19 de outubro de 2010

Selo Discobertas vai reeditar seis discos de Elza

Um dos dois títulos da discografia de Elza Soares que permanecem inéditos em formato digital (o outro é o obscuro álbum Senhora da Terra, lançado pela CBS em 1979), Somos Todos Iguais (Som Livre, 1985) ganha sua primeira reedição em CD dentro de série produzida por Marcelo Fróes para seu selo Discobertas. É o disco em que, entre sambas de Jorge Aragão e Martinho da Vila, Elza canta Cazuza (1958 - 1990) - Milagres, parceria com Frejat - e faz dueto com Caetano Veloso em versão em português de Sophisticated Lady (Duke Ellington) assinada por Augusto de Campos. Voltam ao catálogo com Somos Todos Iguais, em reedições avulsas, os quatro álbuns que a cantora gravou para a extinta gravadora Tapecar entre 1974 e 1977 - Elza Soares (1974), Nos Braços do Samba (1975), Lição de Vida (1976) e Pilão + Raça = Elza (1977) - e Voltei, editado em 1988 pela (também extinta) RGESó que estes cinco discos já tinham sido  relançados na caixa Negra - editada pela EMI Music em 2003, sob produção do próprio Marcelo Fróes - no formato dois em um

2 Comments:

Blogger Tiago said...

Mauro, ainda há um disco da Elza que permanece inédito: "Senhora da terra" de 1979 pela CBS, que a Sony/BMG prometeu relançar naquela série 'Tesouros da música' mas até agora não o fez.

19 de outubro de 2010 11:05  
Blogger Mauro Ferreira said...

Tiago, tem toda razão! Tinha me esquecido totalmente deste disco, muito obscuro e quase sempre omitido na discogragia de Elza. Gratíssimo pelo alerta, MauroF

19 de outubro de 2010 11:17  

Postar um comentário

<< Home