25 de agosto de 2009

Filme dos Titãs chega ao DVD com (seis) clipes

De 2008, o documentário que (re)contou a história do grupo Titãs somente através de imagens de arquivo, Titãs - A Vida até Parece uma Festa, chega ao DVD neste mês de agosto de 2009 com bons extras. Além de dez minutos de novas cenas, não incluídas no filme, os extras reapresentam seis clipes de hits do grupo remixados em áudio 5.1 e partituras das 42 músicas ouvidas no (ótimo) filme. Flores, Saia de mim, Isso, Epitáfio, A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana e Será que é Isso que Eu Necessito? são os seis vídeos exibidos no DVD. As partituras foram extraídas do songbook oficial da banda e estão disponíveis para download em computador. O DVD sai pela Warner Music - gravadora que abrigou os Titãs entre 1984 e 1998.

9 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

De 2008, o documentário que (re)contou a história do grupo Titãs somente através de imagens de arquivo, Titãs - A Vida até Parece uma Festa, chega ao DVD neste mês de agosto de 2009 com bons extras. Além de dez minutos de novas cenas, não incluídas no filme, os extras reapresentam seis clipes de hits do grupo remixados em áudio 5.1 e partituras das 42 músicas ouvidas no (ótimo) filme. Flores, Saia de mim, Isso, Epitáfio, A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana e Será que é Isso que Eu Necessito? são os seis vídeos exibidos no DVD. As partituras foram extraídas do songbook oficial da banda e estão disponíveis para download em computador. O DVD sai pela Warner Music - gravadora que abrigou os Titãs entre 1984 e 1998.

25 de agosto de 2009 20:50  
Blogger Lara Cervasio said...

Adoro TITÃS.
Mas confeço qe já gostei mais.
Sei que ao passardo tempo ees vãovendo como que ascoias são e acabam 'dexistindo' de algumas coisas. Mas... Mudaram demais, não só o som deles, mas o jeito de trabalhar, se impôr... Sei lá!

Beijos

25 de agosto de 2009 22:28  
Anonymous Anônimo said...

Embora o final seja esse que nós vemos hoje em dia, o meio dessa história vale muito a pena.
Foram grandes, o nome da banda não foi a toa.

26 de agosto de 2009 00:46  
Anonymous Anônimo said...

Esse documentário é mara!

26 de agosto de 2009 09:06  
Anonymous Anônimo said...

LÓGICO QUE MUDARAM. Estamos esperando o quê ? Senhores de 50 anos com "pose" de garotão rebelde pulando no palco e pintando a cara de verde e amarelo ?

As pessoas amadurecem, para o bem e para o mal. E O SALDO CONTINUA POSITIVO.

26 de agosto de 2009 11:49  
Blogger Lara Cervasio said...

O 'último Anônimo'...
Não quero uns cara de 50 anos pulando, pintandoa cara como se tivesse 20: 'Quis parar o tempo, não sabia envelecer. O velho babão...'
O que me referia mudança dos caras eram em atitudes com o país, com a forma de gravar, trabalhar, de seguir seus conceitos, sem se vender, não deixando a mídia podre mudar seu jeito, não se vendendo como acho que ele se venderam.

Deixei bem claro que gosto do tabalho deles. As músicas, o show, os músicos... Mas não concordo com a mudaça brusca de comportamento, só isso. :p

Beijos

26 de agosto de 2009 14:42  
Anonymous Danilo said...

Concordo com tudo o que a Lara disse e acho que rock'n'roll(me perdoem o clichê)é um estado de espírito.O que infelizmente, parece que os Titãs perderam muito dele com o passar dos anos.Ao contrário de muita gente, adoro ver Mick Jagger aos 66 anos pulando no palco. Esse negócio de idade não tem nada a ver.É só um preconceito estúpido.

26 de agosto de 2009 18:07  
Anonymous Anônimo said...

Só tenho dois senões quanto ao DVD.

Podia haver mais cenas exclusivas. Para o tamanho do arquivo pessoal que Branco deve ter, 10 minutos é muito, muito pouco.

E sinto falta de clipes das antigas. Ao invés de "Isso" e "Epitáfio" (nada contra as músicas, mas é que em qualquer YouTube da vida você os acha), poderiam privilegiar relíquias perdidas por aí, como o clipe de "Comida" que passou no "Fantástico", em 1987.

Na discussão sobre a banda: concordo que o clima ficou meio borocoxô, nos últimos anos. Mas é besteira usar isso como desculpa para ignorar esta história, das mais prestigiosas que o rock daqui já viu.

De mais a mais, a banda parece estar com fome de bola para a próxima turnê, agora que só terá os cinco "sobreviventes" no palco, sem músicos de apoio. E "Sacos Plásticos" até tem lampejos daquele clima hormonal que todos admiram nos Titãs, como em "Deixa eu Entrar", "Múmias", "Nem mais uma palavra"...

Felipe dos Santos Souza

27 de agosto de 2009 09:47  
Anonymous Anônimo said...

AINDA BEM QUE O DVD SAIU LOGO...
PELO MENOS ASSIM, SE APAGA A PÉSSIMA IDÉIA DE "SACOS PLÁSTICOS", UM DISCO QUE NADA LEMBRA O QUE REALMENTE SÃO OS TITÃS.

VIDA LONGA AOS TITÃS, PRINCIPALMENTE SEM RICK BONADIO NA PRODUÇÃO...
ESSE DEFINITIVAMENTE NÃO ACRESCENTOU NADA AO TRABALHO DA MINHA BANDA PREFERIDA E NÃO SÓ DA ÚLTIMA SEMANA!!!

ITAMAR DIAS
itamardias@gmail.com

28 de agosto de 2009 20:42  

Postar um comentário

<< Home