7 de agosto de 2010

Som Livre empobrece (boa) coleção de Nelson

Lançada em 2005, a coleção A Volta do Boêmio - que traz compilação da obra de Nelson Gonçalves (1919 - 1998) - está sendo reeditada pela Som Livre neste segundo semestre de 2010. Desta vez, a coleção volta no formato de dois CDs duplos, vendidos de maneira avulsa. Só que a edição atual é mais pobre, pois suprime as letras das músicas e o texto crítico-biográfico que analisava o canto do intérprete de sucessos como Fica Comigo Esta Noite. Ainda assim, a coleção merece atenção de quem admira Nelson, mas não tem CDs do cantor. A Volta do Boêmio distribui 56 gravações do artista em quatro temas. O primeiro CD do volume 1 reapresenta duetos feitos por Nelson nos anos 80 com nomes como Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gal Costa, Chico Buarque e Zizi Possi. O segundo CD junta gravações que justificam a alcunha de boêmio que identifica o intérprete no cancioneiro nacional - casos de Mariposa, Meu Vício É Você e da música de Adelino Moreira que batiza a coleção. Já o primeiro CD do volume 2 prioriza tangos e boleros enquanto o segundo disco alinha registros de músicas de compositores como João Donato, Lobão, Rita Lee e Arnaldo Antunes para mostrar que Nelson pôs, à sua moda, o vozeirão (àquela altura já sem a potência de outrora) em músicas compostas fora de seu habitual universo folhetinesco.

3 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Lançada em 2005, a coleção A Volta do Boêmio - que traz compilação da obra de Nelson Gonçalves (1919 - 1998) - está sendo reeditada pela Som Livre neste segundo semestre de 2010. Desta vez, a coleção volta no formato de dois CDs duplos, vendidos de maneira avulsa. Só que a edição atual é mais pobre, pois suprime as letras das músicas e o texto crítico-biográfico que analisava o canto do intérprete de sucessos como Fica Comigo Esta Noite. Ainda assim, a coleção merece atenção de quem admira Nelso, mas não tem discos do cantor. A Volta do Boêmio distribui 56 gravações do artista em quatro temas. O primeiro CD do volume 1 reapresenta duetos feitos por Nelson nos anos 80 com nomes como Caetano Veloso, Maria Bethânia, Gal Costa, Chico Buarque e Zizi Possi. O segundo CD junta gravações que justificam a alcunha de boêmio que identifica o intérprete no cancioneiro nacional - casos de Mariposa, Meu Vício É Você e da música de Adelino Moreira que batiza a coleção. Já o primeiro CD do volume 2 prioriza tangos e boleros enquanto o segundo disco alinha registros de músicas de compositores como João Donato, Lobão, Rita Lee e Arnaldo Antunes para mostrar que Nelson pôs, à sua moda, o vozeirão (àquela altura já sem a potência de outrora) em músicas compostas fora de seu habitual universo folhetinesco.

7 de agosto de 2010 10:41  
Anonymous Anônimo said...

O timbre viril era gigante e só via rivais em Jamelão e Roberto Ribeiro.

7 de agosto de 2010 11:37  
Anonymous Anônimo said...

Mauro, depois do trecho ...quem admira, mas não tem discos do cantor - ao invés de vc colocar Nélson, vc colocou Nelso, sem o N final.

8 de agosto de 2010 16:28  

Postar um comentário

<< Home