27 de maio de 2009

À meia-voz, Marina põe atitude em 'Como 2 e 2'

Itaú Brasil Elas Cantam Roberto - Divas
Artista: Marina Lima
Foto: Divulgação / Marcos Hermes
Cotação: * * *

Mesmo com seu habitual registro à meia-voz, Marina Lima pôs atitude, personalidade e estilo na sua interpretação de Como 2 e 2 (1971), música - de Caetano Veloso - que lhe coube no roteiro do show Elas Cantam Roberto por sugestão do próprio Roberto Carlos. Munida de sua guitarra, a artista mostrou que ter boa voz - às vezes - não é fator crucial para o sucesso de uma interpretação.

21 Comments:

Anonymous Beto said...

das outras, você exige voz. da marina, você elogia a 'atitude'. vá entender...

27 de maio de 2009 17:05  
Anonymous Anônimo said...

Linda! O tempo não passa para Marina. Esta é diva mesmo!

27 de maio de 2009 17:18  
Anonymous Anônimo said...

Ouvi com muito atraso o disco "Lá nos Primórdios", e por mais que se bata na tecla da falta de voz dela, a verdade é que sem voz Marina continua mandando muito bem. Melhor que muito vozeirão.

27 de maio de 2009 18:43  
Blogger Bruno Cavalcanti said...

Marina tem atitude, estilo e talento! Eu adoro a meia-voz dela! É sexy! E ela veio se adequando a essa meia-voz com o passar do tempo! Marina é diva!

27 de maio de 2009 19:16  
Anonymous paula barbosa said...

putz, muda o disco. esse trocadalho de "à meia-voz" já deu! toda nota dele é a mesma ladainha. chaaaato.

27 de maio de 2009 19:35  
Blogger Betha said...

Yeah! Tô louca pra ouvir mais esta 'reinvençao' que Marina faz pra músicas alheias!
Ela é tudo de bom!

Prefiro à meia voz com atitude... E ela tá cada vez mais densa e interessante!

Obrigada!

27 de maio de 2009 20:35  
Anonymous Anônimo said...

Mano Freire disse

O pior é que Marina, com seu rico currículo, fica terceirizada num esquema imbecil do qual fazem parte as que mandam na mídia: Ivete, Cláudia Leite, Sandy(quase ainda)...
Ainda bem que Simone, Bethânia e Gal, pularam fora do barco.

27 de maio de 2009 22:41  
Blogger Daniel said...

Gostei da voz da Marina nessa música, canto ainda à meia-voz, mas bem diferente, ela não se perdeu na música e deixou sua marca, cada vez mais forte e densa, como a Betha citou.

Confesso que estava com receio, mas gostei do que ouvi :]

28 de maio de 2009 02:40  
Anonymous Anônimo said...

Nem poderia ser diferente. Marina tem diferencial porque ela vive de música. É diferente de quem canta para ganhar a vida.
Aí realmente não cabe comparações.

28 de maio de 2009 10:41  
Anonymous Anônimo said...

Marina Lima simplesmente arrasou na intepretação.

28 de maio de 2009 14:45  
Anonymous Anônimo said...

Marina tem estilo e apesar dos problemas vocais sabe interpretar.
Sempre foi uma cantora muito interessante.

28 de maio de 2009 15:57  
Anonymous Ana Calhau said...

Marina não é a mesma, mas a atitude é ainda melhor.
beijos de Lisboa - PT.

28 de maio de 2009 17:24  
Anonymous Diogo ! said...

Marina tem estilo, apesar dos problemas vocais sabe interpretar sim mas ficou complicado as respirações bem expostas ...

PS: Gostei do arranjo

28 de maio de 2009 19:36  
Anonymous Anônimo said...

Como assim, Marina não tem boa vóz? A minha preferida de todas as vozes ali presente!

28 de maio de 2009 23:54  
Anonymous Anônimo said...

Mesmo 'a meia voz' Marina é sempre grife de Charme!

29 de maio de 2009 09:06  
Anonymous Anônimo said...

Marina...sempre Marina.

Welerson André

29 de maio de 2009 12:10  
Anonymous Anônimo said...

Marina tem muita atitude no sentido mais amplo... e o melhor, é FERA nesse negócio de reinventar músicas de outros artistas! Incrível!

Arrasou... mais uma vez!

Ananda Souza

29 de maio de 2009 15:52  
Anonymous Anônimo said...

A marina no especial,vi somente no final com o Roberto,perdeu a voz.Adoro a Marina,mas cantora não tem que ter atitude,mas cantar.Meu Deus,onde foi a voz linda da Marina?Deus a proteja!

1 de junho de 2009 11:29  
Anonymous Anônimo said...

marina e atitude essa apresentação meio ruinzinha né mas gosto dela sim. grande icone.

3 de junho de 2009 17:26  
Blogger Freddy Simões said...

Mauro, permita-me uma correção: "Como dois e dois" é de 1971 e não de 1977, como foi mencionado na nota.

8 de junho de 2009 14:14  
Blogger zeno said...

Marina não é cafona , não desafina ... a voz mudou , falta folêgo ..aliás acho que não falta voz , falta ar! Pq ela não faz como a Rita , backing vocal full time! Ela é linda , faz arranjos maravilhosos e tem estilo...como 2 e 2 não faltou nada!!!

28 de setembro de 2009 04:48  

Postar um comentário

<< Home