14 de abril de 2010

Dominguinhos no retrato de Menotti & Fabiano

Nas lojas via Universal Music a partir de 27 de junho de 2010, o quinto álbum da dupla César Menotti & Fabiano, Retrato - Ao Vivo no Estúdio, conta com adesão de Dominguinhos na faixa Kid Lampião. Puxado pelo single Labirinto, o disco inclui entre suas 16 músicas a regravação da bela Esperando Aviões, uma das mais tristes canções de Vander Lee, conterrâneo da dupla criada em Minas Gerais. Retrato foi gravado ao vivo - com a presença de 40 fãs de Menotti & Fabiano - nos estúdios dos grupos Jota Quest (Minério de Ferro, BH) e Skank (Máquina, BH). Imigrante, O Vento, Admita e Deixa o Sol Entrar são faixas do CD.

8 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Nas lojas via Universal Music a partir de 27 de junho de 2010, o quinto álbum da dupla César Menotti & Fabiano, Retrato - Ao Vivo no Estúdio, conta com adesão de Dominguinhos na faixa Kid Lampião. Puxado pelo single Labirinto, o disco inclui entre suas 16 músicas a regravação da bela Esperando Aviões, uma das mais tristes canções de Vander Lee, conterrâneo da dupla mineira. Aliás, Retrato foi gravado ao vivo - com a presença de cerca de 40 fãs de Menotti & Fabiano - nos estúdios dos grupos Jota Quest (Minério de Ferro) e Skank (Máquina). Imigrante, O Vento, Admita e Deixa o Sol Entrar são faixas do CD.

14 de abril de 2010 10:34  
Anonymous Anônimo said...

Uns fofos eles!

14 de abril de 2010 10:48  
Anonymous Anônimo said...

Desculpe a sinceridade,mas sem Dominguinhos e Vander Lee,duvido muito que esse album teria destaque por aqui ...

14 de abril de 2010 11:04  
Anonymous Denilson Santos said...

Que bacana, Mauro.

Eu também acho "Esperando Aviões" uma música linda composta pelo Vander Lee. E triste também.

Só temo que a versão dessa dupla tenha ficado melosa demais, como é de praxe nas duplas "sertanejas".

abração,
Denilson

14 de abril de 2010 13:05  
Anonymous Anônimo said...

Tapete vermelho sempre pro Dominguinhos. Mas o que ele não merecer a cair no terreno desses caras que são insuportáveis. Uma música amarga, contagia a gente de angústia. Lamento que essas duplas que não tem definição musical invadam nossos ouvidos pela mídia.

15 de abril de 2010 22:27  
Anonymous Diogo ! said...

Gosto é Gosto mas justiça seja feita com a dupla!

O anterior album não tem nada de amargo. De tom festivo, já fazia link com a (dita) MPB - de DNA mineiro - pois " Minas Não Tem Mar " e " Natural " estão no album. O album também trazia forró - com eles diluído,obviamente. A participação de Dominguinhos é bem vinda e sem dúvida luxuosa!


Seu último grande hit," Ciumenta " tem (boa)levada - próxima ao som da Jovem Guarda - além da letra jocosa. Mas César Menotti & Fabiano firmam seus pés na tradição a ponto de já terem gravados classicos como " Telefone Mudo " e " As Andorinhas ".



Um abraço a todos!
Diogo Santos


PS:Se repetem formulas, criticam. Se fossem " MPBbistas " ganhariam a grife de " fieis a si mesmo ".Se flertam com outros estilos e artistas,os taxam de desesperados e sem definição.Dificil ...

15 de abril de 2010 23:21  
Anonymous Diogo ! said...

Mauro,se me permite.

Eles NÃO são mineiros. César é paulista de Itapira e Fabiano é paranaense. Você diz " Vander Lee, conterrâneo da dupla mineira " ...


Um abração!
Diogo Santos

15 de abril de 2010 23:32  
Anonymous Anônimo said...

são ou não mineiros Diogo ?

16 de abril de 2010 08:12  

Postar um comentário

<< Home