9 de novembro de 2009

Paulo revive Vinicius com Toquinho (e inédita)

Sem gravar desde 2006, ano em que lançou via EMI Music o CD Prisma, Paulo Ricardo finalizou álbum, Viva Vinicius, em que aborda com sonoridade contemporânea o cancioneiro de Vinicius de Moraes (1913 - 1980). Toquinho assina o disco com Paulo. O grande destaque do repertório de standards é a inédita Romeu e Julieta, canção tristonha da lavra de Vinicius com Toquinho. A melodia estava na memória de Toquinho, mas a letra - até então perdida - foi encontrada durante o processo de gravação do disco. Que já estava pronto quando Paulo voltou aos estúdios para gravar Sei Lá... A Vida Tem Sempre Razão por conta da exposição nacional do samba de Toquinho e Vinicius na abertura da novela Viver a Vida. Eis a seleção de clássicos do CD Viva Vinicius, cujo repertório está centrado nas parcerias do Poetinha com Tom Jobim (1927-1994), Baden Powell (1937 - 2000) e com Toquinho:
* Insensatez (1961)
* Chega de Saudade (1958)

* Garota de Ipanema (1963)
* Tarde em Itapoã (1971)
* Canto de Ossanha (1966)
* Eu Sei que Vou te Amar (1959)
* Água de Beber (1961)
* Carta ao Tom (1974)
* Pra que Chorar? (1962)
* Romeu e Julieta (inédita)
* Samba da Benção (1967)
* Samba de Orly (1970)
* Sei Lá... A Vida Tem Sempre Razão (1971)

21 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Sem gravar desde 2006, ano em que lançou via EMI Music o CD Prisma, Paulo Ricardo finalizou álbum, Viva Vinicius, em que aborda com sonoridade contemporânea o cancioneiro de Vinicius de Moraes (1913 - 1980). Toquinho assina o disco com Paulo. O grande destaque do repertório de standards é a inédita Romeu e Julieta, canção tristonha da lavra de Vinicius com Toquinho. A melodia estava na memória de Toquinho, mas a letra - até então perdida - foi encontrada durante o processo de gravação do disco. Que já estava pronto quando Paulo voltou aos estúdios para gravar Sei Lá (A Vida Tem Sempre Razão) por conta da exposição nacional do samba de Toquinho e Vinicius na abertura da novela Viver a Vida. Eis a seleção de clássicos do CD Viva Vinicius, cujo repertório está centrado nas parcerias do Poetinha com Tom Jobim (1927-1994), Baden Powell (1936 - 2000) e com Toquinho:

* Chega de Saudade (1958)
* Garota de Ipanema (1963)
* Tarde em Itapoã (1971)
* Canto de Ossanha (1966)
* Eu Sei que Vou te Amar (1959)
* Água de Beber (1961)
* Carta ao Tom (1974)
* Pra que Chorar? (1962)
* Romeu e Julieta (inédita)
* Samba da Benção (1967)
* Samba de Orly (1970)
* Sei Lá (A Vida Tem Sempre Razão) (1977)

9 de novembro de 2009 08:58  
Anonymous Anônimo said...

Não entendo pq esses artistas teimam em gravar 12 faixas, podendo gravar no mínimo, umas 14. Espaço tem de sobra. No caso do Vina, poderia ser até um cd duplo.

9 de novembro de 2009 09:03  
Anonymous Anônimo said...

Não entendo como Paulo Ricardo consegue trilhar uma carreira tão bagunçada. Com isso, ele acaba não tendo uma carreira mesmo. Vive de projetos... ou melhor, de biscates.

9 de novembro de 2009 10:05  
Anonymous Anônimo said...

Deus me livre desse cd! Pode fazer par com o disco do Justus!

9 de novembro de 2009 10:27  
Anonymous Dirce said...

10:05, o artista vive da sua arte. Ponto final. Não é você que paga o IPTU do Paulo Ricardo. Além disso, ele deve gostar desse repertório, que, aliás, é petit four de amêndoa.

9 de novembro de 2009 11:38  
Anonymous Anônimo said...

Só posso dizer uma palavra:

Deprimente (!!!)

9 de novembro de 2009 12:21  
Blogger Sergio said...

Mauro, a música "Sei lá, a vida tem sempre razão" NÃO é de 1977, mas de 1971, do disco "Toquinho e Vinicius".

9 de novembro de 2009 17:27  
Blogger Mauro Ferreira said...

Grato, Sérgio, de fato a gravação original do samba é de 1971. Abs, MauroF

9 de novembro de 2009 17:39  
Anonymous Anônimo said...

Paulo Ricardo tem uma ótima voz, mas realmente, acho que ele deveria seguir uma linha, ter um estilo próprio. Ser fiel à um estilo e não ficar danto "tiro à torto e a direito" para saber qual lucra mais. Agora, que é ele quem paga o IPTU dele não resta nenhuma dúvida, mas se continuar assim...

9 de novembro de 2009 20:18  
Anonymous Anônimo said...

Tanto Toquinho qto Paulo são maravilhosos e gatos. Com esse repertorio, deve sair um disco lindo também....o resto é preconceito...

9 de novembro de 2009 21:16  
Anonymous Anônimo said...

Graças a Deus que só gravou 12!

Apesar que como não pretendo ouvir nenhuma, não faz diferença o número de faixas.

Mas como cantor, Paulo Ricardo tá igual metralhadora da PM do Rio: ATIRA PRA TODO LADO!

9 de novembro de 2009 22:40  
Anonymous Anônimo said...

esse cara só inventa, é como falaram acima..CARREIRA BAGUNÇADA MESMOOOO..e pior, tudo q ele fez em carreira solo nos ultimos anos passou desapercebido (exceto aquele cd que Dois...

9 de novembro de 2009 22:43  
Blogger well said...

mal posso esperar pra perder!

10 de novembro de 2009 09:32  
Anonymous Anônimo said...

"Não entendo como Paulo Ricardo consegue trilhar uma carreira tão bagunçada." (2)

Alguém pode explicar???

10 de novembro de 2009 10:57  
Anonymous Anônimo said...

"Não entendo como Paulo Ricardo consegue trilhar uma carreira tão bagunçada." (3)

12 de novembro de 2009 00:28  
Anonymous Dani Fitti said...

Não entendo como Paulo Ricardo consegue ficar velho e cada vez mais lindo.

12 de novembro de 2009 00:32  
Anonymous Anônimo said...

KKKKKKKKKKKKKKKK

12 de novembro de 2009 09:17  
Anonymous Anônimo said...

A Miúcha é bem pior que o Paulo Ricardo, vive regravando Vinícius e ninguém fala nada. Deixem o rapaz em paz, ele tem crédito.

13 de novembro de 2009 13:53  
Blogger MAXXX said...

"Não entendo como Paulo Ricardo consegue trilhar uma carreira tão bagunçada." (4)
Pior do que isso, com certeza foi ver o enésimo retorno da Blitz no Jô Soares desta semana. Vergonha alheia é pouco.

14 de novembro de 2009 22:28  
Anonymous ewerton- nilopolis RJ said...

poxa td bem que as pessoas critiquem um ou outro cantor , mas independente de qualquer genero que esse competente cantor chamado " Paulo Ricardo "" cante , ele tem creditos demais com a musica brasileira e tem uma voz que qualquer musica cai bem na dele , me perdoem os criticos do mal , mas tenho orgulho de ter em nosso Brasil um cantor chamado " Paulo Ricardo , um dos melhores cantores do nosso país!Um abraço!

23 de novembro de 2009 21:00  
Anonymous JOSI said...

O PAULO RICARDO CANTANDO ATÉ O ALFABETO FICA LINDO,CANTO É ASSIM MESMO TEM VOZ LINDA APROVEITA E CANTA TUDO PQ PODE.PARABÉNS PELO CD,.PR BJOS A TODOS.

11 de março de 2010 17:17  

Postar um comentário

<< Home