10 de março de 2010

Ode a Cassiano, 'Cedo ou Tarde' ganha reedição

Um dos gênios da soul music nacional, Cassiano esboçou a partir da década de 70 uma carreira fonográfica que logo empacou, após três álbuns lançados entre 1971 e 1976. Cedo ou Tarde - o disco do artista ora reeditado na série Caçadores de Música, da Sony Music - foi tentativa vã de trazer Cassiano à tona com regravações de suas principais músicas em duetos com notórios admiradores de sua obra. Lançado já no formato de CD em 1991, para festejar os 20 anos da edição do primeiro LP do compositor de Primavera, Cedo ou Tarde aglutinou participações de peso na ficha técnica. A começar por Marisa Monte, convidada da boa faixa-título. Discípulo ardoroso do mestre, Ed Motta soltou a voz em Know-How. Já Luiz Melodia dividiu Salve Essa Flor com Cassiano, engrossando time que contou também com Djavan (em Coleção, um dos poucos hits populares do compositor), Claudio Zoli (em A Lua e Eu, o outro sucesso de Cassiano) e Sandra de Sá (numa esmaecida Primavera). Prefira os álbuns da década de 70...

6 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Um dos gênios da soul music nacional, Cassiano esboçou a partir da década de 70 uma carreira fonográfica que logo empacou, após três álbuns lançados entre 1971 e 1976. Cedo ou Tarde - o disco do artista ora reeditado na série Caçadores de Música, da Sony Music - foi tentativa vã de trazer Cassiano à tona com regravações de suas principais músicas em duetos com notórios admiradores de sua obra. Lançado já no formato de CD em 1991, para festejar os 20 anos da edição do primeiro LP do compositor de Primavera, Cedo ou Tarde aglutinou participações de peso na ficha técnica. A começar por Marisa Monte, convidada da boa faixa-título. Discípulo ardoroso do mestre, Ed Motta soltou a voz em Know-How. Já Luiz Melodia dividiu Salve Essa Flor com Cassiano, engrossando time que contou também com Djavan (em Coleção, um dos poucos hits populares do compositor), Claudio Zoli (em A Lua e Eu, o outro sucesso de Cassiano) e Sandra de Sá (numa esmaecida Primavera). Prefira os álbuns da década de 70...

10 de março de 2010 11:48  
Anonymous Anônimo said...

Sim, concordo com o Mauro. Sou fã do Cassiano e esse "Cedo ou Tarde" (que poderia ter sido chamado "Antes tarde do que nunca") é válido pelo esforço empreendido e para quem é fã, mas é um disco mais do produtor Liber Gadelha do que mesmo do próprio Cassiano. Busquem os 3 lançados nos 70 ou a primorosa coletânea "Coleção" compilada pelo Ed Motta.
Abs,
Ricardo Guima
Ps.: Mauro, aproveito para informar que não consigo postar meus comentários com meu nome de usuário, por isso tenho postado como anônimo. Curioso é que isso só acontece no seu blog, alguma explicação?

10 de março de 2010 12:38  
Blogger Mauro Ferreira said...

Ricardo, não tenho a menor ideia do que possa estar ocorrendo, já que outros membros do blogspot estão comentando logados, como é possível ver nos comentários dos recentes posts sobre Baltar e Gal. De qualquer forma, grato por sua participação sempre construtiva.
abs, MauroF

10 de março de 2010 12:45  
Anonymous Anônimo said...

Mauro a gravação com Sandra de Sá é esmoecida, sim. Mas é gostosa de se ouvir regada a uma cerveja, enquanto a de Marisa é pra acabar com tudo. Na época lembro-me bem, que coleção com Djavan, era interessante por trazer uma grande música de volta, e que, ficou legal. Mas hoje creio que é um disco que ficou prá trás, não merecia reedição. Augusto Flávio - Petrolina - Pe

10 de março de 2010 16:27  
Anonymous Anônimo said...

Melhor seria se tivessem relançado o primeirão "Imagem e Som", na época lançado pela RCA...

10 de março de 2010 19:53  
Blogger claudio said...

Tenho este cd e ovejo como um disco irregular. Cassiano na época já não estava tão bem de saúde e sua voz limitada, apesar de ele saber usar muito bem o que tem em mãos. Um amigo meu que esteve na gravação do dueto de Djavan com Cassiano me confidenciou que ocantor alagoano tomou um susto(bom) quando ouviu a interpretação de Cassiano, mudando a linha vocal gravada nos anos 70. Vale ressaltar os músicos que tocaram neste disco. Só tem cobra criada e alguns arranjos são ótimos. Mas, como disse, é um disco irregular na minha modesta opinião...

11 de março de 2010 09:36  

Postar um comentário

<< Home