26 de maio de 2010

Ao vivo, ciranda de Fênix vai de Vercillo a Bowie

Saiu da fábrica esta semana o terceiro CD de Fênix, Ciranda do Mundo, gravado ao vivo em 18 de novembro de 2008 em show na Sala Baden Powell (RJ). O disco está sendo distribuído pela gravadora Sala de Som Records. Para promover o lançamento, o cantor se apresentou no Centro Cultural Carioca (RJ) durante as terças-feiras deste mês de maio de 2010. No roteiro do show, Fênix - visto no post em fotos de Mauro Ferreira - foi de Jorge Vercillo (Fênix, parceria com Flávio Venturini) a Leonard Cohen (Hallelujah), passando por David Bowie (Space Oddity), por Lady Gaga (Paparazzi) e por músicas de autoria do cantor. Eis o roteiro seguido pelo artista na (boa) apresentação de 25 de maio de 2010:
1. Feira Moderna (Beto Guedes, Lô Borges e Fernando Brant)
2. Space Oddity (David Bowie)
3. Ciranda do Mundo (Edu Krieger)
4. A Foto onde Eu Quero Estar (Fênix)
5. Hallelujah (Leonardo Cohen)
6. Avohai (Zé Ramalho)
7.Carnavália (Marisa Monte, Carlinhos Brown e ArnaldoAntunes)
8. Essa Alegria (Lula Queiroga)
9. Um Segundo (Fênix)
10. Fênix (Jorge Vercillo e Flávio Venturini)
11. Marfim (Fênix e Carlos Henrique)
12. O Equilibrista e os Animais (Fênix)
13) Paparazzi (Lady Gaga)
14. Entrar na Dança (Fênix e Claudio Lins)
Bis:
15) Paparazzi (Lady Gaga)
16) Hoje Sou Mais Eu (Fênix)
17. Só Quero Amor (Fênix)

11 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Saiu da fábrica esta semana o terceiro CD de Fênix, Ciranda do Mundo, gravado ao vivo em 18 de novembro de 2008 em show na Sala Baden Powell (RJ). O disco está sendo distribuído pela gravadora Sala de Som Records. Para promover o lançamento, o cantor se apresentou no Centro Cultural Carioca (RJ) durante as terças-feiras deste mês de maio de 2010. No roteiro do show, Fênix - visto no post em fotos de Mauro Ferreira - foi de Jorge Vercillo (Fênix, parceria com Flávio Venturni) a Leonard Cohen (Hallelujah), passando por David Bowie (Space Oddity) e Lady Gaga (Paparazzi) e por músicas de autoria do cantor. Eis o roteiro seguido pelo artista na (boa) apresentação de 25 de maio de 2010:
1. Feira Moderna (Beto Guedes, Lô Borges e Fernando Brant)
2. Space Oddity (David Bowie)
3. Ciranda do Mundo (Edu Krieger)
4. A Foto onde Eu Quero Estar (Fênix)
5. Hallelujah (Leonardo Cohen)
6. Avohai (Zé Ramalho)
7.Carnavália (Marisa Monte, Carlinhos Brown e ArnaldoAntunes)
8. Essa Alegria (Lula Queiroga)
9. Um Segundo (Fênix)
10. Fênix (Jorge Vercillo e Flávio Venturini)
11. Marfim (Fênix e Carlos Henrique)
12. O Equilibrista e os Animais (Fênix)
13) Paparazzi (Lady Gaga)
14. Entrar na Dança (Fênix e Claudio Lins)
Bis:
15) Paparazzi (Lady Gaga)
16) Hoje Sou Mais Eu (Fênix)
17. Só Quero Amor (Fênix)

26 de maio de 2010 16:16  
Anonymous Thiago said...

E esse chapeu do Ney Matogrosso?

26 de maio de 2010 19:39  
Anonymous Anônimo said...

Esse eu vi ao vivo. Torço que a participaçao do Zé Ramalho esteja no cd, pois foi show de bola.

Fênix merece espaço. Até porque no palco o cara tem estilo.


Carioca da Piedade

26 de maio de 2010 21:06  
Anonymous Anônimo said...

É uma mistura de Edson Cordeiro com Ney Matogrosso. Fico com os originais!

26 de maio de 2010 22:17  
Anonymous Anônimo said...

Então de repente virou " boa " apresentação né Mauro ? Pois na resenha da gravação do dvd dele você disse jocosamente que a ciranda era irregular!








Sofia Barreto
Guapimirim/RJ

27 de maio de 2010 14:40  
Anonymous fILHO said...

NADA CONTRA O MOÇO NEM CONTRA VOCÊ MAURO, MAS PEGOU MUITO MAL VOCÊ RESENHAR COBRAS E LAGARTOS SOBRE O SHOW DELE EM 2008,DEPOIS TOPAR FAZER RELEASE DO CD E AGORA ASSUMIR UMA POSTURA "CHAPA BRANCA" QUANDO SE REFERE AO MOÇO NO SEU BLOG.IMPRENSÃO MINHA OU ESTIVESTE NO SHOW DELE NO CCC(!) E PREFERISTE NÃO FAZER,COMO FAZES DE PRAXE,UMA RESENHA DETALHADA COM COTAÇÃO E INDICAÇÕES? SE ARGUMENTARÁ QUE É O MESMO SHOW QUE ASSISTISTE EM 2008 ELE. O SHOW, NÃO PODE SER BOM POIS COMO DITO PELA LEITORA SOFIA BARRETO CRITISCASTE MUITO O SHOW NA OCASIÃO.

PS:A MENOS QUE PREFIRAS RESENHAR O CD.

27 de maio de 2010 18:38  
Anonymous Py said...

Desconheço as músicas de autoria do cantor.O visual é déjà vu,já o mix de temas alheios é pernóstico.E,ao meu gosto,indigesta!

27 de maio de 2010 18:43  
Anonymous Anônimo said...

Voz única.Pena mesmo o 'mise-en-scène'...

27 de maio de 2010 20:25  
Anonymous Anônimo said...

De Leonardo Cohen a Lady Gaga.Do sagrado ao profano.

28 de maio de 2010 14:35  
Anonymous Anônimo said...

Esse moço tem uma excelente voz e muito talento. Pena que se preocupe tanto com os excessos visuais e ainda a falta de coerência do repertório. Penso que o caminho que o também andrógino cantor mexicano Juan Són vem trilhando seria algo mais próximo à voz dele na cultura brasileira.

28 de maio de 2010 17:19  
Anonymous sandro trovo said...

Conheço Fênix desde o lançamento do seu primeiro cd, e sempre o achei talentoso. Sua voz, e suas interpretações personalíssimas, já fazem a diferença. Portanto, não entendo porque ele insiste nessa parafernália visual, completamente old-fashionable e fora de propósito. Ele JÁ É o espetáculo, não precisa de figurinos excêntricos, perucas, ou adereços! Além de visualmente indigesta, essa imagem desvia a atenção do espectador, que passa a vê-lo como um blefe, uma alegoria em pessoa. Ele esteve brilhante no SOM BRASIL do Ari Barroso, mas pra que se fantasiar de Gengis Khan? Ele não tem nenhuma assessoria de imagem? Um personal stylist? Já passou da hora dele rever seus conceitos, já que sua IMAGEM de artista projeta algo aquém do seu brilho e de sua competência vocal!

27 de junho de 2010 04:03  

Postar um comentário

<< Home