3 de outubro de 2007

Chak mostra vida inteligente no rock mexicano

Resenha de CD
Título: Lo que Vino
Artista: Chak
Gravadora: Warner Music
Cotação: * * * *

Na semana em que mostra ao Brasil o novo CD de estúdio de Manu Chao, La Radiolina, a Warner Music apresenta Lo que Vino, o álbum de estréia de Chak, nome artístico do cantor e compositor Carlos Hurtado. Tem tudo a ver. Quem ouvir um tema como Desierto - arranjado com os metais em brasa e uma pulsação que lembra grandes gravações de Chao - perceberá de imediato o paralelo entre os dois artistas. Chak - cujo nome artístico significa guerreiro vermelho no dialeto dos Mayas - é mexicano radicado em Cancún que faz vigoroso rock misturado com os ritmos locais de sua terra natal. El Tigre Tonto - um dos dez temas autorais do álbum - é exemplo perfeito da azeitada mistura. Chak, que aborda a situação dos índios latino-americanos na faixa-título do CD, Lo que Vino, exibe vida inteligente em músicas como Pum Pum, Las Nubes e Prefiero Tú (de inebriante levada pop). A efervescência rítmica latina permeia faixas com Caribito. Chak é o novo Chao?

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Se lembra Manu Chao, é interessante...
Apesar de La Radiolina naum ter recebido mtas criticas favoraveis... to curioso pra ouvir...

Bruno.

3 de outubro de 2007 17:23  

Postar um comentário

<< Home