27 de maio de 2009

E elas cantaram Roberto em todos os sentidos...

Resenha de Show
Ciclo Itaú Brasil
Título: Elas Cantam Roberto - Divas
Artistas: Adriana Calcanhotto, Alcione, Ana Carolina,
Celine Imbert, Claudia Leitte, Daniela Mercury, Fafá de
Belém, Fernanda Abreu, Hebe Camargo, Ivete Sangalo,
Luiza Possi, Marília Pêra, Marina Lima, Mart'nália, Nana
Caymmi, Paula Toller, Rosemary, Sandy, Wanderléa
e Zizi Possi
Participação especial: Roberto Carlos
Local: Theatro Municipal de São Paulo (SP)
Data: 26 de maio de 2009
Foto: Mauro Ferreira
Cotação: * * * 1/2

Entre altos e baixos, foram muitas as emoções vividas no palco e na platéia do Theatro Municipal de São Paulo (SP) na noite de 26 de maio de 2009. E a maior delas foi ver as 20 cantoras do elenco do show Elas Cantam Roberto - Divas reunidas no palco para cantar Roberto em todos os sentidos. Antes do bis coletivo, dado com É Preciso Saber Viver (1974), todas as intérpretes dividiram o palco e a letra de Como É Grande o meu Amor por Você (1967). Cada uma se dirigiu ao Rei - estrategicamente posicionado ao redor delas - entoando um ou dois versos da canção num número delicioso em que a diretora Monique Gardenberg aproveitou o título dúbio do show para criar jogo de sedução das intérpretes com Roberto. Foi o clímax do belo espetáculo, um dos cinco eventos especiais do ciclo Itaú Brasil, idealizado para celebrar os 50 anos de carreira de Roberto Carlos. Um momento memorável!!

Com arranjos orquestrais, à moda dos ouvidos nos padronizados discos do homenageado, o diretor Guto Graça Mello preparou a cama - com cordas, metais e percussões - para que elas cantassem o repertório de Roberto Carlos. Mais identificadas com o estilo romântico do Rei, cantoras como Ana Carolina, Fafá de Belém e Hebe Camargo - um dos destaques do elenco - deitaram e rolaram nessa cama. Em contrapartida, o trio de intérpretes oriundas do universo afro-pop-baiano (Cláudia Leitte, Daniela Mercury e Ivete Sangalo) se mostrou menos confortável. Da mesma forma que Sandy mostrou que sua voz não cresceu juntamente com ela. Nana Caymmi e Zizi Possi reafirmaram sua classe. Marília Pêra entrou em cena como a grande atriz que sempre foi. E arrasou! Já Adriana Calcanhotto, Marina Lima e Mart'nália fizeram bonito ao trazer o repertório de Roberto para seus (respectivos) universos musicais.

"Nunca pensei na minha vida que eu fosse viver uma noite como essa, com essas meninas maravilhosas, essas cantoras incríveis", derramou-se Roberto Carlos ao aparecer no palco, já no fim do show, para cantar Emoções. Ao reviver este fox de 1981, um de seus últimos suspiros como grande compositor, o Rei sublinhou o verso em que afirmava viver esse "momento lindo". Sim, contra todos os prognósticos pessimistas por conta da (de fato) inusitada escalação do elenco e das ausências sentidas (Maria Bethânia, Simone, Gal Costa e Marisa Monte, sobretudo), o espetáculo Elas Cantam Roberto - Divas teve momentos realmente lindos. Que vão poder ser conferidos na noite do próximo domingo, 31 de maio de 2009, quando a TV Globo exibir a gravação do show. E que, mais tarde, vão ser eternizados com a edição de CD e de DVD.

39 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Entre altos e baixos, foram muitas as emoções vividas no palco e na platéia do Theatro Municipal de São Paulo (SP) na noite de 26 de maio de 2009. E a maior delas foi ver as 20 cantoras do elenco do show Elas Cantam Roberto - Divas reunidas no palco para cantar Roberto em todos os sentidos. Antes do bis coletivo, dado com É Preciso Saber Viver (1974), todas as intérpretes dividiram o palco e a letra de Como É Grande o meu Amor por Você (1967). Cada uma se dirigiu ao Rei - estrategicamente posicionado ao redor delas - entoando um ou dois versos da canção num número delicioso em que a diretora Monique Gardenberg aproveitou o título dúbio do show para criar jogo de sedução das intérpretes com Roberto. Foi o clímax do belo espetáculo, um dos cinco eventos especiais do ciclo Itaú Brasil, idealizado para celebrar os 50 anos de carreira de Roberto Carlos. Um momento memorável!!

Com arranjos orquestrais, à moda dos ouvidos nos padronizados discos do homenageado, o diretor Guto Graça Mello preparou a cama - com cordas, metais e percussões - para que elas cantassem o repertório de Roberto Carlos. Identificadas com o estilo do cantor, cantoras como Ana Carolina, Fafá de Belém e Hebe Camargo - um dos destaques do elenco - deitaram e rolaram nessa cama. Em contrapartida, o trio de intérpretes oriundas do universo afro-pop-baiano (Cláudia Leitte, Daniela Mercury e Ivete Sangalo) se mostrou menos confortável. Da mesma forma que Sandy mostrou que sua voz não cresceu juntamente com ela. Nana Caymmi e Zizi Possi reafirmaram sua classe. Marília Pêra entrou em cena como a grande atriz que sempre foi. E arrasou! Já Adriana Calcanhotto, Marina Lima e Mart'nália fizeram bonito ao trazer o repertório de Roberto para seus (respectivos) universos musicais.

"Nunca pensei na minha vida que eu fosse viver uma noite como essa, com essas meninas maravilhosas, essas cantoras incríveis", derramou-se Roberto Carlos ao aparecer no palco, já no fim do show, para cantar Emoções. Ao reviver este fox de 1982, um de seus últimos suspiros como grande compositor, o Rei sublinhou o verso em que afirmava viver esse "momento lindo". Sim, contra todos os prognósticos pessimistas por conta da (de fato) inusitada escalação do elenco e das ausências sentidas (Maria Bethânia, Simone, Gal Costa e Marisa Monte, sobretudo), o espetáculo Elas Cantam Roberto - Divas teve momentos realmente lindos. Que vão poder ser conferidos na noite do próximo domingo, 31 de maio de 2009, quando a TV Globo exibir a gravação do show. E que, mais tarde, vão ser eternizados com a edição de CD e de DVD.

27 de maio de 2009 02:23  
Anonymous Anônimo said...

E qto à Fernanda Abreu?

27 de maio de 2009 02:24  
Blogger Mauro Ferreira said...

Aviso ao anônimo e aos navegantes: eu vou publicar até o fim desta quarta um post para cada cantora, com o comentário de sua atuação, uma foto e sua respectiva cotação. Este post de agora de madrugada dá apenas uma geral no espetáculo.

Aguardem!
Mas tenham paciência porque eu estou em trânsito e volto ao Rio amanhã de manhã.
abs, MauroF

27 de maio de 2009 02:28  
Anonymous Anônimo said...

Porque as Divas Baianas Ficaram de Fora

BETHÂNIA, GAL E SIMONE - Desde que se falou pela primeira vez num tributo a Roberto Carlos reunindo as divas brasileiras, os principais nomes cogitados, além de Wanderléa, foram os de Maria Bethânia, Gal Costa e Simone. No entanto, nenhuma vai pisar o palco do Theatro Municipal hoje, mas outras três baianas - Daniela Mercury, Ivete Sangalo e Cláudia Leitte -, que têm muito menos a ver com ele. Exceto pelo fato de que Roberto é quase uma unanimidade entre gerações de diversos estilos. Depois de Wanderléa, Bethânia é a cantora que tem ligação mais forte com o Rei. É entusiasta dele desde o início e gravou várias canções de seu repertório, seja de composições próprias ou de outros que ele tornou dele com sua interpretação inimitável. O grande marco dessa relação afetiva foi o álbum As Canções Que Você Fez Pra Mim, que ela lançou em 1994 com enorme sucesso. O nome de Bethânia chegou a ser anunciado, mas ela disse que não poderia. "Estou terminando de gravar dois discos e quero lançar outro até o fim do ano", conta. Gal - que imortalizou Sua Estupidez e para quem Roberto e Erasmo fizeram aquela que se tornou sua assinatura, Meu Nome É Gal - está fora do País em turnê. Em entrevista recente ao Estado, Simone, que igualmente canta o Roberto romântico desde o início da carreira, disse que não tinha sido convidada. Foi depois, mas ela tem compromisso de patrocínio com outro banco e não pode participar deste encontro, que faz parte do projeto Itaú Brasil. Este será o primeiro de cinco eventos para celebrar os 50 anos de música de Roberto.

Lauro Lisboa Garcia, O Estado de S. Paulo, 26 de maio de 2009

27 de maio de 2009 07:57  
Blogger Vladimir said...

Grande MAURO FERREIRA!!

Só tenho elogios para teu Blog e para você!!

Muito boa esta tua cobertura deste show que foi "malhado" por muitos desde o início!!
E até agora, são as notícias mais recentes que encontrei na internet, já que para quem não mora em São Paulo ou que não conseguiu ir ao show, está radiante de curiosidade para saber como foi!!
Muito obrigado mesmo!! Vou ficar aguardando os demais comentários das outras cantoras, principalmente de Zizi Possi!!

Grande abraço e PARABÉNS!!

27 de maio de 2009 09:37  
Anonymous Euterpe said...

A coroa de Roberto Carlos é de lata.

Tempos atrás, chegava novembro e a gente era obrigado a ouvi-lo 24 por 7. Se não era o rádio da empregada, era o da patroa.

Isso acabou. Alívio.

27 de maio de 2009 12:09  
Blogger Betha said...

Estou esperando ansiosa teu comentário sobre as 'minhas' divas Marina Lima e Fernanda Abreu!

Como sempre, meu querido, tu vais direto ao ponto! Adorei e concordo com teus comentários. Nana e Zizi são maravilhosas e precisam voltar a gravar a altura dos talentos inegáveis!

Esperando...

Abração!

ß

27 de maio de 2009 13:11  
Anonymous Anônimo said...

Esse título foi altamente forçado. Divas?
Não sei de quê! Divas para mim são: Bethânia, Elis, Gal, Clara, Eliseth, Dalva, Marisa, Linda, Dircinha, Beth, Ivone, Elza,...essas aí poucas salvam!

27 de maio de 2009 13:49  
Blogger Saulo said...

Não concordo com a sua opnião referindo a Sandy. Você devia se atualizar quanto as críticas feitas à ela. Sobretudo largando o PRÈ conceito que vc tem sobre ela, e admitir que ela realmente cresceu literalmente.

27 de maio de 2009 14:10  
Anonymous Anônimo said...

Vou propor um debate. Sinceramente:

Adriana Calcanhotto é diva? Ana Carolina é diva?
Celine Imbert (quem?) é diva? Claudia Leitte é diva?
Daniela Mercury é diva?
Fernanda Abreu é diva?
Ivete Sangalo é diva?
Luiza Possi é diva?
Marina Lima é diva?
Mart'nália é diva?
Paula Toller é diva?
Rosemary é diva?
Sandy é diva?
Wanderléa é diva?
Zizi Possi é diva?

Dessa lista somente Alcione, Nana e Fafá, o resto eu não considero diva de NADA!

27 de maio de 2009 14:26  
Anonymous Anônimo said...

que papo é esse aí do cara do jornal Estadão? Simone não foi convidada, depois foi convidada mas não pode ir pq tem lance de banco concorrente patrocinando ela que não autorizou? Como é que é? Será que Simone não foi porque não teve cachê? quem explica? conta prá gente Mauro!!!!

27 de maio de 2009 14:57  
Anonymous Anônimo said...

E eu aguardo os comentários da minha Paula Toller... ´só acho uma pena ela ter cantando uma música que já tinha sido gravado pelo Kid Abelha. Queria que ela nos brindasse com uma interpretação nova, como fez com Sonhos do Peninha e Por causa de Vc (essa foi a melhor) da Dolores e Tom.

27 de maio de 2009 15:20  
Anonymous Anônimo said...

DO ELENCO, AS DIVAS BRASILEIRAS SÃO ALCIONE E ZIZI, AS DEMAIS SÃO CANTORAS QUE O ROBERTO CONVIDOU E QUE FIZERAM BONITO.
GAL E BETHÂNIA SÃO DIVAS, SIMONE NÃO, E NEHUMA DAS TRÊS FIZERAM FALTA.

27 de maio de 2009 16:56  
Anonymous Anônimo said...

Algumas Divas estavam nesse show , mas faltou outras verdadeiramente DIvas que iriam engrandecer com absoluta certeza o show: MARIA BETHANIA, GAL COSTA, SIMONE, MARISA MONTE e ainda MARIA RITA, ZÉLIA DUNCAN KD ELAS HEIN????!!!!! EU FIQUEI DECEPCIONADO, ELAS ENCHERIAM DE LUZ NO LUGAR DE MUITAS AI QUE NEM DEVERIAM ESTA AI!!!!!!

27 de maio de 2009 19:05  
Anonymous Anônimo said...

Celine Imbert (Quem é????), Claudia Leitte, Daniela Mercury,Fernanda Abreu,Sandy,e até mesmo Ivete Sangalo sao completamnete dispensavéis ai!!! Quem deveria ta ai como DIVAS era: MARIA BETHANIA, GAL COSTA, SIMONE, MARISA MONTE, e as novas divs como: MARIA RITA, ZÉLIA DUNCAN, VANESSA DA MATA, ROBERTA SÁ !!!!!! O show teria mais luz !!!

27 de maio de 2009 19:13  
Blogger Karen said...

"Já Adriana Calcanhotto, Marina Lima e Mart'nália fizeram bonito ao trazer o repertório de Roberto para seus (respectivos) universos musicais."

acrescentaria a esse grupo a Fernanda Abreu, que fez o mesmo.

e senti falta de Rita Lee e Maria Rita no palco também.

mas Paula tá lá, já me basta.

28 de maio de 2009 02:03  
Anonymous Tiago Conceição said...

Acho que a Sandy merecia uma música melhor na qual ela pudesse mostrar um pouco mais de sua potência vocal!

28 de maio de 2009 02:08  
Anonymous Anônimo said...

A ausência das 3 divas baianas Simone/Gal/Bethânia superou a presença de toda esse pessoal no palco...infelizmente!

28 de maio de 2009 07:16  
Anonymous Anônimo said...

A rita lee, deve participar de outro especial dele,só dedicado ao Rock.

28 de maio de 2009 10:37  
Anonymous Anônimo said...

E a Rosemary? Ela fez apresentação solo? Por que vc não comentou sobre ela?

28 de maio de 2009 15:14  
Anonymous Anônimo said...

Parabéns, Mauro. Isso é que é cobertura de show, com posts referentes a todas as cantoras.

Coisas assim realmente o tornam um crítico singular. E olha que não estou nem citando a qualidade habitual dos textos!

Um abraço!

28 de maio de 2009 15:49  
Anonymous Anônimo said...

Cadê o post sobre Rosemary? Será que foi tão indigno assim?

28 de maio de 2009 15:59  
Anonymous Anônimo said...

Mauro

Faltou o comentário da Rosemary... É discriminação??

28 de maio de 2009 17:26  
Anonymous Anônimo said...

Rosemary foi esquecida, por que?

28 de maio de 2009 21:00  
Anonymous Anônimo said...

Carlos Rennó também ignorou Rosemary em sua crítica sobre o show publicada na Folha de São Paulo. Acho que é discriminação sim.

28 de maio de 2009 21:50  
Blogger Adilson Marcelino said...

Onde está Rosemary??????????

29 de maio de 2009 02:02  
Anonymous Roberto. said...

Essa discussao sobre quem é ou quem nao é diva é totalmente irrelevante. Qualquer discussao em relacao à cantoras, empaca nesse ponto.
Seus comentários foram perfeitos, mas ter esquecido Rosemary, mesmo que de propósito, foi mesmo deselegante, Mauro!

29 de maio de 2009 02:53  
Anonymous Regina said...

Bom, Mauro, pelo que vc descreveu, e a julgar pelo que eu andei vendo no Youtube, essa tal "homenagem" ao "rei", provavelmente foi uma salada paupérrima e das mais aguadas. O elenco escalado não poderia ser mais contraditório e de gosto duvidoso. E qto às interpretações... meu Deus! Quase todas elas detonaram alguns dos clássicos. Ainda bem que boas cantoras como Gal Costa, Maria Bethânia ou Simone não estavam nessa roubada. Sorte delas.

29 de maio de 2009 03:38  
Anonymous Anônimo said...

Ainda está em tempo de reparar! Cadê a crítca da Rosemary?

29 de maio de 2009 09:35  
Anonymous Anônimo said...

Mauro, estamos aguardando pelo comentário sobre a Rosemary. Ignorando-a você demonstra desrespeito com a artista e com os leitores.

29 de maio de 2009 10:05  
Anonymous Anônimo said...

Celine Imbert é uma cantora lírica.

29 de maio de 2009 12:39  
Anonymous Anônimo said...

Será que não dá prá saber esse lance ao certo da Simone? Beta não foi pq tava ocupada, Gal pq tava viajando, Simone não foi convidada, depois foi convidada mas o patrocinador dela proibiu de ir. Seja a razão qual for o certo é que as tres baianas se livraram de um MICO!!

29 de maio de 2009 18:48  
Anonymous Andre said...

Um trabalho legal que faz parte de uma das fatias em comemoração aos 50 anos de carreira do maior astro da música brasileira de todos os tempos!

Roberto reina soberano e suas súditas o reverenciaram com a mesma classe que pisam em preconceitos e discriminações plantadas por corações tão medíocres!

30 de maio de 2009 22:21  
Anonymous Anônimo said...

Daniela arrasou neste show, foi a unica que inovou, com voz cativante, assim como Marina foi otima e adriana foi divina, as outras foram muito brega e cafonas. Marilia Pera foi simplesmente ridicula.

1 de junho de 2009 01:13  
Anonymous Anônimo said...

Assisti ontem pela tv, e foi uma surpresa! de fato o show foi lindo, deu um cala boca nos seca-pimenteiras de plantão.
Resumindo, todas fizeram muito bonito, com excessão da Sandy e Fernanda Abreu.
A melhor apresentação foi a da Alcione, que deu a melhor interpretação que eu já vi para a música que cantou.

1 de junho de 2009 08:52  
Anonymous Anônimo said...

Assisti ontem pela tv, e foi uma surpresa! de fato o show foi lindo, deu um cala boca nos seca-pimenteiras de plantão.(2)
Resumindo, todas fizeram muito bonito. EU ADOREI FERNANDA ABREU!
E Alcione é uma grande cantora mas estava BASTANTE ROUCA! Redimiu-se somente no final com os versos de Como é grande o meu amor por você! Abs,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

PS: Achei as críticas do Mauro demasiadamente severas. Até as baianas e a chata da Sandy me agradaram.
PS2: E o que foi Nana Caymmi e Ana Carolina? Fantásticas!

1 de junho de 2009 10:07  
Anonymous Anônimo said...

Era de se esperar que o show não fosse apresentado na íntegra, mesmo alguns jornais terem anunciado. Afinal, o objetivo é vender o DVD e CD...

Mas apresentarem dois números da Ivete Sangalo mostrando a barriga foi demais... Um desrespeito às demais cantoras que ficaram de fora...

De qualquer forma, o show me agradou de uma forma geral...

Sandy continua sim com voz infantil, mas mostrou maturidade e conseguiu emocionar com a sua interpretação...

Cláudia Leitte deveria ter cantado e não gritado...
Marília Pera me mostrou nervosismo e exagerou na interpretação...
Achei também que o preto de alguns modelitos não funcionou com o preto do cenário, a exemplo de Nana Caymmi, Alcione, Ana Carolina e até mesmo Marilia Pera...
Zizi Possi e Luiza mostraram delicadeza na interpretação da música "Canzone per Te", mas a música pareceu deslocada do contexto, até porque, pouco conhecida do repertório de Roberto Carlos.
Gostei também da interpretação solta de Fernada Abreu!!
Wanderléa e Daniela Mercury saíram bem na parceria...
As demais cantaram como era de se esperar... ou seja, foi previsível!!

Era isso

1 de junho de 2009 10:27  
Anonymous Anônimo said...

Da transmissão da Globo: achei lamentável terem deixado de fora Adriana Calcanhotto, Marina, Mart'nália, Celine Imbert e Rosemary. O que mais me frustrou, porém, foi terem cortado a apresentação solo de Zizi cantando "Proposta", que aguardava ansiosamente. Ivete Sangalo em dose dupla foi um exagero, Claudia Leite foi total constrangimento e Marília muito over. Fafá, Alcione e Nana Caymmi mandaram muito bem. Não foi lá nenhuma Brastemp, mas foi melhor do que eu esperava.

1 de junho de 2009 18:40  
Anonymous Anônimo said...

No meu comentário esqueci falar uma curiosidade sobre as óbvias três divas que não compareceram ao evento(Simone, Maria Bethânia, e Gal Costa).

Todas elas, exatamente na ordem acima, gravaram em épocas distintas um dos maiores sucessos na voz do Rei Roberto: "OUTRA VEZ", cuja autoria é de Isolda.

ANDRE

3 de junho de 2009 17:11  

Postar um comentário

<< Home