12 de agosto de 2009

Joias do baú de 81 no roteiro do DVD de Ivone

Dividido em sete quadros pautados por tênues conceitos de teor mais filosófico, sem preocupações cronológicas, o roteiro do show idealizado para a gravação do primeiro DVD de Dona Ivone Lara - apresentado na noite de terça-feira, 11 de agosto de 2009, no Canecão (RJ) - fez retrospecto da obra majestosa da compositora, enraizada em tradições profundas do samba. Dos sucessos mais conhecidos, faltou somente A Sereia Guiomar. Em contrapartida, o roteiro incluiu temas menos ouvidos do repertório da autora (em foto de Mauro Ferreira). Foram os casos de Axé de Ianga (Pai Maior) - tema de inspiração afro lançado pela compositora em 1981 no álbum Sorriso Negro - e de Resignação, parceria com Hélio dos Santos, gravada pelo grupo Fundo de Quintal, no mesmo ano de 1981, em seu segundo disco. Eis o roteiro do show dirigido por Túlio Feliciano, gravado ao vivo para edição em CD e em DVD:
1. Tiê
2. Alvorecer
3. Força da Imaginação - com Caetano Veloso
4. Alguém me Avisou - com Caetano Veloso e Gilberto Gil
5. Samba de Roda pra Salvador (Não Chora meu Bem)
- com Gilberto Gil
6. Enredo do meu Samba - com Jorge Aragão
7. Mas Quem Disse que Eu te Esqueço?
8. Nas Escritas da Vida - com Bruno Castro
9. Acreditar - com Délcio Carvalho
10. Liberdade
11. Sorriso de Criança
12. Sorriso Negro
13. Número instrumental
14. Nos Combates desta Vida (instrumental)
15. Canto de Rainha - com Arlindo Cruz
16. Não Chora Neném - com Arlindo Cruz e Zeca Pagodinho
17. Dizer Não pro Adeus - com Zeca Pagodinho
18. Sonho meu - com Beth Carvalho
19. No Pagode de Pai Joaquim
20. Tendência
21. Em Cada Canto uma Esperança
22. Nasci para Sonhar e Cantar
23. Resignação
24. Candeeiro da Vovó
25. Axé de Ianga (Pai Maior)
26. Serra dos meus Sonhos Dourados
- com Velha Guarda do Império Serrano
27. Os Cinco Bailes da História do Rio
- com Velha Guarda do Império Serrano
28. Exaltação a Tiradentes
- com Velha Guarda do Império Serrano

9 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Dividido em sete quadros pautados por tênues conceitos de teor mais filosófico, sem preocupações cronológicas, o roteiro do show idealizado para a gravação do primeiro DVD de Dona Ivone Lara - apresentado na noite de terça-feira, 11 de agosto de 2009, no Canecão (RJ) - fez retrospecto da obra majestosa da compositora, enraizada em tradições profundas do samba. Dos sucessos mais conhecidos, faltou somente A Sereia Guiomar. Em contrapartida, o roteiro incluiu temas menos ouvidos do repertório da autora (em foto de Mauro Ferreira). Foram os casos de Axé de Ianga (Pai Maior) - tema de inspiração afro lançado pela compositora em 1981 no álbum Sorriso Negro - e de Resignação, parceria com Hélio dos Santos, gravada pelo grupo Fundo de Quintal, no mesmo ano de 1981, em seu segundo disco. Eis o roteiro do show dirigido por Túlio Feliciano, gravado ao vivo para edição em CD e em DVD:

1. Tiê
2. Alvorecer
3. Força da Imaginação - com Caetano Veloso
4. Alguém me Avisou - com Caetano Veloso e Gilberto Gil
5. Samba de Roda pra Salvador (Não Chora meu Bem)
- com Gilberto Gil
6. Enredo do meu Samba - com Jorge Aragão
7. Mas Quem Disse que Eu te Esqueço?
8. Nas Escritas da Vida - com Bruno Castro
9. Acreditar - com Délcio Carvalho
10. Liberdade
11. Sorriso de Criança
12. Sorriso Negro
13. Número instrumental
14. Nos Combates desta Vida (instrumental)
15. Canto de Rainha - com Arlindo Cruz
16. Não Chora Neném - com Arlindo Cruz e Zeca Pagodinho
17. Dizer Não pro Adeus - com Zeca Pagodinho
18. Sonho meu - com Beth Carvalho
19. No Pagode de Pai Joaquim
20. Tendência
21. Em Cada Canto uma Esperança
22. Nasci para Sonhar e Cantar
23. Resignação
24. Candeeiro da Vovó
25. Axé de Ianga (Pai Maior)
26. Serra dos meus Sonhos Dourados
- com Velha Guarda do Império Serrano
27. Os Cinco Bailes da História do Rio
- com Velha Guarda do Império Serrano
28. Exaltação a Tiradentes
- com Velha Guarda do Império Serrano

12 de agosto de 2009 13:27  
Anonymous Anônimo said...

Na minha modesta opinião faltou somente uma música: Amor sem esperança. Essa música é linda demais e ninguém regrava!? Abração e salve Dona Ivone Lara (ela sim a Madrinha do Samba)!
Beth é Rainha! Como ela também! Abs,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

12 de agosto de 2009 15:05  
Blogger Jordão said...

Que bela cobertura Mauro,esta de parabéns...salve D.Ivone.

12 de agosto de 2009 15:22  
Anonymous luis veredas said...

Obra majestosa, Mauro???
Vc (alguns outros tb) está sendo hiperbólico.
Alguns exemplos de obra majestosa: Cartola, Chico Buarque, Tom Jobim, Guinga, Luis Gonzaga.

Dona Ivone tem meia dúzia de sambas expressivos. Se muito.

Isto me soa demagógico. E preconceituoso ao contrário.

13 de agosto de 2009 08:27  
Anonymous Anônimo said...

Veredas, abra suas veredas e procure enxergar o que D. Ivone Lara fez e faz. Em uma obra realmente "pequena" se comparada às citadas por ti ela TEM MUITO MAIS DO QUE MEIA DÚZIA de "sambas expressivos". Eu diria que de cada 10 sambas, 10 são "expressivos".
E isso só a valoriza mais, já que "obras" bíblicas de outros grandes compositores citados por você - com exceção de Cartola que também não deixou uma obra "bíblica" para nós - é muito mais fácil acertar. Questão de matemática simples: pergunta com duas respostas, chance de 50% de acertar no "chute"; 5 respostas já diminui para 20%. E D. Ivone acertou 100% em suas "poucas" composições. Repito, mais fácil acertar quando se têm muitas composições.

Anônimo, o matemático.

13 de agosto de 2009 15:25  
Anonymous Anônimo said...

esse Veredas realmente entende tudo de samba...

Guilherme

13 de agosto de 2009 16:16  
Anonymous Diogo ! said...

Faltou a valsa " Pelalas Esquecidas " e sua interprete Marisa Monte no roteiro.

PS : Quem é Bruno Castro que cantou " Nas Escritas da Vida " ?

13 de agosto de 2009 19:18  
Anonymous Anônimo said...

esse Veredas realmente entende tudo de samba... (2)
Parabéns, atraiu o ibope do blog para ele! Salve Veredas!

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

13 de agosto de 2009 20:15  
Anonymous Anônimo said...

Diogo,

O Bruno é o atual parceiro da D. Ivone Lara nas composições e é músico também. Abração,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

15 de agosto de 2009 10:54  

Postar um comentário

<< Home