30 de agosto de 2009

Bebel celebra Carmen Miranda no CD All in One

Bebel Gilberto também festeja Carmen Miranda (1909 - 1955) no ano em que se comemora o centenário de nascimento da Pequena Notável. Bebel optou por regravar o hit Chica Chica Boom Chic em seu quarto álbum internacional, All in One, nas lojas a partir de 29 de setembro de 2009 com o selo da gravadora Verve. Um dos sucessos de Carmen em sua fase norte-americana, Chica Chica Boom Chic é um samba-rumba de Harry Warren e Mack Gordon gravado pela Brazilian Bombshell em 1941 para o filme Uma Noite no Rio. A releitura de Bebel foi lançada em single (capa acima à esquerda), editado em 25 de agosto. Carlinhos Brown e Didi Gutman dividem a produção da faixa - eleita para puxar o CD.
Primeiro disco de Bebel para a Verve, All in One alinha em 12 faixas regravações de músicas de Stevie Wonder (The Real Thing), Bob Marley (Sun Is Shining) e João Gilberto (Bim Bom). Entre os temas autorais de Bebel Gilberto, o CD apresenta Ela (On my Way) - parceria da cantora com o violonista baiano Cezar Mendes - e Canção de Amor. O global time de produtores do álbum inclui, além de Brown e de Gutman (tecladista do grupo Brazilian Girls), Mark Ronson - em alta no mercado fonográfico por ter pilotado Back to Black (consagrador segundo disco de Amy Winehouse).

5 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Bebel Gilberto também festeja Carmen Miranda (1909 - 1955) no ano em que se comemora o centenário de nascimento da Pequena Notável. Bebel optou por regravar o hit Chica Chica Boom Chic em seu quarto álbum internacional, All in One, nas lojas a partir de 29 de setembro de 2009 com o selo da gravadora Verve. Um dos sucessos de Carmen em sua fase norte-americana, Chica Chica Boom Chic é um samba-rumba de Harry Warren e Mack Gordon gravado pela Brazilian Bombshell em 1941 para o filme Uma Noite no Rio. A releitura de Bebel foi lançada em single (capa acima à esquerda), editado em 25 de agosto. Carlinhos Brown e Didi Gutman dividem a produção da faixa - eleita para puxar o CD.
Primeiro disco de Bebel para a Verve, All in One alinha em 12 faixas regravações de músicas de Stevie Wonder (The Real Thing), Bob Marley (Sun Is Shining) e João Gilberto (Bim Bom). Entre os temas autorais de Bebel Gilberto, o CD apresenta Ela (On my Way) - parceria da cantora com o violonista baiano Cezar Mendes - e Canção de Amor. O global time de produtores do álbum inclui, além de Brown e de Gutman (tecladista do grupo Brazilian Girls), Mark Ronson - em alta no mercado fonográfico por ter pilotado Back to Black (consagrador segundo disco de Amy Winehouse).

30 de agosto de 2009 11:07  
Anonymous Anônimo said...

Aguardo ansioso a crítica Mauro. Gosto muito da voz de Bebel mas o "conceito" world music mais para o "eletrônico" me fez desistir no 1º disco. Tomara que venha diferente agora que mudou de gravadora: mais MPB (como papai e mamãe).
Abraços.

30 de agosto de 2009 13:51  
Anonymous Anônimo said...

destes discos de bossa eletrônica os únicos que me agradam são justamente os da bebel, talvez porque ela consiga dosar os dois lados (o eletrônico e o acústico) sem que o primeiro predomine e abafe o segundo, coisa que destruiu o disco da paula morelembaun.
gostaria de saber se este lançamento dia 29 de setembro é mundial (brasil incluido)ou apenas no exterior?

30 de agosto de 2009 16:54  
Anonymous Euterpe said...

Mas a moça está podendo! O disco sai pela Verve, ela inclui a ótima Bim Bom e ainda dá um pulinho na casa da Carmen.
Bebel é dessas artistas que acharam seu centro e tiram bom proveito de seus recursos.
Way to go!

30 de agosto de 2009 23:15  
Blogger Um, dois, três, testando... said...

Concordo com o camarada anônimo lá em cima...
Ela deveria fazer um sonzinho como papai e mamãe!!! Rsrsrsrsrs (boa man!)

2 de outubro de 2009 12:14  

Postar um comentário

<< Home