17 de dezembro de 2009

Ney regrava hit dos Secos & Molhados com Dan

Autor de Um Pouco de Calor, música incluída por Ney Matogrosso no show Inclassificáveis (e no disco de estúdio gravado com músicas do espetáculo), o compositor Dan Nakagawa conta com a participação do cantor no DVD que grava ao vivo nesta quinta-feira, 17 de dezembro de 2009, em apresentação no Studio SP, reduto pop da cena indie paulistana. Juntos, Dan e Ney vão cantar pelo menos duas músicas. Uma é Na Neblina do Samba. A outra é um hit do grupo Secos & Molhados. O roteiro mistura temas do primeiro CD de Dan - O Primeiro Círculo (2005) - com músicas do segundo, O Oposto de Dizer Adeus, cujo lançamento está previsto para março de 2010, juntamente com o DVD gravado hoje no segundo encontro de Dan e Ney no palco (o primeiro aconteceu em 28 de abril de 2009, num show no Teatro Oficina).

4 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Autor de Um Pouco de Calor, música incluída por Ney Matogrosso no show Inclassificáveis (e no disco de estúdio gravado com músicas do espetáculo), o compositor Dan Nakagawa conta com a participação do cantor no DVD que grava ao vivo nesta quinta-feira, 17 de dezembro de 2009, em apresentação no Studio SP, reduto pop da cena indie paulistana. Juntos, Dan e Ney vão cantar pelo menos duas músicas. Uma é Na Neblina do Samba. A outra é um hit do grupo Secos & Molhados. O roteiro mistura temas do primeiro CD de Dan - O Primeiro Círculo (2005) - com músicas do segundo, O Oposto de Dizer Adeus, cujo lançamento está previsto para março de 2010, juntamente com o DVD gravado hoje no segundo encontro de Dan e Ney no palco (o primeiro aconteceu em 28 de abril de 2009, num show no Teatro Oficina).

17 de dezembro de 2009 10:10  
Anonymous Denilson said...

Mauro,

Você não sabe informar qual é a música dos Secos e Molhados que eles irão interpretar?

abração,
Denilson

17 de dezembro de 2009 16:52  
Anonymous Anônimo said...

O Ney foca bons novos compositores no Inclassificáveis. Mas quando a gente vai ver o disco de alguns novos gravados por ele, é uma grande decepção. O disco do Dan é muito ruim. Que pena!

17 de dezembro de 2009 23:07  
Anonymous Pedro said...

O primeiro encontro de Dan e Ney no Oficina eu assisti e foi denso e impactante: a química entre os dois músicos em cena impressionou, eles saíram pelo meio da plateia, juntando-se ao público e, sem cerimônia, distribuíram beijos e abraços, um barato. Ney entrou ao som de "Sangue Latino", numa interpretação bem mais roqueira que as anteriores, mas não sei dizer se foi essa a canção escolhida dos "Secos" p/ entrar no DVD.
Abs!

18 de dezembro de 2009 03:33  

Postar um comentário

<< Home