6 de março de 2010

Uma compilação para descobrir Rogério Skylab

Compositor, músico e poeta que milita na cena carioca, Rogério Skylab construiu uma discografia à margem indie do mercado fonográfico, criando álbuns pontuados por humor negro - às vezes, escatológico - e atitude trash. Para quem não se intimida com a ideologia do artista, The Best of Rogério Skylab - inédita compilação produzida por Marcelo Fróes para seu selo Discobertas - é boa oportunidade de descobrir o som do autor e intérprete de Urubu, Matadouro das Almas e Bunda Suja. Três músicas que figuram entre os 20 fonogramas coletados por Froés entre os dez discos de carreira editados pelo artista. A seleção vai de 1999 - ano em que o músico editou o álbum Skylab I - até 2008 (caso da faixa Eu Tô Sempre Dopado, extraída do álbum Skylab VIII). O encarte reproduz as letras e fotos inéditas do ensaio feito para a coletânea. Faltou somente um texto que perfilasse com dados biográficos o artista underground, de trajetória tão singular como a sua música.

2 Comments:

Anonymous Marisa said...

a música é boa? isso é que conta pra mim

6 de março de 2010 12:15  
Blogger Alexandre said...

Mauro, o nome da música é Eu tô sempre DOPADO.

http://www.rogerioskylab.com.br/letras09.htm

Skylab VIII

19 de agosto de 2010 12:36  

Postar um comentário

<< Home