30 de maio de 2010

Gal faz sua festa do interior no São João de Gil

Um ano depois de ter retornado aos palcos cariocas em show da cantora norte-americana Dionne Warwick, Gal Costa voltou a cantar no Rio de Janeiro (RJ). Com seu cristal ainda luminoso, a cantora marcou bela presença no arraial comandado por Gilberto Gil na Quinta da Boa Vista, no encerramento do evento São João Carioca. Uma das convidadas mais esperadas do show coletivo apresentado na noite de 29 de maio de 2010, Gal estava à vontade no clima junino, cantando na companhia do cantor De Onde Vem o Baião? - tema do próprio Gil que gravou em seu álbum Água Viva (1978). Na sequência, a cantora acelerou o pique ao fazer sua Festa do Interior no São João de Gil. O frevo de Moraes Moreira e Abel Silva - lançado pela artista com sucesso nacional no álbum Fantasia (1981) - foi apimentado com o tempero da guitarra baiana. Gal - vista com Gil em foto de Christian Rôças, extraída da página do cantor no Flickr - ajudou a animar a festa.

23 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Um ano depois de ter retornado aos palcos cariocas em show da cantora norte-americana Dionne Warwick, Gal Costa voltou a cantar no Rio de Janeiro (RJ). Com seu cristal ainda luminoso, a cantora marcou bela presença no arraial comandado por Gilberto Gil na Quinta da Boa Vista, no encerramento do evento São João Carioca. Uma das convidadas mais esperadas do show coletivo apresentado na noite de 29 de maio de 2010, Gal estava à vontade no clima junino, cantando na companhia do cantor De Onde Vem o Baião? - tema do próprio Gil que gravou em seu álbum Água Viva (1978). Na sequência, a cantora acelerou o pique ao fazer sua Festa do Interior. O frevo de Moraes Moreira e Abel Silva - lançado pela artista com sucesso nacional no LP Fantasia (1981) - foi apimentado com o tempero da guitarra baiana. Gal é luxo só!!

30 de maio de 2010 11:43  
Anonymous Anônimo said...

Ai Ai Ai Gal sempre Gal!!!
A figura dela é um luxo! Diva mesmo!
Como canta essa mulher viu!!!
A presença dela é sempre um luxo mesmo!
A cantora mais chic da MPB!

30 de maio de 2010 12:06  
Anonymous Luiz said...

Nossa, valeria a pena ter ido só pra escutar Gal Costa. E ela me parece estar muito bem e com uma voz, com certeza, perfeita. Saudade..

30 de maio de 2010 12:50  
Anonymous Anônimo said...

Ola Mauro,
Era vc de camisa amarela no metrô???? Hheheheheheh. Enfim... Fui no Arraial por dois motivos: Gal e canjica. Mas na falta da iguaria, o canto de Gal me sustentou! Grata surpresa ela cantar "De onde vem o baião", linda canção de Gil gravada no último grande disco da diva. Luxo! Queria falar sobre a Martnália, mas vc sempre veta, então fiquemos por aqui.

30 de maio de 2010 14:49  
Anonymous Thiago said...

Eu fui ao show e posso dizer que a Gal tá muito bem mesmo... Cantou lindamente. Mas o que a Alcione fez com aquela multidão foi impressionante... Ela foi ovacionada no fim da apresentação!

30 de maio de 2010 14:50  
Blogger Vagner Amaro said...

Gal Costa cantar de onde vem o baião foi realmente um presente e Alcione realmente eletrizou a platéia.

31 de maio de 2010 08:30  
Anonymous Anônimo said...

Alguém pode explicar q roupa era essa de Gal??????? Horrível!!

31 de maio de 2010 08:39  
Blogger Jorge Reis said...

Me reportando a Buarque:

Sábios em vão
Tentarão decifrar
O eco de antigas palavras
Fragmentos de cartas, poemas
Mentiras, retratos
Vestígios de estranha civilização...


É o sentimento que traduz a falta de sua voz...
Que posso fazer, fui mal acostumado, não me satisfaço com menos...

31 de maio de 2010 15:38  
Anonymous Anônimo said...

A roupa da Gal Costa realmente estava um caos, parece que ela entrou com a mesma roupa que usou no ensaio. Mas a voz está muito boa e a presença também.

31 de maio de 2010 21:11  
Blogger douglascigarramarron said...

Alcione é popularissíma no Rio até bolo no aniversário da cidade ela cortou ano passado,nada mais natural ela ser ovacionada ,fora q ela cantar pagode russo e frevo mulher é um luxo.
gal estamos ansiosos por tua volata definitiva aos palcos e discos,seu cristal chamdo d evoz é sempre um presente para nós.

31 de maio de 2010 22:10  
Blogger NILCÉA said...

Fiquei muito emocionada sábado!!
Gal Costa estava sublime como sempre!!
Sua presença encheu o palco e tenho certeza,a todos os corações de quem esteve nesse show.
Sinto falta de mais Gal nas rádios.
Espaço para essa Deusa da MPB Já!!!

31 de maio de 2010 23:16  
Anonymous Anônimo said...

A mim pouco importa a roupa que Gal veste. Sua voz é única e inigualável. Quem dera ela voltasse a cantar como antes, regularmente e não apenas participações. Dias atrás estive revendo/ouvindo o seu show com Tom Jobim em Los Angeles. Extraí tanto prazer da sua participação -especialmente na canção DINDI- que só me faltou o orgasmo (rsrs). Sério.

1 de junho de 2010 18:39  
Anonymous Anônimo said...

Mas a Gal de hoje, não é a Gal do DVD com o Jobim e Los Angeles. Aquela Gal de flor no cabelo e uma voz quase além de humana, realmente faz qualquer um gozar. A Gal de hoje é apenas uma cantora com uma técnica irrepreensível e uma voz interessante. Temos cantoras mais jovens que a superam, como Marisa Monte, por exemplo.

1 de junho de 2010 22:03  
Anonymous Anônimo said...

Marisa Monte não supera Gal nem qdo teve seu auge. Marisa não tem fôlego e nem timbre bonito. Gal ainda canta bonito, mas não lembra nem de longe a época do Plural e nem do Gato de Alice.

2 de junho de 2010 09:02  
Blogger Jorge Reis said...

Temos cantoras mais jovens que a superam, como Marisa Monte, por exemplo.1 de junho de 2010 22:03

mas não lembra nem de longe a época do Plural e nem do Gato de Alice.
2 de junho de 2010 09:02

Me reportando a João Bosco:
SABIOS COSTUMEM MENTIR...

RESPEITEM GAL É UMA ENTIDADE DA MPB.

2 de junho de 2010 16:02  
Blogger douglascigarramarron said...

Dificilmente nascera em nosso solo uma cantora que supere gal,inda masi dessa geração apática de hoje.

2 de junho de 2010 19:45  
Anonymous Anônimo said...

A última grande geração de cantoras da MPB foi a geração de Gal. Depois foi só sobremesa. Pseudo sambistas e cantoras cool sem nada a acrescentar, apenas um canto bonitinho. Com raríssimas exceções, como Zizi Possi e Maria Rita.

2 de junho de 2010 22:15  
Anonymous Anônimo said...

Existem cantoras atuais que superam a Gal atual, mas não existem cantoras atuais que superam a Gal dos anos 70. É simples, só não enxergam isso os fãs cegos.

2 de junho de 2010 22:25  
Anonymous Anônimo said...

Existem cantoras atuais que superam a Gal atual, mas não existem cantoras atuais que superam a Gal dos anos 70. (2)
Essa afirmação - infelizmente - é verdadeira!!! Gal perdeu a mobilidade e a brejeirice que tinha.

3 de junho de 2010 09:12  
Blogger Jorge Reis said...

Então tá combinado, vamos esperar que as cantoras atuais completem sessenta anos e voltamos a conversar.Estaá bom assim ?

3 de junho de 2010 13:09  
Anonymous Anônimo said...

Quando as cantoras atuais fizerem 60 anos, existirão novas cantoras que a superarão. É a vida. Robinho joga mais que Pelé.

3 de junho de 2010 20:40  
Anonymous Antônio Mineiro said...

A comparação com Robinho/Pelé é incabível. Pelé nem joga mais e ao que eu sei Gal ainda canta (E AINDA É A MAIOR CANTORA VIVA DO BRASIL AO LADO DE BETHÂNIA) e não pretende "pendurar as chuteiras" tão cedo para nossa felicidade.
Mania que as pessoas tem de achar que o mundo começou quando nasceram.

5 de junho de 2010 01:46  
Blogger Jorge Reis said...

Antônio Mineiro disse...
A comparação com Robinho/Pelé é incabível.
Tinha combinado comigo mesmo, não mais replicar, achei que era perda de tempo, mas, veio de Minas Gerais o ouro do raciocínio, BOM FINAL DE SEMANA.

5 de junho de 2010 13:19  

Postar um comentário

<< Home