27 de maio de 2010

Ney grava ao vivo o show 'Beijo Bandido' no Rio

Ney Matogrosso vai gravar ao vivo o show Beijo Bandido para edição em DVD. O registro vai ser feito no Rio de Janeiro (RJ) no início do segundo semestre de 2010. O lançamento do DVD está programado pela EMI Music para o mesmo semestre. Aliás, Ney - visto no post em foto de Mauro Ferreira - recebeu recentemente das mãos do presidente da gravadora, Marcelo Castello Branco, o DVD de Ouro pelas vendas já superiores a 25 mil cópias do vídeo com o registro de seu espetáculo anterior, Inclassificáveis. 10!

8 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Ney Matogrosso vai gravar ao vivo o show Beijo Bandido para edição em DVD. O registro vai ser feito no Rio de Janeiro (RJ) no início do segundo semestre de 2010. O lançamento do DVD está programado pela EMI Music para o mesmo semestre. Aliás, Ney - visto no post em foto de Mauro Ferreira - recebeu recentemente das mãos do presidente da gravadora, Marcelo Castello Branco, o DVD de Ouro pelas vendas já superiores a 25 mil cópias do vídeo com o registro de seu espetáculo anterior, Inclassificáveis. 10!

27 de maio de 2010 18:04  
Anonymous Anônimo said...

Esse show merece registro. É limpo, enxuto e mostra o verdadeiro cantor que é Ney. Ele só deveria aumentar o repertório, senão vai ficar uma cópia exata do cd - só que AO VIVO.

27 de maio de 2010 18:05  
Blogger Thiago Augusto Corrêa said...

E qual show hoje não se registra ao vivo? Principalmente os do Ney Matogrosso, talvez um dos recordistas de dvds musicais.

Sorte que ele tem shows sempre bons e coesos.

28 de maio de 2010 00:00  
Anonymous Felipe said...

Arranjos sofisticados, iluminação linda, interpretações arrepiantes... A apresentação de "Beijo Bandido" no Teatro Bradesco, em Sampa, foi deslumbrante e inesquecível. Esse aguardado DVD é uma boa oportunidade p/ registrar tbem as belas canções que não entraram no cd, como a deliciosa salsa "Incinero" e o "Poema dos olhos da amada", entre outras pérolas.

28 de maio de 2010 01:42  
Anonymous Anônimo said...

Aquele telão passando imagens de Ney ao fundo, durante o show, era constrangedor. As pessoas têm mania de dizer que os shows do Ney são sempre maravilhosos. E realmente são. Mas esse "Beijo Bandido" foi o mais fraco que vi de toda a sua carreira. E eu assisti a todos, desde os tempos dos Secos e Molhados.

28 de maio de 2010 13:31  
Anonymous Py said...

Thiago,quando se trata de Ney e Bethânia os 'emepebistas ortodoxos' se fazem de moucos e não reclamam da redundância desses ao vivos

28 de maio de 2010 14:33  
Anonymous Anônimo said...

Engraçado como as pessoas tem opiniões tão diferentes. Eu já adorei esse show do Ney. Justamente por ele ter podado os excessos, fantasias, brilho... É um recital com uma sofisticação de luzes e imagens. Simples e que valoriza a sua voz e sua interpretação. Além do repertório ser um dos melhores q ele já apresentou. Que venha logo o DVD.

29 de maio de 2010 07:10  
Blogger Da Matta said...

Eu demorei a entrar no clima deste álbum. Durante minhas viagens de ônibus do ano passado, ficava ouvindo e, em um momento, as músicas entraram em mim. Hoje sou grande admirador das canções... até de fascinação... E o show foi ótimo, destaco "as ilhas", "tango para tereza" e "à distância".
Na verdade eu esperava algumas surpresas no show, mas vendo os dvds de "inclassificáveis" e me lembrando de "canto em qualquer canto", percebi que as maiores surpresas mesmo são as poucas mudanças nas ordens das músicas em relação ao cd. Ainda assim, a interpretação de Ney toma conta da nossa antenção durante a apresentação.
Que venha o dvd...

29 de maio de 2010 21:53  

Postar um comentário

<< Home