4 de julho de 2010

Discobertas relança discos de Beth na Tapecar

Gravadora fundada no Brasil no começo dos anos 70 pelo espanhol Manolo Camero, de atuação relevante no mercado fonográfico daquela década, a Tapecar vai ter reeditados alguns títulos de seu catálogo pelo gravadora Discobertas. O acordo firmado entre Camero e Marcelo Fróes - diretor de Discobertas - começa com as reedições dos três álbuns gravados por Beth Carvalho na Tapecar entre 1973 e 1975. Canto por um Novo Dia (1973 - capa acima à esquerda), Pra seu Governo (1974) e Pandeiro e Viola (1975) vão voltar às lojas - em reedições incrementadas com textos sobre os discos - até outubro deste ano de 2010. Os três álbuns já haviam sido reeditados no formato de CD na década de 90, só que há anos estavam fora de catálogo em suas edições avulsas (os dois primeiros estão disponíveis numa série 2 em 1 da EMI Music). Em repouso por conta de problema de saúde que a fez adiar CD de inéditas para 2011, Beth Carvalho avaliza as reedições.

8 Comments:

Anonymous Leandro said...

"Canto por um novo dia" e "Pra seu governo" não estão fora de catálogo... Fazem parte da série "2em 1" da EMI, bem fácil de achar.

4 de julho de 2010 14:34  
Blogger Mauro Ferreira said...

Tem razão, Leandro. Eu me referia às edições avulsas. Grato, MauroF

4 de julho de 2010 14:44  
Anonymous Leandro said...

Seria ótimo se fossem relançados também os discos da Beth Carvalho dos anos 70 na RCA, também fora de catálogo, como "De pé no chão" e "Beth Carvalho no pagode"(que tem a mais bonita versão de "Andança").

4 de julho de 2010 15:22  
Anonymous Anônimo said...

Excelente de presente e sai no mês do meu aniversário. Vou comprá-los, pois só os tenho em lp e na versão 2 em 1 do cd.
Abraços,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

PS: E Pandeiro e Viola sem dúvida é um dos grandes álbuns da Rainha do Samba.

4 de julho de 2010 20:09  
Anonymous Anônimo said...

Espero que no encarte tenham as letras das músicas. Lamento pelo adiamento do cd de inéditas, mas desejo MUITA SAÚDE e estimo as melhoras da minha cantora. Abs,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

E retificando: Excelente presente ...

4 de julho de 2010 21:04  
Anonymous Anônimo said...

Outros discos de carreira que mereceriam a volta ao catálogo são:
Intérprete (1991), Saudades da Guanabara (1989) e Alma do Brasil (1988) e os ainda inéditos: Coração Feliz (1984) e Ao vivo em Montreaux (1987).
Aliás, a fase áurea TODA da BMG também mereceria uma volta (De Mundo Melhor, de 76 ao já citado de Montreaux).
Abs,

Marcelo Barbosa - Brasília (DF)

5 de julho de 2010 11:01  
Anonymous Anônimo said...

Já que Marcelo Fróes pegou os direitos para reeditar os discos da Tapecar, tomara que ele se lembre do único inédito dos Novos Baianos "CAIA NA ESTRADA E PERIGAS VER" de 1976.

Aguardo este junto com os de Beth.

6 de julho de 2010 11:38  
Anonymous Anônimo said...

Marcelo, como sempre, falou tudo.

Luiz Leite - Belém/PA.

6 de julho de 2010 14:13  

Postar um comentário

<< Home