23 de junho de 2010

'Curriculum' de Érika em disco está incompleto

Em 1995, em pleno domínio da axé music, Érika Martins desafiou o regime vigente em Salvador (BA) e formou na capital baiana a banda de pop rock Penélope Charmosa. De duração efêmera, a banda - que logo limou o Charmosa do nome para evitar um embate judicial com a empresa dona dos direitos do homônimo desenho animado - gravou três álbuns e saiu de cena em 2004, detonando a carreira solo de Érika na cena indie. Curriculum - coletânea editada pelo selo Discobertas neste mês de junho de 2010 - resume em 18 faixas a trajetória da vocalista. Com direito a uma gravação inédita, Waiting for my Song, jingle cantado pela argentina Micaela Vita. Entre fonogramas da Penélope (Holiday, Namorinho de Portão, Caixa de Bombom, Não Vou Ser Má) e de Lafayette & Os Tremendões (Pare o Casamento), grupo carioca do qual a artista faz parte, Curriculum lista encontros de Érika com nomes como Herbert Vianna (Inbetween Days), Arnaldo Antunes (o sucesso infantil Superfantástico), Biquini Cavadão (Educação Sentimental II), Os Raimundos (A Mais Pedida) e Avellar Love (A Fórmula do Amor, em registro ao vivo captado em show no Circo Voador, no Rio de Janeiro - RJ), entre outros artistas da cena pop. Mas a coletânea peca por omitir fonogramas do primeiro CD solo de Érika Martins, editado em 2009 pelo selo Toca Discos. Ou seja, apesar da ótima seleção, o Curriculum de Érika está incompleto.

6 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Em 1995, em pleno domínio da axé music, Érika Martins desafiou o regime vigente em Salvador (BA) e formou na capital baiana a banda de pop rock Penélope Charmosa. De duração efêmera, a banda - que logo limou o Charmosa do nome para evitar um embate judicial com a empresa dona dos direitos do homônimo desenho animado - gravou três álbuns e saiu de cena em 2004, detonando a carreira solo de Érika na cena indie. Curriculum - coletânea editada pelo selo Discobertas neste mês de junho de 2010 - resume em 18 faixas a trajetória da vocalista. Com direito a uma gravação inédita, Waiting for my Song, jingle cantado pela argentina Micaela Vita. Entre fonogramas da Penélope (Holiday, Namorinho de Portão, Caixa de Bombom, Não Vou Ser Má) e de Lafayette & Os Tremendões (Pare o Casamento), grupo carioca do qual a artista faz parte, Curriculum lista encontros de Érika com nomes como Herbert Vianna (Inbetween Days), Arnaldo Antunes (o sucesso infantil Superfantástico), Biquini Cavadão (Educação Sentimental II), Os Raimundos (A Mais Pedida) e Avellar Love (A Fórmula do Amor, em registro ao vivo captado em show no Circo Voador, no Rio de Janeiro - RJ), entre outros artistas da cena pop. Mas a coletânea peca por omitir fonogramas do primeiro CD solo de Érika Martins, editado em 2009 pelo selo Toca Discos. Ou seja, apesar da ótima seleção, o Curriculum de Érika está incompleto.

23 de junho de 2010 11:32  
Anonymous Anônimo said...

Antes de Pitty ...

23 de junho de 2010 14:17  
Anonymous eliana souza menezes said...

érika é uma excelente cantora, tem assinatura e faz parte da história musical do Brasil. o cd solo dela é maravilhoso!amuUUUUUU!bjs, eliana

23 de junho de 2010 14:53  
Anonymous Fernando Freitas said...

é claro que tinha que ser antes da Pitty, ela fez sucesso muito antes, desbravou o caminho.
vida longa para Érika. sou fã!
abraço,
Fernando

23 de junho de 2010 15:11  
Blogger bolg de fã said...

eu gosto muito dela acho uma cantora maravilhosa tenho certeza de que vem muito mais por ai sei de que ela é capaz de fazer muito sucesso pra ela

23 de junho de 2010 16:10  
Anonymous Otaviano said...

Faltou "Sacarina"!!!!

23 de junho de 2010 16:19  

Postar um comentário

<< Home