19 de março de 2009

Neschling conduz a Osesp pelos choros de Villa

Após forte controvérsia, John Neschling acabou demitido do cargo de maestro da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo em janeiro de 2009. Contudo, a Osesp ainda pode ser ouvida sob a condução de Neschling na série de CDs Villa-Lobos - Choros, que vem sendo editada pelo selo Biscoito Clássico, o bom braço erudito da gravadora Biscoito Fino. O terceiro volume acaba de chegar às lojas com os choros de números 2, 3, 10 e 12 - além da Introdução aos Choros, composta em 1929 por Heitor Villa-Lobos (1887 - 1959) para violão e orquestra. A propósito, foi na década de 20 que o compositor se dedicou à composição de choros, sendo que os mais célebres são os reunidos na peça Choros Nº 10 - Rasga o Coração, composta em 1926. O CD traz no encarte um esclarecedor texto de Jorge Coli sobre essa parcela magistral (e bem menos conhecida) da obra de Heitor Villa-Lobos.

4 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Após forte controvérsia, John Neschling acabou demitido do cargo de maestro da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo em janeiro de 2009. Contudo, a Osesp ainda pode ser ouvida sob a condução de Neschling na série de CDs Villa-Lobos - Choros, que vem sendo editada pelo selo Biscoito Clássico, o bom braço erudito da gravadora Biscoito Fino. O terceiro volume acaba de chegar às lojas com os choros de números 2, 3, 10 e 12 - além da Introdução aos Choros, composta em 1929 por Heitor Villa-Lobos (1887 - 1959) para violão e orquestra. A propósito, foi na década de 20 que o compositor se dedicou à composição de choros, sendo que os mais célebres são os reunidos na peça Choros Nº 10 - Rasga o Coração, composta em 1926. O CD traz no encarte um esclarecedor texto de Jorge Coli sobre essa parcela magistral (e bem menos conhecida) da obra de Heitor Villa-Lobos.

19 de março de 2009 09:46  
Anonymous Anônimo said...

Oi mauro blz ? desculpe usar este post, não precisa publicar, só estou te mandando o set list do show que elba ramalho fez ontem no memorial ok , se alguem pedir:

01 - Beradeiro
02 - Gostoso demais
03 - A natureza das coisas
04 - Onde está você
05 - Noite severina
06 - vida de viajante
07 - neném mulher
08 - homem com h
09 - na base da chinela
10 - de volta pro aconchego
11 - ** música do cd Balaio de amor
12 - Me dá meu coração ( nova )
13 - Espumas ao vento / lembranças de um beijo
14 - retrato da vida
15 - chao de giz
16 - veja margarida
17 - o meu amor
18 - palavra de mulher
19 - folhetim
20 - banho de cheiro
BIS:
21 - COMO 2 E 2
22 - frevo mulher

Abraços do Eduardo Cáffaro. O show foi muito bom. Elba cantou acompanhada de César Silveira no acordeon, Elder Caldas ( num kit de bateria/percussão) e de Marcos Arcanjo , guitarra e violão. Um time da pesada que em momentos pareciam ser uma banda com 10 integrantes.

19 de março de 2009 11:17  
Anonymous Luc said...

Concordo. Os Choros são magistrais e muito brasileiros, com suas combinações instrumentais inusitadas. O famoso n.10 é muito influenciado por Stravinsky. A segunda parte traz um ostinato do coro, entremeado da modinha Rasga o Coração, de Catulo da Paixão Cearense. Quando falam em antropofagia, penso nesse Choro. Está disponível no You Tube com a própria OSESP. Ontem mesmo estava ouvindo.

Só alerto que é para quem curte a música clássica da primeira metade do século XX. Há muita dissonância, polirritmia e o esporro na conclusão é monumental.

19 de março de 2009 12:30  
Anonymous Roberto Murilo said...

Esse discos da OSESP com os Choros do Villa são o que se pode chamar de ítem obrigatório em qualquer coleção que tente ser representativa da música do Brasil.

24 de março de 2009 17:47  

Postar um comentário

<< Home