12 de janeiro de 2010

Trio Esperança vai de Bach (e Beatles) a Jobim

De volta ao mercado fonográfico após onze anos, o Trio Esperança lança esta semana na França o álbum De Bach a Jobim. Radicadas na França desde os anos 80, as irmãs Eva, Mariza e Regina entoam repertório majoritariamente brasileiro que agrega músicas de Edu Lobo (Upa Neguinho), Tom Jobim (Desafinado - parceria com Newton Mendonça - e Samba do Avião), Renato Teixeira (Romaria) e Chico Buarque (Joana Francesa). Em De Bach a Jobim, o trio aborda também o cancioneiro dos Beatles, regravando Penny Lane e Blackbird. O álbum anterior do Trio Esperança, Nosso Mundo, foi editado em 1999 sem repercussão.

2 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

De volta ao mercado fonográfico após onze anos, o Trio Esperança lança esta semana na França o álbum De Bach a Jobim. Radicadas na França desde os anos 80, as irmãs Eva, Mariza e Regina entoam repertório majoritariamente brasileiro que agrega músicas de Edu Lobo (Upa Neguinho), Tom Jobim (Desafinado - parceria com Newton Mendonça - e Samba do Avião), Renato Teixeira (Romaria) e Chico Buarque (Joana Francesa). Em De Bach a Jobim, o trio aborda também o cancioneiro dos Beatles, regravando Penny Lane e Blackbird. O álbum anterior do Trio Esperança, Nosso Mundo, foi editado em 1999 sem repercussão.

12 de janeiro de 2010 10:58  
Blogger Sandro CS said...

Nossa, Trio Esperança é DEMAIS (no melhor dos sentidos)! A voz e sensibilidade de Evinha são algo impossível de ser expressado em meras palavras. Só ouvindo mesmo.
Acho incrível que tantos valores da nossa cultura dessa mesma geração continuem esquecidos ou menosprezados pela crítica e grande público. Nomes como Claudia Telles, Jane Duboc, que estão na ativa, lançando discos com enorme esforço (por falta de apoio, inclusive financeiro) passam ao largo dos grandes meios de divulgação.
Mesmo uma rádio específica como a MPB-FM (do RJ) repete o ciclo de tocar sempre a mesma coisa (incluindo uma overdose de Wilson Simonal que, cá entre nós, já deu!).
Mais variedade (a todos), por favor!

13 de janeiro de 2010 15:30  

Postar um comentário

<< Home