5 de janeiro de 2010

Daniela badala música que festeja os 60 do trio

Foi no Carnaval de 1950 que os pioneiros Dodô & Osmar desfilaram na Bahia com a Fobica, embrião do Trio Elétrico. Atenta à efeméride, Daniela Mercury - vista acima em foto de Priscila Prade - compôs com Marcelo Quintanilha uma música, Andarilho Encantado, para festejar na folia de 2010 os 60 anos da invenção do trio. Aposta da artista para o próximo Carnaval, a música foi feita com a intenção de ser disponibilizada na internet e não integra o repertório do último álbum da cantora, Canibália.

7 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Foi no Carnaval de 1950 que os pioneiros Dodô & Osmar desfilaram na Bahia com a Fobica, embrião do Trio Elétrico. Atenta à efeméride, Daniela Mercury - vista acima em foto de Priscila Prade - compôs com Marcelo Quintanilha uma música, Andarilho Encantado, para festejar na folia de 2010 os 60 anos da invenção do trio. Aposta da artista para o próximo Carnaval, a música foi feita com a intenção de ser disponibilizada na internet e não integra o repertório do último álbum da cantora, Canibália.

5 de janeiro de 2010 10:34  
Anonymous Anônimo said...

É uma boa música em homenagem aos 60 anos do trio elétrico; uma das melhores invenções baiana. Há quem não goste, há quem critique, mas o trio elétrico encanta multidões. E como já profetizou Caetano "atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu".

"Andarilho encantado
Nascido em fevereiro
Som eletrificado
Onde a guitarra cantou primeiro
Sou uma escola de samba de rodas
Da Bahia fui pro mundo inteiro Alegria me acorda sem cordas
Do amor sou prisioneiro"

(Daniela Mercury & Marcelo Quintanilha)

5 de janeiro de 2010 12:19  
Blogger aguiar_luc said...

Andarilho encantado
Nascido em fevereiro
Sonho eletrificado
Onde a guitarra cantou primeiro
Sou Escola de Samba de rodas
Da Bahia fui pro mundo inteiro
Alegria, me acorda sem cordas
Do amor sou prisioneiro

Prisioneiro seu
Namorado
Bailarina
Da “Caixinha de Música”
Balançando ao seu
Sapateado
Girando, girando
Movido a mágica
Avisa lá Didá, Commanche, Apache, Ilê
Timbalada, Malê Debalê, olha o Gandhy, o Afro Sudaka
Ara Ketu, Cortejo, Muzenza, sambando ao som do badauê

Que lindo é o Olodum balançando a praça
Eu falei Faraó
Chuva, sour e cerveja
Me abraça e me beija
Na praça me beija
Eu falei Faraó
Amor não se perca
Não desapareça
Não se perca de mim
Axé, achei
Que bem me fez
Vou esse conto de fadas
Voando sem asas, dançando com o Rei

Brincando fantasiada
Nessa Lata Alada de “Era uma vez”
Ô, bata lá em casa que eu tô
Eu vou fantasiada, amor
Vem brincar de zumzumzum

Linda d+! Daniela sempre arras@!

5 de janeiro de 2010 13:41  
Blogger Amigos das Bibliotecas said...

E mais uma oportunidade do Brasil conhecer o talento de Marcelo Quintanilha.

Salve Quinta!

7 de janeiro de 2010 13:06  
Anonymous Anônimo said...

Essa baiana,sei não viu, sempre surpreendendo!!!!!!!!

8 de janeiro de 2010 21:27  
Blogger J said...

Muito boa essa música!
Jouber - http://vidasemmusicaenada.blogspot.com/

10 de janeiro de 2010 23:54  
Anonymous trio eletrico said...

Parabens pelo blog!
Trio eletrico comemora 60 anos
2010 é o ano do trio eletrico no Brasil
trioeletrico.info

27 de janeiro de 2010 06:13  

Postar um comentário

<< Home