31 de outubro de 2009

Cavallo concentra a energia emo do Paramore

Resenha de CD
Título: Brand New Eyes
Artista: Paramore
Gravadora: Warner Music
Cotação: * * * 1/2

Justiça seja feita, a despeito de ser encarado como um grupo dedicado a fazer pop emo para os adolescentes, o Paramore já mostra (alguma) evolução em seu terceiro álbum, Brand New Eyes, editado no Brasil neste mês de outubro de 2009. O álbum é coeso, enxuto e tem pegada. O produtor Rob Cavallo parece ter concentrado todas as energias do quinteto. Careful, Ignorance e Brick by Boring Brick são algumas faixas impregnadas desse jorro roqueiro de energia juvenil. E, no campo das baladas, dá para detectar real beleza em The Only Exception, faixa de clima folk, reeditado na delicada Misguided Ghosts, uma das agradáveis surpresas de um álbum de repertório autoral que, sim, representa upgrade na discografia do Paramore.

2 Comments:

Blogger Mauro Ferreira said...

Justiça seja feita, a despeito de ser encarado como um grupo dedicado a fazer pop emo para os adolescentes, o Paramore mostra alguma evolução em seu terceiro álbum, Brand New Eyes, editado no Brasil neste mês de outubro de 2009. O álbum é coeso, enxuto e tem pegada. O produtor Rob Cavallo parece ter concentrado todas as energias do quinteto. Careful, Ignorance e Brick by Boring Brick são algumas faixas impregnadas desse jorro roqueiro de energia juvenil. E, no campo das baladas, dá para detectar real beleza em The Only Exception, faixa de clima folk, reeditado na delicada Misguided Ghosts, uma das agradáveis surpresas de um álbum de repertório autoral que, sim, representa upgrade na discografia do Paramore.

31 de outubro de 2009 11:03  
Anonymous Anônimo said...

Gostei da resenha, só achei que está muito curta e que você fica a todo momento falando coisas como "evoluiu... mas nem tanto!". Engraçado, na resenha do disco Hard Candy (Madonna) em que o disco recebeu cotação ***, não foram feitas esse tipo de observação. Isso porque era preciso cobrar bem mais do sucessor de Confessions On A Dance Floor...

4 de novembro de 2009 10:10  

Postar um comentário

<< Home