15 de junho de 2010

Ivan revive parceria com Vítor em CD holandês

Ivan Lins estreita os seus laços fonográficos com a Holanda. Quase dois anos após gravar disco ao vivo com a big-band Metropole Orchestra, em julho de 2008, o cantor lança no país europeu Intimate, CD de repertório essencialmente inédito em que retoma sua parceria com Vítor Martins. Gravado na Holanda pela Wedge View Music, com produção do baixista de jazz Ruud Jacobs, o disco Intimate tem lançamento no Brasil previsto para o segundo semestre de 2010 e vai ganhar edição em espanhol no mercado de língua hispânica. No álbum, de nítido alcance global, o compositor brasileiro recebe convidados internacionais como o uruguaio Jorge Drexler (com quem compôs e gravou a faixa Diadema), o grupo vocal norte-americano Take 6, o cantor espanhol Alejandro Sanz, o trompetista alemão Till Brönner e as cantoras holandesas Trijntje Oosterhuis e Laura Fygi. Além das músicas inéditas compostas com Vítor Martins, Ivan registra em Intimate parcerias com Chico Buarque (Sou Eu - o samba que foi parar nas mãos de Simone, mas que, por decisão de Chico, acabou sendo lançado por Diogo Nogueira em CD de 2009), Celso Viáfora (A Cor do Pôr-do-Sol) e Francisco Bosco (Dandara).

5 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Ivan Lins estreita os seus laços fonográficos com a Holanda. Quase dois anos após gravar disco ao vivo com a big-band Metropole Orchestra, em julho de 2008, o cantor lança no país europeu Intimate, CD de repertório essencialmente inédito em que retoma sua parceria com Vítor Martins. Gravado na Holanda pela Wedge View Music, com produção do baixista de jazz Ruud Jacobs, o disco Intimate tem lançamento no Brasil previsto para o segundo semestre de 2010 e vai ganhar edição em espanhol no mercado de língua hispânica. No álbum, de nítido alcance global, o compositor brasileiro recebe convidados internacionais como o uruguaio Jorge Drexler (com quem compôs e gravou a faixa Diadema), o grupo vocal norte-americano Take 6, o cantor espanhol Alejandro Sanz, o trompetista alemão Till Brönner e as cantoras holandesas Trijntje Oosterhuis e Laura Fygi. Além das músicas inéditas compostas com Vítor Martins, Ivan registra em Intimate parcerias com Chico Buarque (Sou Eu - o samba que foi parar nas mãos de Simone, mas que, por decisão de Chico, acabou sendo lançado por Diogo Nogueira em CD de 2009), Celso Viáfora (A Cor do Pôr-do-Sol) e Francisco Bosco (Dandara).

15 de junho de 2010 11:28  
Anonymous Diogo ! said...

Caberia aí Barbra Streisand,Sting,Jamie Cullum,Pablo Milanes e Michael Bublé entre outros. Ivan Lins nos devia há anos um album globalizado. Seria esse ?


Alejandro Sanz e Ivan já concorreram diretamente em algumas edições do Grammy Latino - em 2002 Sanz ganhou do brasileiro com seu " MTV Unplugged ". Que ouvir esse dueto!



PS: " Dandara " é outra canção ou a mesma gravada por ele - com Simone - no album " Baiana da Gema " ?




Um abraço a todos
Sucesso ao Ivan Lins
Diogo Santos

15 de junho de 2010 18:08  
Blogger Mauro Ferreira said...

É a mesma, claro, Diogo. Abs, MauroF

15 de junho de 2010 18:13  
Anonymous Diogo! said...

Ok,Mauro

Mil desculpas pela desatenção.Você de fato pôs que " Além das músicas inéditas compostas com Vítor Martins, Ivan registra em Intimate parcerias ... " no post.


Aquele abraço!
Seu fiel leitor
Diogo Santos

16 de junho de 2010 08:14  
Anonymous Júlio said...

quais os nomes das inéditas do vitor?

16 de junho de 2010 18:36  

Postar um comentário

<< Home