22 de dezembro de 2009

Retrô 2009: Boyle seduz mundos virtual e real

Impossível fazer a retrospectiva musical de 2009 sem citar o nome de Susan Boyle. Da noite para o dia, literalmente, a escocesa de 48 anos virou um fenômeno mundial de popularidade. Tudo começou em 11 de abril, data em que a (então) aspirante a cantora entoou no programa de calouros Britain's Got Talent - exibido pela TV inglesa - I Dreamed a Dream, um tema do musical Les Misérables. Com afinação e emissão exemplares, a voz límpida de Boyle encantou os jurados e os 80 milhões que viram no YouTube, ao longo do ano, o vídeo com sua apresentação. Apesar de seus problemas emocionais, evidenciados através de surtos que já a levaram a ser internada em clínicas de repouso, Boyle viu seu sucesso saltar do mundo virtual para o real. Com produção de Simon Cowell, um dos jurados do programa da TV britânica, a cantora - agora já profissional - gravou um primeiro CD que se tornou um dos maiores sucessos comerciais de 2009 mesmo antes de ser lançado, em 24 de novembro. Apesar de seu tom asséptico e solene, ou mesmo por causa de seu conservadorismo, o disco I Dreamed a Dream já vendeu 1,8 milhão de cópias nos Estados Unidos - país onde bateu recordes de pré-venda, com cerca de 80 mil pedidos na loja virtual Amazon - e 1,4 milhão de exemplares na Inglaterra. Salvo algum imprevisto (?) de ordem emocional, a bela voz de Susan Boyle não vai ficar restrita a 2009.

3 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Impossível fazer a retrospectiva musical de 2009 sem citar o nome de Susan Boyle. Da noite para o dia, literalmente, a escocesa de 48 anos virou um fenômeno mundial de popularidade. Tudo começou em 11 de abril, data em que a (então) aspirante a cantora entoou no programa de calouros Britain's Got Talent - exibido pela TV inglesa - I Dreamed a Dream, tema do musical Les Misérables. Com afinação e emissão exemplares, a voz límpida de Boyle encantou os jurados e os 80 milhões que viram no YouTube, ao longo do ano, o vídeo com sua apresentação. Apesar de seus problemas emocionais, evidenciados através de surtos que já a levaram a ser internada em clínicas de repouso, Boyle viu seu sucesso saltar do mundo virtual para o real. Com produção de Simon Cowell, um dos jurados do programa da TV britânica, a cantora - agora já profissional - gravou um primeiro CD que se tornou um dos maiores sucessos comerciais de 2009 mesmo antes de ser lançado, em 24 de novembro. Apesar de seu tom asséptico e solene, ou mesmo por causa de seu conservadorismo, o disco I Dreamed a Dream já vendeu 1,8 milhão de cópias nos Estados Unidos - país onde bateu recordes de pré-venda, com cerca de 80 mil pedidos no site da livraria Amazon - e 1,4 milhão de exemplares na Inglaterra. Salvo algum imprevisto de ordem emocional, a bela voz de Susan Boyle não vai ficar restrita a 2009.

22 de dezembro de 2009 19:12  
Anonymous Anônimo said...

" Com afinação e emissão exemplares "

A-DO-RO quando você escreve isso mas nunca li num texto sob minha amada Bethãninha Mauro ?!

22 de dezembro de 2009 22:03  
Blogger Vladimir said...

"...a bela voz de Susan Boyle não vai ficar restrita a 2009."

É bem provável, Mauro, mas será por quanto tempo?

Pelas outras críticas que li a respeito deste CD, que não foram muito entusiastas, talvez toda esta empolgação não dure por muito tempo...

Tomara que não, mas suspeito sempre desses sucessos imediatos...

22 de dezembro de 2009 22:50  

Postar um comentário

<< Home