do álbum de estréia de Sean Kingston pela sexta faixa, Dry your Eyes, terá a impressão de ouvir um típico e banal CD de rap americano. Pista falsa. Poucas vezes o rap soou tão pop como na voz bem modulada deste jovem astro de 17 anos que combina o universo do hip hop com o doo wop dos anos 50 e com reggae. Take You There é exemplo da habilidade pop do artista. Outro é Me Love, faixa inspirada em D'yer Mak'er, tema do repertório do extinto grupo Led Zeppelin. Mas nada supera Beautiful Girls, que é daquele tipo de música que roça o pop perfeito e seduz o ouvinte. É graças a Beautiful Girls que Kingston chega com força ao mundo do disco. Mas força que se sustenta num hit. E Sean Kingston, o CD, deixa no ar a sensação de que o rapaz terá vida curta no rap...

2 Comments:

Anonymous Anônimo said...

o texto deixa no ar a sensação de que o crítico implica com o rap. porque se for típico é banal?

1 de outubro de 2007 16:30  
Anonymous Anônimo said...

Realmente Beautiful Girls é um som bacana, independente de ser comercial, tocar exaustivamente... é uma musica que naum passa despercebida...
Se ele for inteligente e saber domar a carreira, pode ter carreira longa siim...

Bruno.

2 de outubro de 2007 08:50  

Postar um comentário

<< Home