29 de setembro de 2010

Heart volta a bater forte no CD 'Red Velvet Car'

Resenha de CD
Título: Red Velvet Car
Artista: Heart
Gravadora: Eagle
Records / ST2
Cotação: * * * 1/2

Seis anos depois de lançar Jupiter's Darling (2004), álbum mediano que passou despercebido, o Heart volta à cena com revigorante disco de inéditas que vai fazer bater o forte o coração de fãs de hits como Barracuda, emplacado pelas irmãs Ann e Nancy Wilson. Red Velvet Car tem vigor - ainda que a balada bluesy que lhe dê título mostre que a voz de Ann perdeu parte do viço dos tempos áureos. Em Red Velvet Car, o Heart não nega seu dna, mas tampouco repete a fórmula dos anos 70, como sinaliza a batida meio grunge de WTF. Em essência, Red Velvet Car não é um disco de hard rock. Se Hey You evoca o universo folk com um toque de country, There You Go transita entre o blues e o soul. No todo, o álbum pende para o acústico por conta de faixas como Safronia's Mark, de clima folk. Ritmos e estilos à parte, Red Velvet Car deixa claro que o sangue ainda corre forte nas veias das irmãs Wilson, fazendo bombar o Heart.

1 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Seis anos depois de lançar Jupiter's Darling (2004), álbum mediano que passou despercebido, o Heart volta à cena com revigorante disco de inéditas que vai fazer bater o forte o coração de fãs de hits como Barracuda, emplacado pelas irmãs Ann e Nancy Wilson. Red Velvet Car tem vigor - ainda que a balada bluesy que lhe dê título mostre que a voz de Ann perdeu parte do viço dos tempos áureos. Em Red Velvet Car, o Heart não nega seu dna, mas tampouco repete a fórmula dos anos 70, como sinaliza a batida meio grunge de WTF. Em essência, Red Velvet Car não é um disco de hard rock. Se Hey You evoca o universo folk com um toque de country, There You Go transita entre o blues e o soul. No todo, o álbum pende para o acústico por conta de faixas como Safronia's Mark, de clima folk. Ritmos e estilos à parte, Red Velvet Car deixa claro que o sangue ainda corre forte nas veias das irmãs Wilson, fazendo bombar o Heart.

29 de setembro de 2010 07:24  

Postar um comentário

<< Home