13 de agosto de 2010

George Michael vai reeditar 'Faith' em setembro

Um dos melhores e mais bem-sucedidos discos do universo pop, Faith - primeiro álbum individual de George Michael, lançado com toda a pompa em outubro de 1987 - vai ganhar uma edição de colecionador, nas lojas a partir de 27 de setembro de 2010. Com mais de 20 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Faith volta às lojas em edição remasterizada e em box de tiragem limitada e numerada. O disco rendeu hits como I Want your Sex, Kissing a Fool e One More Try. A reedição vai ter contéudo extra.

13 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Um dos melhores e mais bem-sucedidos discos do universo pop, Faith - primeiro álbum individual de George Michael, lançado com toda a pompa em outubro de 1987 - vai ganhar uma edição de colecionador, nas lojas a partir de 27 de setembro de 2010. Com mais de 20 milhões de cópias vendidas em todo o mundo, Faith volta às lojas em edição remasterizada e em box de tiragem limitada e numerada. O disco rendeu hits como I Want your Sex, Kissing a Fool e One More Try. A reedição vai ter contéudo extra.

13 de agosto de 2010 10:35  
Blogger Sandro CS said...

"Faith" merece todos os louros que sempre recebeu. É a excelência do pop, um trabalho minucioso do George Michael, que tocou praticamente todos os instrumentos do disco, produziu cada faixa e é o compositor também de quase tudo.
Temas ousados, letras complexas. Foi um dos meus primeiros CDs e, claro, vou comprar essa versão de colecionador. É um disco eterno!

13 de agosto de 2010 10:38  
Anonymous Anônimo said...

Fala-se das polêmicas,da sensualidade e dos escandalos mas não esquecem da grande voz que ele sempre teve!

13 de agosto de 2010 14:45  
Anonymous Sofia Barreto said...

Isso é verdade 14:45. Somos aqui em casa alucinados por Elton John mas a verdade é que quando ele entra em ' Don't Let The Sun Go Down On Me' é tarde demais.George já a tomou para si com seu fraseado e sua voz.









Sofia Barreto
Guapimirim/RJ

13 de agosto de 2010 18:03  
Anonymous Walter Wood said...

Oba, até que enfim!!
Esse é clássico!!

13 de agosto de 2010 18:46  
Blogger Cris Carriconde said...

Tenho e quero! :)

14 de agosto de 2010 05:29  
Anonymous Anônimo said...

" I Want your Sex " causou tanto na época que em alguns países a faixa foi alterada e virou " I Want your Love "!!!

14 de agosto de 2010 08:47  
Blogger Cris Carriconde said...

Inesquecível o show que ele fez aqui no Rock In Rio 2.

14 de agosto de 2010 21:44  
Anonymous Anônimo said...

Adoro George Micchael, e acho que, de certa forma, os escândalos são uma prova do quanto o cara é realmente artista, não apenas uma estampa bonita pronta para fazer as menininhas berrarem.

16 de agosto de 2010 09:28  
Anonymous Anônimo said...

Assim como Lady Gaga e Barbra,George não merecia virar ícone gay.Fui falar que gosto dele e já me etiqueram como gay.

16 de agosto de 2010 12:52  
Anonymous Anônimo said...

Anônimo das 09:28,acho que você quis dizer; " menininhos berrarem " né?

Brincadeiras á parte, gosto muito do G.M e na minha adolescência dei meus "berrinhos" por ele. hehehehe.

16 de agosto de 2010 13:17  
Anonymous Anônimo said...

Acho legal o artista, como Ro Ro e G.M. se assunirem como ícones Gay, é melhor do que passar a vida no ármário se escondendo e quando o mercado ou a sociedade permite dizer, como muitos: sou Gay desde que nasci, embora tenha filhos e netos...
não vou citar nomes em respirto à ética.
Somos espiritos imortais e até onde sei espirito não tem sexo, e opção muito menos...

18 de agosto de 2010 17:47  
Anonymous Anônimo said...

Eu entendi o 12:52 mas parece que o 17:47 não entendeu .

George e Barbra não merecia ficar restrito ao publico gay mas me parece também que ficaram!Isso somente!!






Sofia Barreto
Guapimirim/RJ

19 de agosto de 2010 08:43  

Postar um comentário

<< Home