8 de julho de 2010

Preta edita 'Noite' em DVD e vai de Xuxa a Lulu

Preta Gil vai enfim editar em agosto de 2010 o seu primeiro DVD, que traz o registro ao vivo do show Noite Preta, sucesso no circuito gay. O show foi captado ao vivo em 20 de outubro de 2009 na boate carioca The Week (clique aqui para ler a resenha da gravação). Em Noite Preta ao Vivo, Preta apresenta  três músicas inéditas - Stereo (já fornecida por Ana Carolina ao longo da temporada), Meu Valor (tema composto pela própria Preta em parceria como Fábio Lessa e Ricardo Marins, dois músicos de sua banda) e A Coisa Tá Preta (parceria de Preta com Carlinhos Brown feita para o homônimo bloco da artista) - e incursiona pelos repertórios populistas de nomes como Aviões do Forró (Chupa que É de Uva), Psirico (Toda Boa), Perlla (Tremendo Vacilão) e Kelly Key (Baba). Preta também aborda sucessos de Lulu Santos (Tempos Modernos), Paralamas do Sucesso (Lourinha Bombril), Seu Jorge (São Gonça) e Xuxa (Doce Mel  - hit de Noite Preta desde a temporada inicial).

9 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Preta Gil vai enfim editar em agosto de 2010 o seu primeiro DVD, que traz o registro ao vivo do show Noite Preta, sucesso no circuito gay. O show foi captado ao vivo em 20 de outubro de 2009 na boate carioca The Week (clique aqui para ler a resenha da gravação). Em Noite Preta ao Vivo, Preta apresenta duas músicas inéditas - Stereo (já fornecida por Ana Carolina ao longo da temporada) e Meu Valor (tema composto pela própria Preta em parceria como Fábio Lessa e Ricardo Marins, dois músicos de sua banda) - e incursiona pelos repertórios populistas de nomes como Aviões do Forró (Chupa que É de Uva), Psirico (Toda Boa), Perlla (Tremendo Vacilão) e Kelly Key (Baba). Preta também aborda sucessos de Lulu Santos (Tempos Modernos), Paralamas do Sucesso (Lourinha Bombril), Seu Jorge (São Gonça) e Xuxa (Doce Mel, um hit de Noite Preta).

8 de julho de 2010 09:46  
Anonymous Anônimo said...

A gente até que tenta, mas tá difícil levar Preta Gil à sério como cantora. A voz é até bonitinha. Até daria pra respeitar a Preta se ela tivesse um repertório melhorzinho. O primeiro CD era bacana, mesmo sem voz imponente, dava pra ouvir de bom grado. Mas Preta não tem voz nem repertório. Segurar uma carreira musical só pq tem carisma e é espontânea e engraçadinha, com ese repertório tosco, pra mim, é muito pouco.

8 de julho de 2010 09:49  
Anonymous Anônimo said...

Quanta "qualidade" no repertório!!!!!

8 de julho de 2010 09:56  
Anonymous Anônimo said...

Ninguém precisa desse repertório cantado por alguém que parece estar em casa no seu karaokê. Dispensável

8 de julho de 2010 12:17  
Anonymous Anônimo said...

Gosto muito da Preta e do repertório dos 2 CD's dela, tem canções lindas, incluindo inéditas de gente como Calcanhotto e Moraes Moreira, pra escolher repertório de disco de estúdio ela se saiu bem, mas de show e pra esse DVD num deu...STEREO é legalzinha até, a cara dela, mas esses covers são de doer!

8 de julho de 2010 13:13  
Blogger Edivaldo said...

Na boa, ninguém vai na Noite Preta ou "consome" a mesma por sua música. É apenas e suficientemente pelo momento de graça, ali.

8 de julho de 2010 13:37  
Anonymous Anônimo said...

Mil vezes uma radiola de fichas à Preta.

8 de julho de 2010 16:25  
Blogger André Luís said...

Um repertório desses aí é de doer! Dispenso...

9 de julho de 2010 09:51  
Blogger Jorge Reis said...

Parafrasenado a personagem "COPÈLIA", prefiro não comentar...
Tem gosto pra tudo...

9 de julho de 2010 18:47  

Postar um comentário

<< Home