17 de março de 2010

Coletânea dupla festeja bicentenário de Chopin

Gold - a coletânea dupla que a Universal Music está lançando no mercado brasileiro neste mês de março de 2010, sob licença da gravadora alemã Deutsche Grammophon - foi idealizada para comemorar o bicentenário de nascimento de Frédéric Chopin (1810 - 1849), o compositor polonês da era romântica que norteou sua obra pelo piano. Gold rebobina 32 gravações que cobrem um período que vai de 1954 a 2009. Pianista brasileiro de fama mundial, Nelson Freire figura no time de intérpretes da compilação com gravações de Etude in E Major e Etude in C Sharp Minor. Pena não trazer um ensaio sobre Chopin...

3 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Gold - a coletânea dupla que a Universal Music está lançando no mercado brasileiro neste mês de março de 2010, sob licença da gravadora alemã Deutsche Grammophon - foi idealizada para comemorar o bicentenário de nascimento de Frédéric Chopin (1810 - 1849), o compositor polonês da era romântica que norteou sua obra pelo piano. Gold rebobina 32 gravações que cobrem um período que vai de 1954 a 2009. Pianista brasileiro de fama mundial, Nelson Freire figura no time de intérpretes da compilação com gravações de Etude in E Major e Etude in C Sharp Minor. Pena não trazer um ensaio sobre Chopin...

17 de março de 2010 11:33  
Anonymous barci said...

Nelson Freire é mais!

17 de março de 2010 14:32  
Anonymous Roberto Murilo said...

Chopin é figura fundamental no desenvolvimento da música brasileira, especialmente aquela na fronteira entre o clássico e o popular e que foi formatada no final do século XIX. Jobim dizia que ele foi o primeiro chorão da História. Mas a primeira grande notícia desse "ano Chopin" é o lançamento no Brasil do CD-Duplo em que Nelson Freire toca os Noturnos.Selo Decca.

17 de março de 2010 21:44  

Postar um comentário

<< Home