15 de outubro de 2009

Versolato assina a direção de arte do CD de Ney

Habituado a assinar os figurinos usados por Ney Matogrosso em seus shows, o estilista Ocimar Versolato responde pela direção de arte do (belo) 29º álbum solo do intérprete, Beijo Bandido, lançado esta semana pela EMI Music. A inspirada capa do CD (foto acima) já anuncia o apuro do projeto visual. A arte valoriza o registro de estúdio do show que estreou em dezembro de 2008, em Santos (SP), e que volta ao cartaz em São Paulo (SP) a partir de 13 de novembro de 2009 - em minitemporada de apenas três dias.

7 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Habituado a assinar os figurinos usados por Ney Matogrosso em seus shows, o estilista Ocimar Versolato responde pela direção de arte do (belo) 29º álbum solo do intérprete, Beijo Bandido, lançado esta semana pela EMI Music. A inspirada capa do CD (foto acima) já anuncia o apuro do projeto visual. A arte valoriza o registro de estúdio do show que estreou em dezembro de 2008, em Santos (SP), e que volta ao cartaz em São Paulo (SP) a partir de 13 de novembro de 2009 - em minitemporada de apenas três dias.

15 de outubro de 2009 08:03  
Anonymous Anônimo said...

Ótima notícia! Este quero comprar ainda hoje.

15 de outubro de 2009 10:10  
Anonymous afonso said...

Deslumbrante capa! Um mix inspiradíssimo do mistério dos amantes de Magritte c/ a sensualidade perversa das imagens de Richard de Chazal.
Ney sempre surpreendente, abusado, provocativo.
O mago Versolato acertou em cheio nessa sua nova atividade, ao que tudo indica o projeto gráfico deve estar belíssimo.
Ney brilha em todos os sentidos, da musicalidade ao capricho visual de seus trabalhos.

15 de outubro de 2009 15:44  
Anonymous RAQUEL said...

... e eu que pensei que tão cedo não apareceria uma capa tão bonita como a de "Inclassificáveis"... O mesmo e maravilhoso Ney reaparece com essa capa linda, puro charme. Acabei de ler a matéria do JT, e o repórter comenta que a capa é de um luxo incomum nesses tempos de crise, que Ney não economiza, e que faz um trabalho p/ o ouvinte se orgulhar de ter.
Realmente, os cds de Ney são verdadeiras obras de arte. O crítico disse que, embora o repertório seja de mbp, "Beijo Bandido" é moderno, ousado e nem um pouco careta. A minha ansiedade pra ouvir é muita, não vejo a hora!!!

15 de outubro de 2009 16:47  
Anonymous Anônimo said...

Essa capa é linda. mas não gosto nem um pouco da do inclassificaveis.
Estou com vontade de ouvir este nvo trabalho do Ney.

16 de outubro de 2009 12:16  
Anonymous Edu said...

A capa de INCLASSIFICÁVEIS tem um dos trabalhos gráficos mais lindos que eu já vi nesta área. Perfeita nas fotos, na tipologia, enfim em toda a direção de arte. Pelo que eu li nos últimos dias, essa de BEIJO BANDIDO não fica nada a dever.
Requinte é a marca de Ney, da música ao visual dos shows e discos. Pena que requinte é para poucos.

16 de outubro de 2009 18:53  
Anonymous Anônimo said...

Que capa linda!

16 de outubro de 2009 19:38  

Postar um comentário

<< Home