18 de março de 2009

Rei do funk dos 70, King Combo chega ao DVD

Um dos reis do funk e do soul cariocas projetados no movimento Black Rio da década de 70, Gerson King Combo chega ao DVD. O artista vai lançar em 2009 o DVD que gravou no fim de 2008 em show-baile feito com a banda Supergroove em Madureira, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). No registro ao vivo, Combo e o grupo recebem convidados como a cantora Andréa Dutra, o guitarrista Da Gama (ex-Cidade Negra) e o cantor Carlos Dafé, também revelado na onda black dos anos 70. O roteiro equilibra os clássicos de Combo - entre eles, os obrigatórios Funk Brother Soul e Mandamentos Black - com músicas mais recentes como Comunidade Positiva e Estou Voltando. A edição é independente.

5 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Um dos reis do funk e do soul cariocas projetados no movimento Black Rio da década de 70, Gerson King Combo chega ao DVD. O artista vai lançar em 2009 o DVD que gravou no fim de 2008 em show-baile feito com a banda Supergroove em Madureira, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro (RJ). No registro ao vivo, Combo e o grupo recebem convidados como a cantora Andréa Dutra, o guitarrista Da Gama (ex-Cidade Negra) e o cantor Carlos Dafé, também revelado na onda black dos anos 70. O roteiro equilibra os clássicos de Combo - entre eles, os obrigatórios Funk Brother Soul e Mandamentos Black - com músicas mais recentes como Comunidade Positiva e Estou Voltando. A edição é independente.

18 de março de 2009 15:05  
Anonymous Anônimo said...

Muito bom.
Salve o funk e soul brazuca!

Hyldon
Cassiano
Tim Maia
Toni Tornado
Simonal
Black Rio
Gerson King Combo

Essa galera mandou bem demais.

Jose Henrique

18 de março de 2009 17:19  
Blogger Janio Alcantara said...

Mauro,
Tem como saber quem serão o baixista e o baterista deste show/dvd?
Afinal, o swing se garante na velha cozinha.
Bom rever/ouvir, além do GKC, o Dafé.

19 de março de 2009 08:43  
Anonymous Felipe dos Santos Souza said...

Esse merece respeito. É lenda. Muitos aí devem até as calças ao que ele fez.

Saio lembrando algo que D2 também já lembrou:

"Amar como ama um black, brother
Falar como fala um black, brother
Andar como ama um black, brother
Usar sempre o cumprimento black, brother"

19 de março de 2009 17:16  
Anonymous Anônimo said...

Tem uma música que ele fala:
"Agora as menininhas"
Aí entra o backing feminino.
Em outra ele fala:
" Eu aconselho vc a gostar de mim, brother" em tom simpático e amigável.
Figuraçaaa!

Jose Henrique

20 de março de 2009 00:34  

Postar um comentário

<< Home