14 de dezembro de 2009

Lulu explica o mergulho sonoro do CD 'Singular'

Nas lojas esta semana, via EMI Music, o 22º álbum de Lulu Santos, Singular, enfileira oito inéditas entre suas doze faixas. Faz parte do repertório a releitura de Zazueira (Jorge Ben Jor), gravada neste ano de 2009 - em estúdio - para o CD e DVD O Baile do Simonal. Produzido por Lulu com o tecladista Hiroshi Mizutani, o disco inclui dois temas instrumentais, Restinga e Spydermonkey, entre faixas como Atropelada, Perguntas, Procedimento e Black and Gold. Eis o texto escrito por Lulu para apresentar Singular, álbum que marca a estreia do cantor e compositor na EMI Music:

"Dois patinhos na lagoa, vinte e dois, então, este é meu vigésimo segundo disco desde 82. Música Pop serve pra alegrar o coração e a alma das pessoas. Se puder fazer isso com um mínimo de esperteza, melhor. Baby de Babylon é o tipo de canção difícil de fazer por encomenda, porque a hora que o santo pega e a mensagem vem com clareza ainda não dando pra combinar, e chega sem avisar. Duplo Mortal é o chacundum por excelência e admissão, o iê iê iê romântico que o mano falou que ia fazer. Tá aí. Fulcio é pra meu cachorro homônimo, é um bolero como eu não faço há... ondas, sacolé? Se música pudesse ser descrita em palavras, e não pode, seria desnecessária, nunca será. Mais do que uma tentativa de empilhar 'músicas-de-trabalho', o que proponho com Singular é um mergulho sonoro, uma viagem, se você quiser. Música para se ouvir. Melhores vibrações." Lulu Santos

2 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Nas lojas esta semana, via EMI Music, o 22º álbum de Lulu Santos, Singular, enfileira onze inéditas entre suas 12 faixas. Completa o repertório a releitura de Zazueira (Jorge Ben Jor), gravada neste ano de 2009 - em estúdio - para o CD e DVD O Baile do Simonal. Produzido por Lulu com o tecladista Hiroshi Mizutani, o disco inclui dois temas instrumentais, Restinga e Spydermonkey, entre faixas como Atropelada, Perguntas, Procedimento e Black and Gold. Eis o texto escrito por Lulu para apresentar Singular, álbum que marca a estreia do cantor e compositor na EMI Music:

"Dois patinhos na lagoa, vinte e dois, então, este é meu vigésimo segundo disco desde 82. Música Pop serve pra alegrar o coração e a alma das pessoas. Se puder fazer isso com um mínimo de esperteza, melhor. Baby de Babylon é o tipo de canção difícil de fazer por encomenda, porque a hora que o santo pega e a mensagem vem com clareza ainda não tá dando pra combinar, e chega sem avisar. Duplo Mortal é o chacundum por excelência e admissão, o iê iê iê romântico que o mano falou que ia fazer. Tá aí. Fulcio é pra meu cachorro homônimo, é um bolero como eu não faço há... ondas, sacolé? Se música pudesse ser descrita em palavras, e não pode, seria desnecessária, nunca será. Mais do que uma tentativa de empilhar 'músicas-de-trabalho', o que proponho com Singular é um mergulho sonoro, uma viagem, se você quiser. Música para se ouvir. Melhores vibrações." Lulu Santos

14 de dezembro de 2009 20:34  
Anonymous Anônimo said...

Tá 34,90 na pré-venda do site Submarino. Como esse pessoal ainda quer vender cd cobrando um valor desses em um lançamento nacional?

15 de dezembro de 2009 16:50  

Postar um comentário

<< Home