14 de maio de 2009

Saída de Rodgers torna incerto futuro do Queen

Paul Rodgers abandonou o Queen. A deserção foi confirmada pelo próprio cantor - convocado em 2005 pelo guitarrista Brian May e pelo baterista Roger Taylor para a ingrata missão de substituir Freddie Mercury (1946 - 1991) no posto de vocalista do reativado Queen - em entrevista a um canal de televisão dos Estados Unidos. Rodgers vai voltar a se dedicar ao seu grupo Bad Company, que interrompe hiato de sete anos com turnê nos Estados Unidos em junho e julho de 2009. A saída de Rodgers torna incerto o futuro do Queen. Sobretudo pelo fato de o último álbum de inéditas do grupo - The Cosmo Rocks, editado em 2008 - ter sido fracasso de público (e crítica). Foi o único CD de estúdio feito com Rodgers.

3 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Paul Rodgers abandonou o Queen. A deserção foi confirmada pelo próprio cantor - convocado em 2005 pelo guitarrista Brian May e pelo baterista Roger Taylor para a ingrata missão de substituir Freddie Mercury (1946 - 1991) no posto de vocalista do reativado Queen - em entrevista a um canal de televisão dos Estados Unidos. Rodgers vai voltar a se dedicar ao seu grupo Bad Company, que interrompe hiato de sete anos com turnê nos Estados Unidos em junho e julho de 2009. A saída de Rodgers torna incerto o futuro do Queen. Sobretudo pelo fato de o último álbum de inéditas do grupo - The Cosmo Rocks, editado em 2008 - ter sido fracasso de público (e crítica). Foi o único CD de estúdio feito com Rodgers.

14 de maio de 2009 19:15  
Anonymous André said...

Vai na fé, Rodgers. Descanse em paz, Queen.

14 de maio de 2009 22:08  
Blogger Felipe Melo said...

Para mim o destino do Queen já é certo desde 1990!

15 de maio de 2009 14:11  

Postar um comentário

<< Home