12 de setembro de 2009

Roque Ferreira domina 'Encanteria' de Bethânia

O compositor baiano Roque Ferreira predomina no repertório de Encanteria, o disco idealizado por Maria Bethânia para louvar a fé e a festa da fé. Roque assina nada menos do que quatro das 12 músicas distribuídas em 11 faixas. Duas, Santa Bárbara e Feita na Bahia, já vinham sendo mostradas por Bethânia em shows desde setembro de 2008. As outras duas músicas de Roque são Coroa do Mar e Minha Rede. Detalhe: o compositor também assina três músicas no outro CD (Tua) que Bethânia está lançando neste mês de setembro de 2009 (embora programados para chegar às lojas somente em 5 de outubro, os dois discos já vão estar disponíveis no site Sonoras, do portal Terra, a partir de terça-feira, 15 de setembro). Eis as músicas e autores do devoto disco Encanteria:
1. Santa Bárbara (Roque Ferreira)
2. Feita na Bahia (Roque Ferreira)
3. Coroa do Mar (Roque Ferreira)
4. Encanteria (Paulo César Pinheiro)
5. Saudade Dela (Roberto Mendes e Nizaldo Costa)
- com Caetano Veloso e Gilberto Gil
6. Linha do Caboclo (Paulo César Pinheiro e Pedro Amorim)
7. Estrela (Vander Lee)
8. Minha Rede (Roque Ferreira)
9. Doce Viola (Jaime Alem)
10. Ê Senhora (Vanessa da Mata)
/ Batatinha Roxa (D.P.) (Adaptação de Roberto Mendes)
11. Sete Trovas (Consuelo de Paula/Etel Frota/Rubens Nogueira)

54 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

O compositor baiano Roque Ferreira predomina no repertório de Encanteria, o disco idealizado por Maria Bethânia para louvar a fé e a festa da fé. Roque assina nada menos do que quatro das 12 músicas distribuídas em 11 faixas. Duas, Santa Bárbara e Feita na Bahia, já vinham sendo mostradas por Bethânia em shows desde setembro de 2008. As outras duas músicas de Roque são Coroa do Mar e Minha Rede. Detalhe: o compositor também assina três músicas no outro CD (Tua) que Bethânia está lançando neste mês de setembro de 2009 (embora programados para chegar às lojas somente em 5 de outubro, os dois discos já vão estar disponíveis no site Sonoras, do portal Terra, a partir de terça-feira, 15 de setembro). Eis as músicas e autores do devoto disco Encanteria:

1. Santa Bárbara (Roque Ferreira)
2. Feita na Bahia (Roque Ferreira)
3. Coroa do Mar (Roque Ferreira)
4. Encanteria (Paulo César Pinheiro)
5. Saudade Dela (Roberto Mendes e Nizaldo Costa)
- com Caetano Veloso e Gilberto Gil
6. Linha do Caboclo (Paulo César Pinheiro e Pedro Amorim)
7. Estrela (Vander Lee)
8. Minha Rede (Roque Ferreira)
9. Doce Viola (Jaime Alem)
10. Ê Senhora (Vanessa da Mata)
/ Batatinha Roxa (D.P.) (Adaptação de Roberto Mendes)
11. Sete Trovas (Consuelo de Paula/Etel Frota/Rubens Nogueira)

12 de setembro de 2009 11:36  
Anonymous Anônimo said...

Batatinha Roxa? Que fofo!

12 de setembro de 2009 11:37  
Anonymous Anônimo said...

Bethânia gravando Vander Lee, eis aí uma grande novidade.

12 de setembro de 2009 12:04  
Anonymous Anônimo said...

" O compositor baiano Roque Ferreira predomina no repertório " ou seja ... Bethânia furou a fila de Mariene e Roberta Sá

12 de setembro de 2009 12:06  
Anonymous Anônimo said...

Essas fotos já são das capas dos cds ??? Se for, a capa do encanteria ficou estranha na minha opinião, já que os trabalhos recentes iveram capas lindas.
Edu - abc

12 de setembro de 2009 12:34  
Anonymous Anônimo said...

Essa mulher é fogo!
Essa mulher é mar!
Essa mulher e terra!
Essa Mulher é ar!
Fogo que queima a alma.
Mar que refresca o corpo sagrado.
Terra para ficar de pé e seguro.
Ar para me manter vivo longe do escuro.
Bethânia, as forças da natureza.
Seu canto é punhal que perfura.
Seu canto nos cura.
Bethânia, as forças celestiais.
Bethânia, vc mostra a força dos nossos ancestrais.

Bom fim de semana a todos os leitores deste blog maravilhoso.
Amo BetHânia - SP

12 de setembro de 2009 13:20  
Anonymous Anônimo said...

A capa do encanteira é quase a mesma de uma "best of" de Bethania. Realmente parece ser a até a mesma foto.
A do "tua" quase o mesmo do mar de sophia, somente que pior, dada a saturação da foto. Eu sei, vou esperar pra ouvir, mas fica complicado não dizer o que se pensa.
Realmente, não entendi o porque dessas capas, a biscoito tem pisado na bola neste quesito.Porém, achei que Bethania teria feito melhor.

12 de setembro de 2009 13:33  
Blogger contatos imediatos said...

Que ansiedade, meu Deus...

Arrepiei quando vi uma música de Vander Lee no repertório, só aumentou minha curiosidade!

Bethânia está insuperável!
Jr.

12 de setembro de 2009 13:41  
Anonymous Sérgio said...

Amei essa capa... uma coisa meio bruta, meio crua. Um disco sobre fé com uma capa dessas, dando close em rugas, cabelos brancos e na pele maltratada é genial... é como se ela dissesse que isso tudo é mesquinho.. vai tudo pra baixo da terra no final viraremos pó.. o que importa é a fé na vida eterna.. quase que um contraponto à capa do TUA, em que ela está lindissima e toda maquiada como se estivesse esperando seu grande amor chegar pra se entregar...

Bethânia é genial!

12 de setembro de 2009 13:44  
Anonymous Andre said...

Nossa, se for essa a capa do Encanteria está horrível, comparada aos trabalhos gráficos anteriores é uma queda imensa...

12 de setembro de 2009 13:51  
Anonymous Anônimo said...

Legal saber que Bethania gravou música da Consuelo de Paula!

12 de setembro de 2009 14:08  
Anonymous Anônimo said...

Adorei as capas dos cds. Fotos em preto e branco tem um charme especial. Destaque para os olhos dela em ambas.Como tudo em Bethania obedece a um conceito bastante pessoal, acredito que a intenção seja parecida com a do cd CICLO.Bom,seja o que for ,achei de bom gosto as duas.E o repertório
promete.Gravar o Roque,o que faz há tempos,é sempre bem vindo.Ele tem coisas lindas.Como todo grande artista,ela faz da sua aldeia o mundo todo.Legal o poema num comentário acima.Como ela sempre trouxe todas as artes pro palco,é a
única que suscita essa busca.Ainda que seja apenas uma frase decorada do Pessoa ou a orelha de uma obra da Clarice o que fica pra alguns,Já há um ganho imenso.Os fans dela,supõe-se,têm um nível cultural acima da média porque a própria cantora oferece isso.Ela se cerca de gente que tem a ver e seu universo se mantém rico.
É só estar com olhos e ouvidos atentos.Não é à toa que ela é forte referência até para quem não gosta dela,o que só confirma sua
importância.Salve Rainha!

12 de setembro de 2009 15:16  
Anonymous Anônimo said...

Excesso de Roque Ferreira e uma radicalizada nos compositores baianos... parece q MB dessa vez não priorizou a diversidade que havia em Pirata. Que bom haver mais uma do Pedro Amorim! De novidades benvindas apenas Consuelo de Paula e Vander Lee

12 de setembro de 2009 16:00  
Anonymous Anônimo said...

Gostei muito capa. Simples, forte.

12 de setembro de 2009 16:18  
Anonymous Rafa said...

Muita ansiedade pra ter esses discos em mãos, as capas estão super caprichadas.

12 de setembro de 2009 16:20  
Blogger Bruno Cavalcanti said...

Grande Bethânia!


Mauro, o músico Ramiro Mussoto infelizmente partiu na noite de ontem (11 de setembro). Será que ele n merecia um post por aqui?!

abraços.

BC.

12 de setembro de 2009 19:01  
Blogger Vitor said...

Adorei a capa, quem nao gostou é pq provavelmente nao entendeu o conceito realmente

12 de setembro de 2009 19:06  
Anonymous Anônimo said...

Já estão em pré-venda na Livraria Cultura. Ah, e apesar de não comprar "embalagem" e sim conteúdo, ACHEI AS CAPAS MUITO BONITAS, UM RETORNO AOS "CLOSES" DE BETHÂNIA. E EM PRETO E BRANCO PARA PASSAR UMA MENSAGEM DE "ENVELHEÇO COM CLASSE E MANTENHO MINHA ESSÊNCIA".

VIVA A ABELHA!

12 de setembro de 2009 20:32  
Anonymous Anônimo said...

Vander Lee e Consuelo de Paula.

Que lindo!!!

Já pagaram o CD!

13 de setembro de 2009 00:07  
Anonymous Laura said...

Capa linda!!! Maria Bethânia olhando pro futuro, pro horizonte, amei essa foto!! Bethânia você é maravilhosa, certezamente estarei no seu show em outubro na primeira fila, pois voc~e merece, Diva eterna, beijoss

13 de setembro de 2009 02:08  
Anonymous Anônimo said...

" Adorei a capa, quem nao gostou é pq provavelmente nao entendeu o conceito realmente"

Se você acha isso mesmo não irei contestar. Mas a minha espectativa parece ser maior do que o resultado das duas capas.Que achei banal.Não direi feias, somente banal.Esperava mais.

13 de setembro de 2009 07:10  
Anonymous Anônimo said...

Esse disco deve ser chato pra caramba! Eu pelo menos não aguento essas músicas cabeças religiosas de Dona Bethânia. Fico só com o TUA.

13 de setembro de 2009 08:49  
Anonymous Denilson said...

"Legal saber que Bethania gravou música da Consuelo de Paula!"

Aliás, composta em parceria com a grande poetisa curitibana Etel Frota!!!

Que maravilha! Viva Bethânia e essa iniciativa de gravar músicas inéditas.

Que outras cantoras tenham essa mesma iniciativa.

abração,
Denilson

13 de setembro de 2009 11:08  
Anonymous Anônimo said...

As capas dos dois CDs são lindas!

13 de setembro de 2009 11:38  
Anonymous Anônimo said...

Ninguém segura esta mulher. Bethânia domina absoluta a cena musical brasileira no quesito cantoras. Depois dela temos tantas outras maravilhosas, mas Betha é a deusa-mor.

13 de setembro de 2009 11:40  
Anonymous Anônimo said...

Esperava mais criatividade nas capas do que meio rosto em preto e branco e rosto de lado com excesso de contraste e brilho. Ambos os títulos sugerem mais que repetições de conceitos de capas anteriores. Mas não tenho dúvida que o recheio deve estar muito bem cuidado.

13 de setembro de 2009 13:24  
Anonymous Anônimo said...

Eu necessito Bethânia!
Eu necessito Bethânia!
Eu necessito Bethânia!
Eu necessito Bethânia!
Eu necessito Bethânia!
Eu necessito Bethânia!
Eu necessito Bethânia!
Eu necessito Bethânia!
Eu necessito Bethânia!
Eu necessito Bethânia!

A unica Cant'Atriz do Brasil!

13 de setembro de 2009 21:00  
Anonymous Anônimo said...

Incrível como Bethania tem um fascies eloquente.
Incomparável.

13 de setembro de 2009 21:33  
Anonymous Anônimo said...

Gostei dessa foto.. como disseram por aqui, é um close na velhice de Bethânia... achei bruto, cruel, agressivo e muito revelador.

14 de setembro de 2009 00:00  
Anonymous Anônimo said...

É realmente a maior.
Nada perturba o caminho de discos, os repertórios, é fechada no santo, essa moça.
A d o r o.

E magrinha! Linda.

14 de setembro de 2009 02:46  
Anonymous Anônimo said...

"Incrível como Bethania tem um fascies eloquente."
Por favor, caro mestre,me ilumine com o significado desta palavra "fascies", tire-me da minha ignorância.obrigado.
Espero pelo "Tua"...

14 de setembro de 2009 10:44  
Anonymous Anônimo said...

Consuelo de Paula no CD da naravilhosa Maria Bethânia!!! Isso é pra ser muito comemorado e aplaudido: viva a música brasileira!!! Aliás, pra quem quer saber mais da Consuelo de Paula, ela tem tres cds lindos já lançados, suas letras e melodias saão sempre surpreendentes e ricas.

14 de setembro de 2009 12:08  
Anonymous Anônimo said...

Encanteria - tradução perfeita para o trabalho encantado de Consuelo de Paula, que Bethânia acolhe e traduz.

14 de setembro de 2009 12:21  
Anonymous Anônimo said...

10.44, fascies é um termo utilizado pelos médicos e faz parte do diagnóstico diferencial entre algumas patologias. Trata-se de uma expressão facial que pode estar relacionado a algum distúrbio físico ou emocional. Ex: fascies deprimido, fascies parkinsoniano, fascies hipotireoideo, etc...como se o paciente trouxesse no rosto um elemento importante para a configuração de um diagnóstico.
O termo extrapolou este uso acadêmico, e pode ser utilizado como foi aqui, para aludir a fisionomia ou a expressão facial de uma pessoa.

Fascies eloquente porque Bethania é muito expressiva e passa longe da banalidade. Há uma eloquência mesmo em seus silêncios.

Espero ter elucidado sua questão.

14 de setembro de 2009 13:24  
Anonymous Anônimo said...

Super obrigado 13:24 pela gentileza e pela resposta. Realmente eu não conhecia.
Viva Bethânia

14 de setembro de 2009 14:51  
Anonymous Marcelo said...

Dona Maria é preciso nuançar diferentemente uma interpretação de Adriana de uma religiosa, senão fica tudo igual como ultimamente em seus cds.

14 de setembro de 2009 17:24  
Anonymous Sérgio said...

Marcelo, você quer ensinar Maria Bethânia a interpretar uma música? Creio que ela não precisa. Seu comentário é absolutamente infundado, pois Bethânia já gravou 3 vezes Adriana: "Âmbar", "Uns Versos" e "Depois de Ter Você". As três gravações são divinas e ela soube muito bem achar a nuance certa para cada uma. Ou não??? É cada coisa que a gente é obrigado a ler.. vou te contar, Mauro, a oposição tá demais!!! Agora até acusar bethânia de não saber interpretar uma música chegaram ao cumulo de fazer!! É como já disseram aqui nese mesmo post, é muito despeito!!! Eles ficamd esesperados sem saber o que criticar e inventam argumentos absurdos!! Adoroooo!!!!

14 de setembro de 2009 17:52  
Anonymous beto filla said...

Amo Bethania but, sinveramente, acho que ela não acerta cantar Calcanhoto. Aliás, quase ninguém. As canções da gaúcha são muito personalizadas e realmente ficam melhores em sua própria voz. O mesmo acontece quando Bethania canta João Bosco/Aldir...lembram de Memória da Pele?
O canto de Bethania tem flertado com o barroco e isto a deixa distante do universo POP e contemporâneo de Adriana. Vamos conferir desta vez.

Quando comecei a ler o repertório achei que seria um Bethania canta Roque Ferreira. Bem, não deixa de ser, né?

E Angela Roro realmente não teria nada a ver com este repertório.

14 de setembro de 2009 18:26  
Anonymous Anônimo said...

Pessoal tentei acessar as músicas no SONORA conforme divulgaram mas não consegui. Alguém tentou e conseguiu?
(foi divulgado que HOJE as canções dos 2 cds estariam disponíveis por lá)

Tks.

15 de setembro de 2009 08:14  
Anonymous Anônimo said...

As músicas título dos dois CDs, respectivamente, estão disponíveis para audição no Sonora do Terra.

15 de setembro de 2009 08:28  
Anonymous lu velloso said...

Oláááá
Já estive no sonora mas só estão disponíveis duas canções: encanteria e tua.
Gostei do arranjo da primeira, tem uns sopros que lembram bandinha de interior, e um lance meio chorinho mas a letra é por demais deja vus. Além do que tem umas notas mais em cima que nossa diva não alcança e assim empobrece a interpretação.
Tua me agradou mais. Tem a pegada da AC (naquele clima Uns Versos), uma letra com aquelas palavras que Bethania adora (noite voraz, noite feroz, no breu das noites...arde o gás que faz esta canção...). Aqui tb a melodia sobe em 'será que você vai me ouvir', mas é difícil Bethania chegar lá sem semitonar.
Bem, começamos. Quero ouvir mais. E todos nós sabemos que a diva é mais ela ao vivo (ainda).

15 de setembro de 2009 08:40  
Anonymous Anônimo said...

Não tenho certeza se ela chega a semitonar (quem sabe depois Mauro nos orienta) mas é evidente que ela se sente bem mais a vontade cantando Lama, Negue, Explode Coração, essas canções de amor desbragado e melodias aboleradas. Percebo uma certa tensão quando MB canta melodias mais sofisticadas, parece que ela pega as canções com luvas. Naquelas mais escancaradas é que ela dá show e as canta com mãos descalças e com o corpo inteiro.
Voltando aqui ao caso gostei dos arranjos de ambas (Jaiminho mudou o foco) mas não me apaixonei por nenhuma das duas. De qualquer forma ter Bethania de volta ao asfalto já me agrada imenso. Esperava ouvir os Cds inteiros mas seria esmola demais ... e a gente anda pecando em excesso ... ...
Independente do que canta, esta é DEUSA, DEUSA, DEUSA.

15 de setembro de 2009 09:44  
Anonymous Anônimo said...

a sonora vai liberar uma musica de cada cd a cada 3 dias, e os cds inteiros em 01/10
tô amando...devagar e sempre...

15 de setembro de 2009 16:40  
Anonymous Anônimo said...

Conheço o trabalho de Consuelo de Paula e esse comentário postado é perfeito para dizer da presença dela nesse cd: "encanteria-tradução perfeita para o trabalho encantado de Consuelo de Paula".

15 de setembro de 2009 18:20  
Anonymous Anônimo said...

Saquei as imagens divulgadas são das contra-capas e não a parte da frente dos cds.Veremos...

15 de setembro de 2009 22:22  
Anonymous Anônimo said...

Consuelo de Paula no Encanteria?! Agora sim Bethânia inova, sem medo de ser feliz. Como ela não pensou nisso antes?

16 de setembro de 2009 15:27  
Anonymous Anônimo said...

tudo o que vem de bethania me concerne mas não gostei das músicas. dia 18 estarei lá de volta para conferir mais duas. e independente de qualquer coisa comprarei os cds pq a proximidade desta artista me faz bem.

16 de setembro de 2009 20:40  
Anonymous Anônimo said...

A INCOMPARÁVEL Bethânia vai lançar os 2 cds dia 30 na Estudantina.
Magnífico!!!

16 de setembro de 2009 21:47  
Anonymous Anônimo said...

Pura tortura essa coisa de liberar as canções aos poucos, pelo menos eu vivo como tortura.Questão promocional, que tem efeito oposto.
Ah, não semitona não.Virou mania dizer isso da Bethâ, pura bobagem.

17 de setembro de 2009 07:35  
Anonymous Anônimo said...

Ô, se semitona!!! mas quem liga pra isso???

Tenho uma tia afinadíssima, com uma voz que é um veludo, mas quem dá bola pra ela???

O que conta é a alma, o sentimento, o carisma. E isso Maria tem pra dar, vender, emprestar, arrendar, e ainda sobra muito.

SALVE RAINHA!!!!

17 de setembro de 2009 09:55  
Anonymous Anônimo said...

Gostei mais das duas canções liberadas hj do que das anteriores.
Estrela é lindinha e Até o Fim tem um arranjo maravilhoso, longe das obviedades.

18 de setembro de 2009 10:57  
Anonymous Anônimo said...

Eu não, gostei mais das duas primeiras.Ali na segunda do tua, ela semitona, ou pra dizer simples, desafina. Eu sei, eu sei, quem não desafina na vida etc e tal; o texto do F.Gullar na capa do disco, sei disso também, o que vale é a emoção, o sentido e tudo mais...tudo certo

18 de setembro de 2009 15:37  
Anonymous juca said...

por enquanto estou gostando de todas...um pouco menos da encanteria (além do nome antipático, a canção tem letra e melodia absolutamente chapadas)...aliás, o início desta melodia é a cópia fiel de um samba enredo do rio, nos 80, que não consigo lembrar exatamente...alguem me ilumina???

18 de setembro de 2009 16:41  
Anonymous Anônimo said...

O que me impressionou na encanteria foi a qualidade do arranjo, tem uma super diferença dos outros discos, este parece mais rico, mais coeso, pelo menos o desta faixa.

19 de setembro de 2009 07:34  

Postar um comentário

<< Home